Publicado por: Eder & Fabi Rezende | 11/03/2012

Sabores do Uzbequistão – Palov

Todos sabem do nosso caso de amor com o desconhecido e longínquo Uzbequistão. Já foram quatro posts falando do país. Nossos leitores também já conhecem o jeitão de nossas viagens, sempre buscando conhecer a realidade local. Uma das melhores maneiras de mergulhar fundo na cultura local é comer o que os locais comem no dia a dia. Por isso trouxemos para vocês a receita do prato típico uzbeque: Palov. Já preparamos este prato aqui no Brasil com alguns ingredientes comprados no Siob Bazar e ficou uma delícia. Agora é mãos a obra.

Exóticos sabores do Uzbequistão (foto do site http://lola-elise.com)

Exóticos sabores do Uzbequistão (foto do site http://lola-elise.com)

Ingredientes Palov

1 Kgde carne de carneiro

2 cebolas

5 cenouras

3,5 xícaras de arroz parbolizado

1 cabeça de alho

1 xícara de óleo

3 colheres de chá de sal

1,5 colheres de sal de cominho

8 xícaras de água fervendo

1 punhado de pimenta preta

→    Corte a cenoura em palito

→  Corte a cebola em meio círculo

Cebola em círculos (foto do site http://lola-elise.com)

Cebola em círculos (foto do site http://lola-elise.com)

→  Aqueça o óleo a alta temperatura

→  Coloque a carne sem espirrar e frite cada lado por 30 segundos até alcançar a cor desejada

→  Acrescente a cebola, um pouco de cominho, metade do sal e da pimenta

→  Cuidado para não queimar. Como o fogo é alto isso acontece rápido

→  Quando a cebola ficar na cor desejada (caramelo) acrescente a cenoura e o restante do sal e cominho

Cebola cor de caramelo (foto do site http://lola-elise.com)

Cebola cor de caramelo (foto do site http://lola-elise.com)

→  Frite até a cenoura ficar mais macia

→  Mexa a cada 30 segundos para não grudar

→  Diminua para fogo médio e acrescente a água fervendo

→  Ponha a cabeça de alho até o fundo e deixe cozinhar por 40 minutos

Alho é o toque especial (foto do site http://lola-elise.com)

Alho é o toque especial (foto do site http://lola-elise.com)

→  Tire o alho e ponha o arroz. Se precisar acrescente água 3 dedos acima do nível de arroz. Não misture mais

→  Coloque o alho novamente. Cuidado com a evaporação da água que é rápida em fogo médio

→  Quando o arroz começar a absorver a água, tire o alho novamente

→  Arrume a camada de arroz uniforme. Deixe a tampa fechada por 8 minutos para o arroz absorver a água. Verifique a cada 2 minutos para não queimar o fundo

→  Verifique se não há mais água nos lados da panela. Diminua para fogo baixo e tampe a panela. Ponha o alho. Deixe tampado por 20 minutos

→  Depois do arroz cozido, tire o alho e a carne e misture todo o resto

→  Corte a carne em pedaços pequenos e sirva junto com o Palov

Veja Também:

Siob Bazaar – A Disneylândia dos mochileiros

Cooking Class – Culinária Tailandesa

3º Encontro – Rússia: Sopa de Beterraba Russa


Responses

  1. Hummmm que delícia! Adorei!

    • Olá Danielle

      é mesmo uma delícia. Depois que você preparar o prato nos diz se gostou.

      bjs

      Eder

  2. hummm que delícia, quero fazer também! Abraços

  3. Parece muito bom…. pode preparar para sevir num anversario do blog, a turma vai adorar!

    • Boa idéia Ernesto

      precisamos apenas levar um micro ondas para esquentar a comida porque lá não tem cozinha para preparar na hora.

      esperamos te ver no próximo encontro para ouvir suas histórias da Tailândia

      abraços

  4. Vamos fazer e o resultado enviaremos para vocês. Podemos adiantar que será uma delícia e a única coisinha que vai dar trabalho será: bota o alho, tira o alho, bota o alho, tira, bota, tira.
    Gostamos da ideia de preparar esse belo prato e servir no aniversário do blog, vai ser festão.
    Obs: Tivemos a impressão que este prato é típico aqui no Nordeste, conhecido em algumas regiões com o nome de Carneiro atolado ou Bode Misturado etc. Os Uzbequistaneses acrescentaram somente a cabeça de alho. kkkkk

    • Grande Walter

      também achamos bem engraçado esta história de tira o alho e põe o alho, mas deu até briga aqui para decidir quem iria comer o tal do alho. Deve ser isso que dá o sabor tão diferenciado, rsrsrs.

      Não sabia que ai no Nordeste vocês usavam cominho nos pratos típicos. Se bem que os uzbeques são bem parecidos com alguns nordestinos que vocês chamam de sarará ou amarelo. Será que os uzbeques colonizaram o Nordeste, rsrsrs.

      grande abraço e depois diz para gente se ficou bom

  5. Me trae buenos recuerdos!

  6. […] Sabores do Uzbequistão – Palov 0.000000 0.000000 Share this:FacebookTwitterEmailMaisOrkutStumbleUponGostar disso:GostoSeja o primeiro a gostar disso post. […]

  7. […]         Sabores do Uzbequistão – Palov 0.000000 0.000000 Share this:FacebookTwitterEmailMaisOrkutStumbleUponGostar disso:GostoSeja o […]

  8. […] Sabores do Uzbequistão – Palov […]

  9. […] Sabores do Uzbequistão – Palov […]

  10. […] Sabores do Uzbequistão – Palov […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: