Publicado por: Eder & Fabi Rezende | 02/06/2011

Os desertos da minha vida – Sossusvlei – Parte III

Deserto de Sossusvlei

O Atacama foi nossa primeira namorada. Desvendamos os mistérios de uma odalisca chamada Saara e esta foi nossa segunda conquista amorosa. Sossusvlei foi nossa redenção aos encantos destas paisagens exuberantes chamadas desertos. Paixão a primeira vista, é um casamento que será eterno enquanto durar (como diria o poetinha) ou enquanto não conhecermos outro deserto ainda mais deslumbrante.

Como na maioria das relações amorosas o que mais nos atraiu num primeiro momento foi a beleza física deste local. Dunas de até 300 metros de altura nas mais variadas formas nos remeteram imediatamente as sinuosas curvas de um corpo tipo violão de mulheres estonteantes como Luana Piovani. As bronzeadas areias fazem um inacreditável contraste com o azul do céu e nos fez lembrar a pele morena de Luiza Brunet. Depois destas comparações não precisamos dizer que este é o lugar mais bonito que já estivemos em nossas vidas.

Bronzeadas areias de Sossusvlei

Curvas de um corpo violao

Mas uma relação amorosa não vive só de beleza física e logo descobrimos que Sossusvlei é muito mais que um “lugarzinho” bonito. A primeira vista parecia que já tínhamos estado ali antes e não é xaveco clichê de balada não. Aquele: Já te conheço de algum lugar? Sentimos uma cumplicidade única, do tipo casamento de anos de duração, quando um olha pro outro e se entendem sem dizer uma só palavra.

O visual é inóspito, duro e áspero. O sol inclemente não dá trégua durante o dia e as sombras são raras. Apesar de tudo isso, experimentamos uma sensação contraditória de paz, principalmente no local onde estão localizadas as árvores secas e retorcidas. Aquela sensação de paz que você experimenta toda vez que senta em sua poltrona confortável com uma xícara de chá para ler um livro à luz de abajur ou somente ouvir música e relaxar no canto mais tranqüilo de seu lar.

Curtindo uma sombra

Durante sua visita recomendamos que chegue a Sossusvlei antes do primeiro visitante de todos os dias: o sol. Só assim você poderá presenciar a transformação desta maravilha, lânguida e dócil como uma “Amélia” ao despertar e intensa e forte como o furacão Janes Joplin à medida que os raios solares mudam as cores de seu bronzeado. Também poderá fugir do calor inclemente do meio dia e irá aproveitar melhor seus momentos de paz neste local de reflexão.

Nosso casamento com Sossusvlei é tão duradouro que até abrimos uma exceção a nossa regra de nunca visitar o mesmo lugar por mais de uma vez. Sim, queremos voltar para matar as saudades de Luanas, Luizas, Amélias e Janes.

Veja Também:

Os desertos da minha vida – Atacama – Parte I

Os desertos da minha vida – Saara – Parte II

Marrakech – Os Encantos das Mil e Uma Noites


Responses

  1. Que lugar incrível!!!
    Também sou fissurada nesse visual de deserto! Certamente esse entrou na lista!

    • Oi Natália
      a Namibia inteira é uma paraíso natural, Sossusvlei é só a paisagem mais encantadora. Recomendamos fortemente visitar o país e em especial este deserto.

      bjs

  2. Que deserto lindo! Adorei!

    • Fe
      É realmente deslumbrante. Pra mim o lugar mais bonito que já estive na vida. Inesquecível, vale a pena ir.

      valeu

      Eder

  3. Bacana a matéria… parabéns pelo blog!
    Tudo de bom! =)
    Pam.

    • Oi Pam
      legal que você tenha gostado do nosso blog. O seu apesar de estar no começo também está super.

      Continue nos acompanhando

      valeu
      Eder

  4. Lindo. O inóspito é assim: uma beleza bruta, misteriosa, intrigante…
    beijo

    • Oi Nicia
      é uma brutalidade delicadamente linda como diria Caetano Veloso.

      bjs
      te vemos no sábado

      Eder e Fabi

  5. As fotos estão lindas, principalmente a primeira e a última!!!

    • MauOscar,

      Adoro essas fotos, ficaram muito bonitas. Mas com uma paisagem tão deslumbrante qualquer um vira fotógrafo profissional.
      Continuem seguindo nosso blog.

      Abraços,

      Quatro Cantos do Mundo

  6. […] Os desertos da minha vida – Sossusvlei – Parte III 0.000000 0.000000 Share this:FacebookTwitterEmailMaisOrkutStumbleUponLike this:LikeBe the first to like this post. […]

  7. […] Os desertos da minha vida – Sossusvlei – Parte III […]

  8. […] Os desertos da minha vida – Sossusvlei – Parte III 0.000000 0.000000 Share this:FacebookTwitterEmailMaisOrkutStumbleUponLike this:LikeBe the first to like this post. […]

  9. […] Os desertos da minha vida – Sossusvlei – Parte III […]

  10. […] Os desertos da minha vida – Sossusvlei – Parte III […]

  11. […] Os desertos da minha vida – Sossusvlei – Parte III 0.000000 0.000000 Share this:FacebookTwitterEmailMaisOrkutStumbleUponGostar disso:GostoSeja o primeiro a gostar disso post. […]

  12. […] Os desertos da minha vida – Sossusvlei – Parte III « Quatro Cantos do Mundo em 02/06/2011 às […]

  13. […] Os desertos da minha vida – Sossusvlei – Parte III […]

  14. […] Os desertos da minha vida – Sossusvlei – Parte III […]

  15. […] Capetown e um safari na África do Sul, ou melhor ainda na menos conhecida, mas mais bem preservada Namíbia, onde você terá passeios de manhã cedo e de tarde, sobrando uma boa parte do dia para curtir seu […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: