Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 16/06/2019

As sete festas mais famosas da Espanha

O título do post menciona as mais famosas porque o que não falta aqui na Espanha são festas. Se você acha que o brasileiro é festeiro é porque ainda não conheceu o espanhol. Tudo é motivo para comemoração. Começou a primavera, fazem então a festa da primavera. Dia da padroeira da cidade, ninguém vai a igreja, mas tem três dias consecutivos de festas. Dia de Reis é festa. Natal obviamente muita festa. Tem também as “fiestas mayores” dos bairros. Les Corts tem a sua, Sants também tem sua fiesta mayor e um por um os bairros vão celebrando nem eles sabem bem o que. A escola do meu filho faz cinquenta anos e o que: festa. Costumo dizer que aqui o cachorro atravessa a rua e já têm um motivo para festejar. Se fossemos falar de todas as festas o post teria mais de um milhão de palavras, portanto vamos nos concentrar nas mais importantes.

Como diz a foto: Festa, a alma da Espanha

Leia Mais…

Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 02/06/2019

15 Lugares onde o arco íris desceu do céu para terra

Quando decidi escrever este post logo me veio à cabeça que nossos seguidores ao ler o título pensariam que se trata de um post sobre turismo para o público LGBT. Não, não é isso. São lugares que literalmente foram pintados pela natureza com as cores do arco íris. Quem tem interesse em informações de turismo LGBT sugiro acessar o Blog Viaja Bi do competentíssimo Rafael Leick.

No parágrafo acima eu citei a natureza porque neste post só entram lugares nos quais o arco íris desceu do céu pelas mãos da mãe natureza. Assim, apesar de belíssima, a Mesquita Nasr ol Molk em Shiraz no Irã não faz parte da nossa lista. Excluindo as obras humanas acabamos destacando ainda mais a singularidade e exclusividade dos lugares citados abaixo.

1) Chamarel – Ilhas Maurício

Este paraíso conhecido pelo seu mar de águas turquesas guarda um segredo que pouca gente conhece. As dunas de Chamarel se espalham em faixas ondulantes de areia multicolorida em vermelho, castanho, violeta, verde, azul, roxo e amarelo. É o arco íris que desceu no céu para se instalar nas areias das Ilhas Maurício.

Inacreditável

Leia Mais…

Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 26/05/2019

Tudo que você precisa saber para imigrar para Barcelona – Espanha

Cada vez mais cresce o número de brasileiros dispostos a imigrar. A decisão de deixar o Brasil é difícil e delicada. Cruzar o oceano rumo ao desconhecido não é tarefa das mais fáceis e como sempre ouvimos aqui em Barcelona: “Vocês são muito corajosos”. “Hay que tener huevos”. É para facilitar um pouco sua caminhada nesta árdua jornada que decidimos escrever este post. Nele vamos te dar uma ideia geral de como serão seus primeiros passos em terras barcelonesas. O que fazer? Onde ir? Um verdadeiro guia que não encontramos quando nos mudamos para cá e que lhe pode ser extremamente útil.

O Gaudí ajuda, mas você tem outros motivos muito melhores para viver em Barcelona

Leia Mais…

Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 19/05/2019

Dois roteiros imperdíveis pela Toscana – Itália

A cara da Toscana

Até um telhado tem seu charme

Na falta de um, lhe presenteamos com dois roteiros pela Toscana. Nossa primeira vez na Itália foi ainda durante nossa Viagem de Volta ao Mundo, ou seja, há dez anos. Ainda sem filhos e na flor da idade tínhamos pique para encarar qualquer desafio. E a falta de carros para alugar não foi um empecilho para conhecermos a imperdível Toscana. Quem não tem carro caça com bicicleta. Foi em cima de uma magrela que fizemos nosso primeiro roteiro pela Toscana.

Uma década mais tarde voltamos para nos deliciar com um pouco mais da Toscana. Desta vez com três filhos a mais e motorizados. O carro que faltou no primeiro roteiro, foi nosso meio de transporte na segunda vez. Em ambos os roteiros passamos pelas cidadezinhas mais conhecidas, mas também garimpamos joias ainda incógnitas do grande público. Confira abaixo ambos roteiros.

Leia Mais…

Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 12/05/2019

Dicas para tirar as fotos mais criativas na Torre de Pisa

Saia da mesmice desta foto

Na internet existem centenas ou diria milhares de posts falando sobre a Torre de Pisa. Posts muito completos, ensinando como chegar, onde estacionar seu carro, onde comer, qual o melhor lugar para se hospedar, a melhor época do ano para visitar a tão famosa torre torta entre outras informações. Tudo, tudo que você possa se perguntar, o Google te responderá. Mas para uma das minhas perguntas a internet não me trouxe tantas respostas assim. Como tirar fotos criativas no cartão postal que mais deixa sua imaginação aflorar?

Sim, sair da mesmice das fotos segurando com as mãos a torre que cai. Quer ser diferente, sair da multidão e ter fotos que quase ninguém imaginou tirar na Torre de Pisa? Este é seu post.

A primeira dica é chegar cedo. Quando eu digo cedo, é cedo mesmo, logo que amanhecer para ter mais espaço sem ter que se acotovelar com a multidão que todo santo dia invade o local. Só para você ter uma ideia, nós escolhemos o dia 25 de dezembro (dia de Natal) para fazer nossos cliques pensando que teríamos pouca concorrência, mas quebramos a cara. Logo cedo já havia mais gente que no metrô de Tóquio.

Segunda dica, seja criativo e pense muito antes da viagem em como você poderia interagir com a torre em uma foto. É simples, a torre tem um formato cilíndrico, então basta pensar em tudo do seu dia a dia que tem o mesmo formato e soltar a imaginação. Por exemplo, a Torre de Pisa poderia se transformar num copo de milk shake como na foto abaixo.

Solte sua imaginação

Terceira dica. Algumas fotos (geralmente as mais legais) tem a ajudinha do photoshop, mas dá para tirar muitas fotos super engraçadas só com sua imaginação e câmera. Veja as fotos e bons cliques.

Leia Mais…

Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 05/05/2019

Estereótipos das Comunidades Autônomas (Estados) da Espanha

 

Em tempos de mimimi e de politicamente correto trazemos um post que pode não agradar algumas pessoas. Como próprio título do post diz, o que abordaremos em seguida são estereótipos e não a verdade. Segundo o dicionário estereótipo é “a imagem preconcebida de determinada pessoa, coisa ou situação. São usados principalmente para definir e limitar pessoas ou grupo de pessoas na sociedade”. A Espanha como já disse em posts anteriores é muito parecida com o Brasil em muitos aspectos e cada comunidade autônoma carrega consigo um estereótipo. Até mesmo os estereótipos são muito parecidos como verão abaixo. No Brasil o baiano tem fama de preguiçoso, mas conheço muitos baianos que dão muito mais duro no trabalho do que eu. Fato: estereótipo. Mineiros tem fama de desconfiados e retraídos, mas nunca fui tão bem recebido como nas Minas Gerais. Português tem fama de burro, mas não conheço nenhum português que more no Brasil e que não esteja muito bem na vida. Todos estes fatos provam que a “fama” quase nunca corresponde a realidade. Mas vamos aos estereótipos dos espanhóis.

Leia Mais…

Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 31/03/2019

Lugares Únicos no Mundo – Termas de Saturnia – Toscana – Itália

A inesquecível Saturnia

As Termas de Saturnia rondam nosso imaginário já há algum tempo. Meu primeiro contato com este Lugar Único no Mundo se deu através da internet. Vi um vídeo no Facebook e foi amor à primeira vista. Ela não saía mais da minha cabeça. Imaginem uma terma a céu aberto que jorra água a trinta e sete graus celsius independente da época do ano. Agora acrescentem a isso banheiras de pedra formadas a milhares de anos pela deposição de calcário. Pensa que acabou? Nada. São oitocentos litros de água por segundo e uma água azul, azul, azul. As banheiras só não têm hidromassagem, mas nem precisa. Na cachoeira do moinho a água desce com tanta força que basta se posicionar em baixo dela para ser massageado.

Saturnia nos lembrou muito outro lugar único do mundo que fica na Turquia. A semelhança com Pamukkale é impressionante. Visualmente Pamukkale é ainda mais extraordinária, pois as rochas são de um branco imaculado, mas por outro lado a água é fria e não é permitido nadar nas banheiras. Diferentes em suas semelhanças sugiro que visite os dois lugares para tirar suas próprias conclusões, mas a única certeza é que são Lugares Únicos no Mundo.

Leia Mais…

Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 24/03/2019

Arles o lar de Van Gogh – Roteiro de três semanas na Provence

Ainda me lembro da primeira vez que estivemos em Arles. Quase não chegamos a cidade por conta do nosso francês para lá de precário. Não que hoje nosso francês seja grande coisa, mas dá para sobreviver na França sem grandes percalços. Há dez anos atrás ao descer na estação de trens de Nimes vindos de Barcelona pedimos a moça do guichê passagens para Arles (pronúncia em português com o “s” final bem pronunciado). A resposta foi como um soco na boca do estômago: Esta cidade não existe. What? No dia anterior a cidade estava lá no google maps. Será que havia sido abduzida por seres extraterrestres? Ou uma bomba atômica havia devastado o antigo lar de Van Gogh? Nem um, nem outro. Na verdade, ela não havia entendido nossa pronúncia. Em francês o correto é: Arlê, sem o “s” e com um “e” bem fechado. Só descobrimos isso depois de escrever o nome da cidade em um papel e entregar a vendedora. Ela sorriu e disse: Ah, Arlê. E como o Chaves respondemos: isso, isso, isso.

Anfiteatro a grande atração de Arles

Toda a família mas de uma maneira diferente

Leia Mais…

Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 17/03/2019

Tour e degustação pelas vinícolas do Priorato – Barcelona – Espanha

Os melhores vinhos da Espanha estão no Priorato

A região vinícola mais famosa da Espanha é La Rioja. Os vinhos desta província estão espalhados por todo o mundo e não é à toa que é uma das duas regiões da Espanha que têm o selo DOCa (Denominación de Origen Calificada). A outra região que pode ostentar esta marca é o Priorato. Pouco conhecida do grande público, o Priorato é a meca espanhola de vinhos de alto padrão e sinônimo de alta gastronomia. Onze em cada dez enólogos ou sommeliers que vem a Espanha invariavelmente visitam o Priorato. As bodegas (vinícolas) são menores, com produções artesanais e em pequenas escalas o que dá um toque de exclusividade aos vinhos.

Leia Mais…

Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 10/03/2019

Como é criar os filhos em Barcelona – Espanha

Depois de um ano e meio de Barcelona podemos dizer que estamos plenamente adaptados e então chegou a hora de fazer uma grande avaliação em relação as diferenças que observamos na criação de nossos filhos. Saímos do Brasil por diferentes motivações pessoais. Podemos dizer que a o balanço é altamente positivo, apesar de existirem alguns contras. Já sabíamos que o mundo não é perfeito, mas até agora está valendo a pena a mudança.

Começamos pelo idioma, ou melhor dizendo os idiomas. Em pouco tempo eles aprenderam dois novos idiomas: castelhano e catalão. A mais velha aprendeu ambos em surpreendentes três meses. Isso quer dizer que eles serão fluentes em três idiomas? Não eles serão nativos em três idiomas. Sabe quando você preenche ficha em empresa solicitada por recursos humanos. Quando chega no item idiomas, você tem vários campos para escolher. Primeiro vem o regular, um degrau acima está o bom, depois fluente e lá no topo vem o nativo. Sim eles marcarão esta resposta para pelo menos três idiomas. Sem contar que devido à proximidade com outros países fatalmente acabarão aprendendo mais idiomas, como o inglês e francês. Aliás eu já tento ensiná-los, falando em inglês com eles em casa. Mas para mim o mais importante é saber que é provado cientificamente que falar dois ou três idiomas traz muito benefícios a seu cérebro. E para quem está se perguntando qual a vantagem de falar catalão? Como diz um amigo meu: serve para viver em Barcelona, quer coisa melhor que isso.

Não um, mas dois idiomas a mais

Leia Mais…

Older Posts »

Categorias

%d blogueiros gostam disto: