Publicado por: Eder & Fabi Rezende | 15/11/2011

A Volta ao Mundo em 6 Gelatos

Começamos o post com um esclarecimento fundamental. Não estamos ficando esnobes por usar a palavra gelato ao invés de sorvete. Existe uma enorme diferença entre sorvete e gelato. Quer ver? Tenho certeza que após os exemplos abaixo todos concordarão comigo.

Sorvete é algo que pode ter o formato de picolé ou palito e seus ingredientes são água congelada, açúcar e corante. É aquele picolé de groselha que quando você chupa deixa seus lábios vermelhos e o picolé branquinho só com o gelo. Quem já morou no interior sabe do que estou falando.

Sorvete ou Gelato?

Mas sorvete também tem forma de pote. Aqui deixo uma pergunta porque os potes de sorvete são sempre azuis? Mas voltando ao assunto, neste caso você engorda só ao abrir tampa, é pura gordura hidrogenada. Outra maneira fácil de reconhecer um sorvete é deixá-lo fora da geladeira ou num congelador com baixa potência. Ele não derrete, vira uma espécie de suflê, uma massa leve e super aerada.

Já o gelato é produzido com mais puro leite tipo A, ingredientes de primeira qualidade e tem uma textura cremosa insuperável (nada de pequeninos pedaços de gelo misturados ao gelato). Com receitas que levam matérias primas de excelência, pode até substituir uma refeição tamanho seu poder calórico. Para finalizar, o gelato tem que ser italiano. Se eles têm Berlusconi e a seleção de futebol italiana vai de mal a pior (foi eliminada na primeira fase da Copa de 2010), falando de gelato eles não são bons, são os melhores disparados, hors concours.

A partir de agora já não falaremos de sorvete, somente dos melhores gelatos de nossas vidas. Aprecie sem moderação:

1)      Gelateria di Piazza – San Gimignano – Itália

Este com certeza foi o melhor gelato de nossas vidas. Uma cidadezinha encantadora na Toscana (San Gimignano), uma sorveteria bi campeã do mundo e a figura simpaticíssima ai da foto como proprietário fazem a combinação certeira para o gelato perfeito.

Para se ter uma idéia das delícias, tomávamos pelo menos dois gelatos por dia no frio clima de final de primavera italiano. Experimentem o sabor nocciola (avelã) e comprovem o que já sabemos: existe algo de divino neste lugar. Para ficar com água na boca acesse: http://www.gelateriadipiazza.com/ 

Sergio Bancone - gênio dos gelatos

2)      Gelateria dei Neri – Firenze – Itália

Esta pérola foi garimpada do jeito que mais gostamos: conversando com os locais. No balcão de informações turísticas da cidade a atendente percebeu que nossa língua nativa não era o inglês e mandou um: – Where are you from? Depois de nossa resposta a conversa mudou de idioma. Uma brasileira que vivia na Itália há 20 anos nos deu várias dicas sobre a Toscana e claro sobre nossa mais nova paixão: gelatos. Foi assim que começamos a descobrir que há vida além do s…, eu prometi que esta palavra não se repetiria mais neste post.

A gelateria como o próprio nome sugere fica na Via Dei Neri 20-22. Para quem quiser ligar e perguntar se eles entregam no Brasil o fone é +39 055 210034. Brincadeirinha, mas que dá vontade, isso dá.

Sabores preferidos: Eder – Cioccolato com arancio (chocolate com laranja)

Fabi- iogurte

Para quem ainda estiver em dúvida, veja referências aqui: http://travel.yahoo.com/p-travelguide-7009235-gelateria_dei_neri_florence-i

Um must de Firenze

3)      La Bottega Del Gelato – Pisa – Itália

Por aqui eles levam a sério este negócio de gelateria artesanal, tanto que nem página na internet eles tem. Desta vez foi à montanha que foi até Maomé. Já que não havíamos encontrado nenhum lugar barato para dormir em Pisa, fizemos uma reserva de último minuto ( www.lastminute.com ) em um super hotel em Firenze e já voltávamos para estação de trem. Passando pela Piazza Garibaldi pensamos: estamos sem pressa mesmo né? Quanto tempo ainda temos para viajar o mundo? Um montão de tempo. Então que tal um gelato pra variar? Que sorte a nossa. Pedimos de fragola (morango): tiro na mosca. Nem precisamos dizer qual o nosso sabor favorito em Pisa. A piada é infame, mas quem como nós que não sabe nada de italiano não pensou em pedacinhos do gato Frajola no meio do gelato?

Depois da torre, o ponto mais famoso de Pisa

4)      Abuela Goye – Buenos Aires – Argentina

Calma pessoal, para tudo na vida existe uma explicação. Antes de vocês me jogarem pedra, eu falei sim no começo do post que “il vero gelato” tem que ser italiano. Mas pensem comigo. Assim como no Brasil todo mundo tem sangue português, negro ou índio, a Argentina é um pedaço da Itália na América do Sul. Podem não ter gostado da explicação, mas do gelato com certeza irão adorar. Esta rede de lojas nascida na Patagônia é especializada em chocolates. Fico só imaginando como seria se o gelato fosse seu carro chefe. Não tem a fama do Freddo e da Persicco, mas vale muito a pena.

Não fuja do padrão: sabor preferido é dulce de leche, indescritível, hay que probar. De quebra está no endereço mais brasileiro de Buenos Aires: Calle Florida 506.

http://www.abuelagoye.com/

No coração de Buenos Aires: Calle Florida

5)      Heladería Gruta – Buenos Aires – Argentina

Como é bom ter amigos e conhecidos, já dá até para fazer um par de brincos para Fabi com mais esta pérola, indicação de uma amiga portenha da gema. Empresa familiar com apenas uma loja localizada em um endereço nada turístico da cidade: Calle Sucre 2356, bairro de Belgrano. Dá pra ir de metrô (estação Juramento linha D – verde), mas para provar esta delícia eu iria até a pé, saindo do Brasil. Sem esquecer das generosas porções em que cada bola mais parece um ovo de avestruz. Sabores imperdíveis: granizado de dulce de leche e chocolate con almendras. Antes de ir dá uma passada no site: http://www.heladeriagruta.com.ar/

Fuja do circuito turístico

6)      Bacio di Latte – São Paulo – Brasil

Esta não tem discussão. O nome é italiano (Beijo de Leite), o proprietário é italiano, as máquinas de produção são todas importadas da Itália, a nocciola (avelã) é do Piemonte, o pistacchio (pistache) é de Bronte e o limão da Sícila. Somente por um acaso do destino e para sorte dos que moram em São Paulo como eu, esta gelateria fica na terra da garoa. Fechar os olhos e provar o gelato de nocciola é como voltar a San Gimignano. Pena que dura pouco e logo percebemos que não estamos em uma cidadezinha amuralhada da Toscana, mas na Oscar Freire 136. Outra ótima pedida é o sabor chocolate belga. Batemos ponto por lá no domingão à tarde e pra quem vai para balada fica aberta até as 23 horas.

Confira mais detalhes: http://www.baciodilatte.com.br/

Um consulado italiano em São Paulo

Veja Também:

A Volta ao Mundo em 10 Cervejas

11º Encontro dos Viajantes: Viajando na Culinária Italiana

Cooking Class – Culinária Tailandesa


Responses

  1. HUMMMMMMMMMM que delícia !!!!!!!!
    Realmente os gelatos são manjares dos deuses.
    Parabéns.

    • Dona Elza Mara
      tão sumida ultimamente, enfim apareceu.
      Quando voltar a Itália tome um gelato por nós. Só não pode deixar o Marcão trazer um na mala. Já chega a TV.

      bjs

      Eder

  2. Muito bom! Ano que vem estou pela Itália refazendo o percurso gelatiano! Abraço

    • Olá Petterson,
      aproveita bastante os gelatos por lá. Depois passa de novo no blog para dizer o que achou das nossas sugestões.

      abraços e boa viagem

      Eder

  3. Demais, fiquei com água na boca de ver essas fotos e de lembrar os gelatos que experimentei em Roma,rs!
    Essa loja da Oscar Freire não conhecia! Valeu pela dica! Vou essa semana mesmo experimentar,rs!

    • Oi Monique
      a Bacio di Latte é realmente demais, vale a pena passar lá, pelo gelato delicoso e para matar saudades da Itália.

      beijos

      Eder

  4. Com certeza o melhor gelato do mundo é o de San Gimignano!!! Eu passei 20 dias comendo muito gelato na Itália e amei todos, mas este é especial e eu nem consigo descrevero porque. Também comi o de nocciola, mas provei o de gorgonzola com nozes e era dos deuses! Sonho com este gelato todos os dias!

    • Oi Julie
      tá ai você que não me deixa mentir. Tem algo mesmo de especial naquela minúscula gelateria na praça principal de uma cidade minúscula.
      Só provando das delícias, para saber do que estamos falando.

      um dia voltamos lá
      valeu

      Eder

  5. Hum… Quero ir para a Itália amanhã!!!!

    • Oi Lu
      como amanhã não dá pra ir a Itália, passa lá na Bacio di Latte mesmo e já vai aproveitando.

      bjs

      Eder

  6. Eu estive em Roma mês passado e acabei indo somente uma vez em uma gelateria. Na próxima com certeza vou melhorar essa experiência.

    • Olá Sérgio
      não existe gelato ruim na Itália, mas os melhores estão mesmo na Toscana. Se passar por lá não deixe de provar.

      grande abraço

      Eder

  7. “or concur”? Não seria “hors concours”?

    • Olá Nina
      acabei de descobrir que é uma expressão francesa. A grafia correta é como você mencionou.

      Já corrigi.

      valeu pela dica

      Eder

  8. Amei o post e as dicas de gelaterias na Itália. No Rio de Janeiro você nao pode deixar de experimentar o verdadeiro gelato italiano na Vero Gelateria em Ipanema.
    Escrevi sobre eles neste post aqui
    http://www.comerecocaresocomecar.com.br/2011/10/vero-o-verdadeiro-gelato-italiano.html?m=0
    Dani

    • Oi Dani
      ótimo post. Quando formos ao Rio não perderemos a oportunidade de experimentar o Vero.

      grande beijo e continue nos acompanhando

      Eder

  9. Eu amo a Bacio do Latte, tanto, tanto que sou a mayor no foursquare !

    • Oi Priscila
      realmente aqui em Sampa é o único que podemos comparar com os gelatos italianos.

      Pra quem não conhece fica a dica da prefeita do Bacio de Latte.

      valeu pela mensagem

  10. […] A Volta ao Mundo em 6 Gelatos […]

  11. […] A Volta ao Mundo em 6 Gelatos […]

  12. […] do globo – matéria do portal terra | LINK 19. @4cantos_mundo | a volta ao mundo em 6 gelatos | LINK 20. @4cantos_mundo | três letras decisivas na sua viagem | LINK 21. @4cantos_mundo | porque não […]

  13. […] tomamos vinho como manda a tradição. Depois do jantar é só escolher um dos gelatos do post: A Volta ao Mundo em 6 Gelatos e bom apetite. Eleita pela melhor pizzaria do […]

  14. […] A Volta ao Mundo em 6 Gelatos […]

  15. […] A Volta ao Mundo em 6 Gelatos  […]

  16. Nossa! Relendo este post agora, vi que comentei na primeira vez que li em novembro de 2011! E olha o destino: exatamente um ano depois eu fui para a Itália! Eu nem pensava que iria até então…
    Mas o fato é que pude constatar que os gelatos da Toscana são incomparáveis! Fiquei dezessete dias na Itália e devo ter tomado gelato em pelo menos uns 12 dias! Rs
    Concordo com tudo que li e depois experimentei!

    Bjs

    • Lu que legal

      espero que você leia nossos posts de Volta ao Mundo e em um ano esteja também viajando pelo nosso planetinha, rsrsrs.

      Nós tomávamos 2 gelatos por dia pois além de ser irresistível ainda alimenta muito, tira toda sua fome.

      Sugiro também escrever suas lista dos 5 melhores gelatos de sua vida.

      bjs

      Eder

  17. […] para quem quer cair na estrada, mais dois sobre as cervejas que encontramos em nossa aventura, os gelatos mais deliciosos que provamos também mereceram um post a parte, o importante tema de como levar dinheiro em uma viagem tão […]

  18. […] além da arquitetura monocromática típica da Toscana você ainda poderá saborear uma pizza ou o melhor gelatto do mundo. Sugerimos alugar uma bicicleta e conhecer a região que é pródiga em paisagens […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: