Publicado por: Carol & Paulo Mendes | 16/08/2010

Lenda de Montemor-o-Velho

Muralhas de Montemor-o-Velho

Na sexta-feira após um dia cansativo de trabalho, voltava para casa junto com o Fábio Barnes e discutíamos sobre cidades interessantes para visitar em Portugal. Comentei que a minha tia vai para este país e que a estou ajudando a montar um roteiro.

Entre as diversas cidades citadas, ele me perguntou se eu havia conhecido Montemor-o-Velho. Expliquei que apesar de a cidade não estar no nosso roteiro, ao passarmos por ela na estrada em direção a Coimbra, suas muralhas, em cima do morro, nos chamou atenção. Resolvemos então parar e conhecer suas ruínas.

Dentro das muralhas da antiga cidade

As muralhas estão muito bem conservadas e no seu interior existe uma capela. Foi quando Fábio me contou uma das lendas desta antiga cidade:

“Os Degolados de Montemor-o-Velho

Esta lenda aconteceu em tempos muito antigos, quando, em 848, Montemor-o-Velho foi reconquistada aos Mouros pelo rei Ramiro de Leão. Depois da batalha, o monarca de Leão resolveu visitar um seu parente, o abade D. João, que vivia no Mosteiro de Lorvão. Quando lá chegou verificou que o Mosteiro estava em ruínas e que os frades viviam na mais completa miséria, cheios de fome e de frio, devido às guerras constantes que devastavam a região. Querendo beneficiar os religiosos, doou-lhes as rendas de Montemor e alguns campos em redor da vila, com a condição de no Mosteiro ficarem alguns monges-guerreiros para defesa da vila. Passado algum tempo, os mouros voltaram a atacar e cercaram Montemor durante muito tempo, começando os bens a escassear. Com a ameaça de uma rendição forçada e temendo os ultrajes que seriam feitos aos velhos, às mulheres e às crianças, cada homem reuniu a família e, encomendando as suas almas a Deus, degolou todos os seus membros, um a um, com o coração dilacerado. Após este acto sangrento prepararam-se para a derradeira batalha, no exterior da fortaleza, na qual tinham a certeza de morrer. Mas, para grande surpresa de todos e talvez porque extinta a família já não tinham nada a perder, os cristãos lutaram sem medo e venceram esta batalha. Desolados, os homens choraram a vitória pelo sacrifício inútil das suas famílias mas, quando se aproximavam das portas da fortaleza gritos de alegria ecoaram no ar. Aguardavam-nos vivos os parentes que antes tinham sido degolados e este grande milagre ficou para sempre na memória do povo português através da lenda dos Degolados de Montemor-o-Velho.” (retirado do site Lendas de Portugal )

Ele completou dizendo que na capela há uma santa com uma marca no pescoço, como tivesse sido degolada. Infelizmente, na época, não conhecíamos a lenda e não percebemos esse detalhe. De qualquer forma, na próxima viagem a Portugal com certeza visitaremos a capela e sua santa.

Depois deste post já ter sido publicado, o nosso leitor Fernando Cadima me contou que foi dentro desse castelo que o rei D. Afonso acertou o assassinato de Da. Inês de Castro, namorada de seu filho o príncipe D. Pedro. Desse episódio veio a frase”Inês é morta”, e este acontecimento foi  imortalizado pelo fado “Coimbra”.

Cidade enfeitada para as festas de fim de ano


Responses

  1. […] Lenda de Montemor-o-Velho […]

  2. […] Lenda de Montemor-o-Velho […]

  3. Puxa!
    Muito legal!
    Adoro saber a história dos lugares que visito!
    E estou doidinha pra ir em Portugal!
    Vou anotar pra conhecer…

    • Olá Beta
      somos quatro viajantes inveterados, se precisar de mais dicas e pudermos ajudar, entre em contato. Teremos um grande prazer em compartilhar nossas exeperiências.

  4. Achei muito legal a publicação desta lenda de Montemor, lugar onde nasci e que deixei há mais de 40 anos. Acrescento ainda que foi dentro desse castelo que o rei D.Afonso acertou o assassinato de Da. Inês de Castro, namorada de seu filho o príncipe D. Pedro. (Não é lenda, aconteceu mesmo) – de onde veio a frase”Inês é morta”. O fado “Coimbra” imortalizou este acontecimento.

    • Fernando,

      Agradeço por compartilhar mais esse fato deste local tão belo. Se você reler o post verá que o modifiquei colocando a informação dada por você.
      Continue acompanhando nosso blog.

      Quatro Cantos do Mundo

  5. […] Lenda de Montemor-o-velho […]

  6. […] Lenda de Montemor-o-Velho […]

  7. […] Lenda de Montemor-o-Velho […]

  8. […] Lenda de Montemor-o-Velho […]

  9. […] Lenda de Montemor-o-Velho […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: