Publicado por: riqlima | 18/03/2012

Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – O Vendedor de Kebab – Turquia

Leitores e amigos sabem que viajamos durante um ano e meio ao redor deste mundão, percorrendo trinta e sete países diferentes. Também é de conhecimento público que esta experiência mágica em nossas vidas acabou junto com o ano de 2009. Esta é a história que todos acreditam ser real, mas não é. Neste post contaremos a verdadeira verdade: Nossa viagem de Volta ao Mundo não acabou. Muitos devem estar se perguntando: Mas eu encontrei Eder e Fabi no último Encontro dos Viajantes. Como eles podem neste momento estar viajando o mundo? A maioria deve coçar a cabeça e dizer: Largaram tudo de novo para cair no mundo? Mas e a Amélie, foi junto? Alguns poucos, talvez aqueles que já tiveram esta experiência devem estar pensando: Uma viagem destas não acaba nunca, pois fica sempre viva na memória e em nossas vidas. As certezas da vida são poucas, mas duvido que alguém acertou como nossa viagem de volta ao mundo ainda continua.

Continuamos rodando o mundo

Apesar de não faltar vontade e inspiração para outra Viagem de Volta ao Mundo infelizmente continuamos em São Paulo e todos poderão nos rever no próximo Encontro dos Viajantes. Só que a partir de hoje nosso blog tem um correspondente internacional viajando os Quatro Cantos do Mundo para trazer aos leitores dicas, roteiros e principalmente histórias dos mais diversos e inusitados lugares. E morram de inveja. Nosso correspondente é o Riq. Isso mesmo o mega viajado Riq Lima. Vocês pensaram em Riq Freire? Nosso Riq não é tão famoso, mas tem grande potencial para ser.

Ricardo Lima é um cara de não sei quantos anos, que gosta de não sei que comida e que torce para não sei que time e que como muitos tinha o sonho de conhecer o mundo. A diferença é que ele está realizando seu sonho. E o melhor, ele vai contar suas aventuras diretamente em nosso blog. Seu estilo de viagem é exótico, investigativo, desleixado, relaxado, inusitado e despreocupado. Mas chega de ado. Bem parecido com o estilo Quatro Cantos do Mundo, talvez um pouco de influência nossa, já que demos muitas dicas ao Riq no começo de sua viagem. A troca de dicas continuou e por isso surgiu nosso convite que ele prontamente aceitou. Mas chega de apresentações e vamos ao primeiro relato.

A Turquia é, na minha opinião, um dos países mais acolhedores do mundo. Infelizmente, não são muitos os brasileiros que se aventuram por suas terras, nem tão distantes assim. O país é bastante seguro e não necessitamos de visto. Em que outro lugar do mundo você pode cruzar continentes em uma mesma cidade, encontrar ruínas históricas bastante preservadas, um litoral maravilhoso, comida excelente, preços bastante razoáveis, cenários de guerras recentes e muito antigas, formações rochosas únicas e indescritíveis (Pamukkale e Cappadocia), pessoas muito simpáticas, cidades subterrâneas, museus de alta qualidade e uma cidade (Istambul) tão cosmopolita, majestosa e dinâmica? Os turcos são muito orgulhosos de sua terra, sua historia e sua cultura e viajando pelo país facilmente se entende o porquê!

Ayasofya em Istambul

Ayasofya em Istambul

A famosa hospitalidade turca e a cultura do chai (chá turco) estão bastante personificadas nesse povo. Tanto que em Ankara entrei em um restaurante apenas para tomar um chai, conversei alguns minutos com o gerente (que por sinal adorava o Brasil) e na hora de pagar ganhei um tapinha nas costas e me disseram que o chai era por conta da casa. Mas como, se a única coisa que eu consumi foi o chai? Qual outro lugar do mundo você caminha com sua namorada entre formações rochosas coloridas e estonteantes a quilômetros de distância de qualquer estabelecimento, encontra dois simpáticos senhores em uma cabana que te oferecem chai, comida e as duas únicas cadeiras? Só em Goreme. Mesmo sem falar uma palavra em turco e eles não falarem nada de inglês a conversa durou mais de hora! Viajar nos ensina que palavras nem sempre são necessárias para nos comunicarmos. E demos boas risadas naquela tarde.

Hospitalidade turca em Goreme

Vôo de balão na Cappadocia

Os turcos são quase todos muçulmanos, mas o Estado é secular. Visitantes de qualquer religião são bem vindos em suas belíssimas mesquitas. Constantinopla foi e Istambul ainda é uma das grandes cidades do mundo. Nas proximidades do Topkapi (palácio dos antigos sultões e atual museu) entramos em um dos infinitos restaurantes que vendem Doner Kebab (típica comida turca). Começamos a conversar com o dono e algumas horas depois estávamos jogando xadrez, fumando o típico narguile turco e claro tomando chai com ele e um amigo. Abrindo um parêntese: os turcos amam futebol e o clássico Fenerbahce vs. Galatasaray está entre as maiores rivalidades do mundo. E se você acha que sabe jogar gamão, vai perceber que não é tão bom assim ao desafiar até mesmo uma criança turca.

Riq curtindo um chai, xadrez e narguile com seu anfitrião

No dia seguinte voltamos e começamos a ajudá-los a atrair clientes para o restaurante. Resultado: comíamos diariamente o melhor Kebab do mundo gratuitamente apesar de insistirmos em pagar. Conseguimos diversos clientes, pois nosso diferencial era sermos turistas fazendo propaganda. O melhor é que ganhamos verdadeiros amigos. Tanto que após alguns dias saímos do hotel em que estávamos e ficamos hospedados as últimas noites na casa em que moravam Kemal, seu pai e sua mãe (que aliás me ensinou os truques do melhor Kebab do mundo).

De vendedor de Kebab a amigo da família

Para mim grande parte da graça de viajar esta em realmente experimentar os locais em que vou. Fazer com que as cidades, os países, as culturas e as pessoas que conheço deixem uma marca na maneira pela qual eu vejo o mundo. Estando de coração aberto e sem criar expectativas sobre o lugar em que estou, aprendo muito, conheço gente fantástica, sempre me divirto e passo a ter mais lugares para sentir saudades no futuro. Para os que forem a Istambul: falei com o Kemal antes de enviar esse texto e ele me prometeu que quem passar 15 minutos com ele na luta diária de convencer os clientes que seu Kebab (dentre os milhares existentes na região) é o melhor, come de graça! Fica a dica e digam que lhe mandei um abraço. Escrevo diretamente da Khao San Road, em Bangkok, a rua mais maluca do sudeste asiático e sempre dou uma risada ao passar por um dos vendedores locais de Kebab que possui uma placa: “Melhor Kebab do Mundo”! Eu não acredito.

Kemal, Riq e Mert

Veja Também:

Reclama do trânsito de São Paulo agora que eu quero ver – Vietnã

Samarkand – Muito além de qualquer rótulo

Seres Humanos: tão iguais ou tão diferentes? – Nha Trang – Vietnã


Responses

  1. Eu desconfiava não tanto. mas, a verdadeira verdade chegou. Coragem hem?

    • Gostou da chamada do post né Walter.

      ficou legal. Agora teremos um novo colaborador

      abraços

      Eder

  2. Rick para mim não é nehuma surpresa ..esse seu jeito único e especial de ser deixa marcas por onde passa..experiencia SHOW!!!!!obrigada por dividir conosco todos esses momentos..

    • Olá Edna

      a viagem do Riq pelo mundo está mesmo um SHOW. Não perca os próximos episódios.

      abraços

      Eder

  3. Rick, o seu relato (assim como tudo que você faz… só vê se não fica metido…) está DEZ!!!
    Parabéns!
    Lembra que eu já tinha te cantado a bola que você iria escrever os relatos da sua viagem?
    Um abração enorme, Armando.

    • Bom dia Armando

      a viagem do Riq está mesmo sensacional. Aqui no blog ele terá sempre o espaço aberto para contar suas aventuras.

      Continue acompanhando os próximos capítulos.

      abraços

      Eder

  4. Rick…Parabéns..experiência única que deve ser aproveitada cada momento..e o melhor nos passando todas as dicas. Aproveite! bjs Renata Pinto

    • Olá Renata

      nosso amigo Riq continuará contando suas histórias aqui no blog.
      Várias dicas novas em breve. Acompanhe.

      abraços

      Eder

  5. Caro Rick, Adorei o seu post. Acabo de voltar de Istanbul e meu marido foi parar no Amrican Hospital de lá por conta de um Doner Kebab, que comeu no restaurante Kosebasi em Nisantasi! Se tivesse lido seu post antes, teria comido o Kebab do restô de Kemal, seu amigo!!!rsrsr
    Tenho um site com dicas de viagens também e indiquei o seu bolg em “Amigos do Voali”, na barra inferior da home. Passa por lá e se puder, indique o nosso! Thanks, Priscila
    http://www.voali.com.br/ViagensInterna.aspx?id=288

    • Olá Priscila

      o Riq será nosso correspondente internacional a partir de agora. Dei uma olhada no seu blog e achei super bem feito, mas não encontrei o link “Amigos do Voali”. Se puder me passe este link. Também poderemos indicar seu blog no nosso blogroll.

      abraços

      Eder

      • Oi Eder,
        Vai no site novamente (www.voali.com.br) e verá que tem uma barra fixa cinza na parte inferior da home e páginas internas com um ícone “Amigos do Voali”. Lá tem uma lista dos blogs de viagem que acho bacana e o seu está lá! Parabéns
        abraços,
        Priscila

      • Oi Priscila

        agora encontrei e nosso blog é o primeirão da lista.

        valeu pela divulgação

        grande abraço

        Eder

  6. Dados do comentário anterior.

  7. Oi Rick, Adorei o seu blog! Estive em Istambul recentemente e meu marido foi parar no American Hospital por conta de um Domer Kebab que comeu no restaurante Kosebasi em Nisantasi. Se tivesse lido seu post antes, teria ido no restô do Kemal para comer o kebab!! Também tenho um site com dicas de viagens e indiquei o seu blog lá, na barra inferior direita, ícone: “Amigos do Voali”. Adoraria a sua visita por lá. Se puder, indique o nosso site no seu blog também. Abraços, Priscila Reis
    http://www.voali.com.br/ViagensInterna.aspx?id=288

  8. Ricardo, que bom divulgar coisas boas, mostrar ao mundo jovens fazendo escolhas como as suas e quem sabe encorajar outros a fazerem o mesmo.Incrível suas experiências e seu olhar para o mundo, adorei.
    Parabéns e conte-nos mais!

    • Olá Solange

      em breve teremos mais histórias do nosso amigo Riq no blog.

      aguarde

      abraços

      Eder

  9. Riiiiiiiick, que D+…. Estou adorando “curtir” este seu sonho a distancia e principalmente ter a certeza de que você está mesmo aproveitando cada segundo da sua viagem ao redor do mundo… Parabéns pela iniciativa e obrigada por nos deixar “viajar” junto com você!!!

    • Bom dia Miriam
      este é só o primeiro episódio de muitas histórias para serem contadas.

      continue nos acompanhando

      Eder

  10. Rick vc é uma pessoa muito querida e tenho certeza que deixará saudades a todas as pessoas que vc conheceu nesse mundo de meu Deus, experiencia única e que moldará teu incrível futuro.

    Besos mil

    • Olá Enriqueta

      Riq é mesmo um iluminado. Me junto a você para desejar uma ótima viagem a ele e muitas histórias para contar.

      bjs

      Eder

  11. Que demaisssss!! Essa experiencia deve estar sendo fantástica!! Mto bom vc poder compartilhar um pouco disso com a gente!!
    Já estou ansiosa pelo próximo post!!!!

  12. De mais Rick, que experiência incrível!
    Os turcos são realmente muito hospitaleiros.

    Aproveite muito cada minuto!
    Bjão

    • Olá Paula
      a Turquia é uma país encantador, assim como seu povo.

      Recomendamos a todos uma visita.

      continue nos acompanhando.

      abraços

      Eder

  13. Adorei o post! Fico acompanhando aguada as histórias de vocês!

    Parabéns pelo material que estão produzindo!!! Vamos ficando curiosos post a post!

    • Olá Clarissa

      agora temos 3 pessoas contando as histórias de Volta ao Mundo (eu e a Fabi e nosso novo companheiro o Riq).

      acompanhe as próximas

      bjs

      Eder

  14. Riq… ou melhor Rii, mto legal poder saber um pouquinho de suas experiências, com ctz tem histórias até pra décima geração dos Lima..rsrs
    Boa viagem, sorte sempre Bjs

    • Olá Marina
      com certeza ele tem muitas histórias, pois o estilo de viagem adotado ajuda bastante no contato com os locais.

      não perca as próximas

      abraços

      Eder

  15. Ric demais seu post!
    Sou bem suspeita pra falar da Turquia pq foi um lugar que me marcou mto, inclusive volto lá este ano!

    Onde encontro o Kemal? O restaurante dele fiac em Sultahnamet?
    Parabéns pelo post e pela forma de encarar e viver as viagens😉

    • Olá Monique

      pra mim a Turquia também é uma país fenomenal. Muitos lugares imperdíveis para se conhecer.

      Vou enviar um email pro Riq perguntando direitinho onde fica o restaurante do Kemal e te copio.

      bjs e até o próximo Encontro.

      Eder

  16. […] Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – O Vendedor de Kebab – Turquia […]

  17. […] Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – O Vendedor de Kebab – Turquia […]

  18. Adorei o post! Sou uma mochileira compulsiva e adoro esse tipo de interacao com os locais. Irei pra Turquia em junho, tambem gostaria de saber como encontro Kemal e seu restaurante!

    • Olá Priscila
      pelo jeito você é das nossas. Adora uma aventura e conhecer de verdade a cultura de onde está.
      Temos certeza que você irá adorar a Turquia.
      O Ayasofia Bufe, onde o Kemal trabalha, possui dois “restaurantes”. Em um, o Kemal é responsavel e o outro quem toca é o pai dele.
      Ambos ficam em Sultahnamet; saindo do Topkapi, voce vira a esquerda ( tem uma linha de trem no percurso) e voce irá reconhece-lo pela foto do post. Caso contrário, pergunte pelo vendedor de sorvete que brinca com todo mundo, ele é bem famoso por lá e fica pertinho do Kemal.

      boa viagem

      bjs

      Eder

  19. […] pamukkale, capadócia, istambul) | LINK 137. @4cantos_mundo | o vendedor de kebab – turquia | LINK 138. @ccbt | pontos turísticos da turquia | LINK 139. @mochileiroscom | turismo religioso turquia […]

  20. […] Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – O Vendedor de Kebab – Turquia […]

  21. […] O Vendedor de Kebab – Turquia […]

  22. […] Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – O Vendedor de Kebab – Turquia […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: