Publicado por: riqlima | 08/04/2012

Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – O Pôr do sol

Em Koh Tao, após mergulhos incríveis – Ilha ao sul da Tailândia

Quando decidi escrever sobre pores do sol pelo mundo, a primeira dúvida que me veio foi: qual o plural de pôr do sol? Pesquisei no google e a grafia correta na língua portuguesa é: pores do sol. Mas isso pouco importa quando estou diante da magnitude e da infinita beleza de um maravilhoso pôr do sol em qualquer lugar do mundo.  Observar e admirar o sol se pondo foi um vício que adquiri nas minhas viagens e onde quer que eu esteja faço o possível para assistir o até amanhã da nossa estrela. Aliás aprendi que os 20 minutos após o sol se esconder são ainda mais bonitos, com uma incrível miscelânea de cores, seja com ou sem nuvens. Essa é uma das razões pela minha preferência por pequenas cidades próximas a natureza durante minhas viagens.

Meditando com Shiva em Rishikesh, norte da Índia

Vivi grande parte da minha vida em São Paulo onde não tinha tempo para admirar o pôr do sol ou não conseguia pela altura dos prédios e poluição. Na correria das cidades grandes estamos sempre ocupados demais ou pior, pré-ocupados demais para admirarmos o pôr do sol. Viajar me ensinou a tirar o pé do acelerador, a viver no presente momento, a parar de adiar para o futuro as coisas que quero fazer hoje.  Observar o pôr do sol é uma metáfora da vida moderna que levamos, dado que podemos apenas “observar” o sol se pôr. Não podemos fazer nada, nem lutar contra nem acelerar ou adiar…O sol vai se pôr de qualquer maneira, ao seu tempo, você queira ou não.

Na savana africana dizendo adeus ao lado de uma Acácia

Perdi as contas de quantos pores do sol perfeitos eu presenciei, um mais bonito que o outro, sempre diferente do anterior mesmo estando no mesmo lugar. Impossível eleger o melhor. A mudança das cores, a chegada de planetas e estrelas, o frio que se começa a sentir, as nuvens se escondendo, enfim a imponência da natureza frente a tudo. Seja tomando uma cerveja com amigos, seja meditando, seja na praia, seja na montanha, o pôr do sol é um momento perfeito para sentirmos a força do universo e a beleza da vida, afinal sem o sol nada seria possível.

Pôr do Sol após uma sessão de surf em Anglet, sudoeste da França

Ver o sol se pondo nos obriga a viver no presente momento, mesmo com a mente nos levando através de pensamentos para o passado ou o futuro. Estamos ali, em frente a magnífica estrela que se vai por mais um dia, ou por meses, caso você esteja se aventurando muito ao norte ou muito ao sul da Terra. Você consegue se acostumar com um vilarejo na Espanha em que todo o comércio fecha  para a siesta durante a tarde, não importa quão urgente seja o que quer que você tenha que fazer? Você consegue se manter calmo quando uma travessia de barco pelo rio Mekong no Laos leva 4 dias ao invés de 2 porque o rio esta muito seco em alguns pontos? Você consegue sentar para jantar com seus amigos australianos por 3 horas sem se preocupar com o relógio ou com o seu celular? Se a resposta for não, meus queridos, está na hora de se perguntar por que…

Em Kerala, sul da Índia, após aulas de Yoga

Viajar para mim é uma maneira de se aprender a parar de adiar, parar de se arrepender pelo passado e a parar de ficar ansioso com o futuro. Existe um antigo provérbio indiano que diz “o que não está aqui, não está em nenhum lugar”, e admirar o pôr do sol me faz sentir vivo, parte da natureza, mas bastante pequeno frente a grandeza do universo. Desacelerar e aprender a viver cada momento é mais um dos inúmeros benefícios que longas viagens pelo mundo nos trazem.

Em alguma praia perfeita do sudeste asiático…

Veja Também:

Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – O Vendedor de Kebab – Turquia

Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – AAA – Aventuras Aquáticas Africanas

9º Encontro: Roteiro de 3 semanas na Tailândia – Parte II – Costa Adaman


Responses

  1. Espetacular!!! E assim não paramos de acrescentar destinos ao bloquinho de desejos… rsrs
    Lindas as fotos! Certamente momentos únicos…

    • Olá Ana

      costumo dizer que quanto mais viajamos, mais descobrimos lugares que queremos conhecer. Continue viajando pelo nosso blog e acrescentando destinos a seu bloquinho.

      bjs

      Eder

  2. Nossa!!! Post de arrepiar!Realmente é para parar e pensar…

    • Oi Amandinha

      parar para pensar e desacelerar, pois a vida é só uma.

      Você é irmâ ou parente do Ricardo?

      bjs

      Eder

      • Sim, sou irmã rs… Morrendo de saudades dele!!

      • Oi
        desconfiei pelo sobrenome. Deve ser duro ficar longe, mas ele voltará ainda melhor do que foi.

        bjs

  3. inspiring

    • Olá Alex

      uma viagem de volta ao mundo já é inspiradora por si só. E a viagem do Riq muito mais, o cara é dos nossos.

      valeu

      grande abraço

  4. Este provérbio Indiano “O que não está aqui, não está em nenhum lugar” retrata muito bem o meu provérbio, escrevi a 4 anos atrás ao completar 60 anos de idade “Viajar e fotografar é a melhor clínica médica do mundo, é o melhor remédio que existe para a Melhor Idade” Walter Leite
    Vamos fazer a Viagem Volta ao Mundo – boa viagem

    • Walter

      este remédio (viajar e fotografar) é milagreiro para todas as idades e não só para melhor.

      grande abraço e muitas viagens

      Eder

  5. Demais Ri…. Realmente você disse tudo em seu relato… A vida passa muito rápido e temos que viver intensamente cada momento!!! As fotos são simplesmente DESLUMBRANTES, ameiiii os pores do sol em TODOS os lugares. Beijo

    • Olá Miriam

      Riq foi show de bola neste post. Vamos viver uma vida mais descontraída e com menos preocupações com o que já passou ou ainda está por vir.

      bjs e continue nos acompanhando

      Eder

  6. Uau! Maravilha!

    Só faltou o pôr do sol nas montanhas.🙂

    []’s

    • Oi Camila

      faltou este realmente, mas a primeira foto do post ficou demais. Digna de sair em revista.

      bjs

      Eder

  7. definitivamente um deleite aos olhos e ao coracao, pensarmos o mundo com essa beleza natural faz a vida valer a pena, afinal somos parte de um todo e nos sentindo pequenos diante dessa maravilha nos tornamos gigantes de espirito, mais uma vez obrigada Ricardo por partilhar sua experiencia!

    • Olá Solange

      o relato é mesmo emocionante. Nós que já vivemos esta experiência sabemos que sensações maravilhosas e inesquecíveis ele está vivendo. Só nos resta aplaudir a coragem do Riq e torcer para que ele viaje cada vez mais.

      bjs

      Eder

  8. Simplesmente maravilhoso em fotos e conteúdo. Parabéns e muito obrigado por compartilhar conosco estes momentos vividos.

    • Grande classe C

      viver isso não tem preço, cada segundo vale por anos passados em frente a TV. Só de ler já dá uma coceira para cair no mundo.

      valeu

      Eder

  9. Nossa!!!!sem palavras…
    Ao ler o texto descobri que NUNCA parei, literamente, para assistir esse espetáculo da natureza!!!!Tks pela dica ..hora de desacelerar…….

    • Oi Edna
      muita gente ou diria a maioria das pessoas não pára para pensar na vida corrida e sem sentido que levam.

      As vezes a simples leitura deste relato é o gatilho que precisávamos para mudar nossas vidas.

      Muitos pores do sol para você a partir de agora

      bjs

      Eder

  10. Verdadeiramente inspirador. Temos que encontrar o que verdadeiramente importa. Nosso mundo atual é cheio de falsas verdades.

    • Oi Maria Paula

      você está no caminho certo em busca do que realmente importa. Esta viagem vai mudar sua vida e tenho certeza que para melhor como aconteceu com a gente.

      pé na estrada

      bjs

      Eder

  11. Estamos adorando “viajar” com você!!!!!!obrigada por dividir esses pores do sol com a gente…bjão

    • Olá Amélia

      esta viagem é realmente demais. Em breve mais um relato de nosso amigo Riq.

      Aguarde e continue nos acompanhando.

      Eder

  12. Ótima reflexão e destinos inspiradores !!! Obrigada por compartilhar!!!

    • Olá Vanessa

      também estamos adorando fazer outra Viagem de Volta ao Mundo sem sair de São Paulo.

      em breve mais um post do nosso amigo Riq

      bjs

      Eder

  13. Ric negaaao! Arrasooooooou! O que mais curti foi perceber nas suas palavras o quanto vc esta aberto p aprender, descobrir e desfrutar todos os “presentes”, ou seja, todos os momentos que Deus nos oferece. Sem essa abertura, nada disso seria possivel, vc ta ligado. Tb quero dizer que me sinto imensamente feliz por voce e de termos nos cruzado nesse mundao! valeu, me irrrrmao! Love & Light. Cuide-se sempre. Hari Om

    • Olá Java

      o Riq tá arrasando com esta sequência de posts. Quanto mais aberto a novas experiências mais histórias iradas ele terá para contar. E olha que está apenas começando, vem muito mais por aí.

      bjs
      Eder

  14. Irado o post.

    Também sou viciado em por do sol. Todos os dias durante minha volta ao mundo procuro um lugarzinho especial para desacelerar, curtir a paisagem e recarregar as energias no momento mais especial do dia.

    Fora as fotos que ficam incríveis.

    Abraços

    • Olá Guilherme

      um belo pôr do sol é sempre bem vindo em nossas vidas, ainda mais se estivermos em um cenário paradisíaco.

      continue nos acompanhando e boa trip

      abraços

      Eder

  15. […] Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – O Pôr do sol […]

  16. Cheddão, bm melhor do que os pores do sol em São Paulo:

    http://www.apolo11.com/clima.php?titulo=Entenda_como_se_forma_a_nevoa_quimica_na_cidade_de_Sao_Paulo&posic=dat_20100827-112826.inc

    Abs
    Pijama

    • Fazer o que né Felipe

      quem não tem cão caça com gato e vamos passando nossos pore do sol poluídos.

      abs e continue nos acompanhando

      Eder

  17. Show!!!

    havia esquecido como coisas tao simples podem fazer agente feliz. Obrigado Rick!!

    • Olá Rossen

      geralmente as coisas mais simplessão as que fazem a gente mais feliz. Um sorriso de seu filho, um beijo de sua esposa, uma gentileza no trânsito ou um lindo pôr do sol.

      Nós é que complicamos o que é simples.

      continue nos acompanhando

      Eder

  18. Adorei a reflexão e concordo plenamente! A gente vive sempre muito cheio de coisas e ruídos internos, e apreciar o por-do-sol é um momento que nos leva para longe de tudo isso. Fora as cores…ah, as cores! #souapaixonada

    • Olá Simone

      vivemos sempre muito ocupados e não temos tempo de parar para pensar no que realmente é importante.

      Dar uma parada é fundamental e o pôr do sol é uma ótima pedida

      bjs

      Eder

  19. […] essa experiência ao ver o restaurante com uma diversidade tão bonita. Aprendi no oriente a ter calma e paciência. “Insha’Allah” me ensinou que o que tiver que ocorrer vai ocorrer. E entender o […]

  20. […] pôr-do-sol foi seu companheiro constante nos diferentes lugares do mundo, que sempre lhe mostrava sua pequenez […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: