Publicado por: riqlima | 20/05/2012

Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – Uganda: Terra de Gorilas e outras maravilhas

Ah, Uganda, Uganda. Winston Churchill chamou de “Pérola da África” e eu não só coloco o pais como um dos mais interessantes do continente africano, mas como um dos meus favoritos pelo mundo. Um povo genuíno, alegre, sofrido, paisagens únicas, animais incríveis. Seja perdido na caótica capital Kampala, me aventurando nos esportes aquáticos de Jinja, nas cachoeiras e lagos do norte ou em busca de gorilas no oeste, as semanas que passei em Uganda foram inesquecíveis para mim. Vou deixar os passeios pela nascente do rio Nilo, a busca pelos rinocerontes, a incrível beleza do lago Bunyonyi e meu encontro com os Batwa, mais conhecidos como pigmeus africanos, para posts futuros e hoje vou focar na audiência com os gorilas.

O sorriso é marca registrada dos ugandenses´

Visitar os últimos gorilas de montanha livres do mundo não foi tão simples como eu achava, mas muito mais recompensador do que imaginava. Existem apenas cerca de 700 animais e todos estão nas florestas tropicais de Uganda, Rwanda e Congo. Os gorilas vivem em pequenas famílias e se movem pela mata seguindo seu líder em busca de alimento (gorilas são vegetarianos). Apenas oito pessoas por dia podem visitar cada família durante uma hora para evitar transmissão de doenças humanas e não atrapalhar tanto a vida dos gigantes. O governo de Uganda emite as permissões que são válidas para determinada família em um determinado dia. Cada permissão custa 500 dólares e se você não aparecer no dia e hora marcados, perdeu amigão. Mesmo assim, as filas são longas para comprar uma licença e consegui a minha por sorte, pois uma inglesa desistiu dias antes e comprei a permissão dela.

Os gorilas estão até no dinheiro em Uganda

O nome da família que eu visitaria era Nkuringo e naquele momento eles estavam no Parque Nacional Impenetrável de Bwindi próximo a fronteira com o Congo. Feliz com meu papel em mãos fui descobrir que chegar a Bwindi não era tão fácil, mas eu sabia que seria divertido. De Kampala, um ônibus para Kabale que caso as estradas fossem razoáveis, demoraria três horas, durou nove. De Kabale para Kisoro não havia ônibus, apenas táxis compartidos. Quantas pessoas vocês acham que cabem em um Sedan antigo? Pois é, em Uganda cabem oito, sendo cinco atrás e três na frente. Não consegui tirar uma foto, pois não conseguia nem mover meu dedinho da mão. O importante foi levar tudo com bom humor e aproveitar a viagem para conhecer mais simpáticos e sorridentes ugandenses. Mas esperem ai, eu disse Bwindi, não Kisoro, certo? É meus amigos, ainda tive que pegar um mototáxi às 4 horas da manha para chegar ao Parque a tempo.

Encontro com o simpático líder

Chegando lá, assinamos um termo que, caso algo acontecesse o governo de Uganda não se responsabilizaria, afinal são apenas 700 gorilas e mais de 6 bilhões de seres humanos no mundo. Então ferir um gorila tem que ser passível de punição exemplar. A missão naquele momento era achar os gigantes. Experientes guias vão na frente e rastreiam as pegadas e os caminhos do dia anterior. Gorilas podem se mover dezenas de quilômetros por dia e aquilo é a selva, não um zoológico. Assim o trekking pela floresta pode durar horas. No nosso caso três horas de trilha depois chegamos para o encontro. O tempo é cronometrado, uma hora para observar e aprender com os gigantes. Estar em contato com esses animais livres é impressionante, toda a dificuldade de se chegar ali desaparece e a recompensa não tem preço.

Chegamos na hora do almoco!

A poucos metros do nosso amigo

Mãe e filho na floresta

A pouquíssimos metros de distância, eu e mais sete sortudos pudemos ver todos os dezessete membros da família, sendo três Silverbacks. Observar os ruídos, os movimentos, os relacionamentos, a força desses animais foi uma experiência indescritível para mim e o que quer que eu escreva aqui não representara um décimo da sensação de se estar frente a frente com animais desse porte. Admirar os gorilas me mostrou que temos muitas semelhanças com esses animais. A dica para quem como o Eder estiver indo é uma só: aproveite essa hora para observar os gigantes, não se preocupe com fotos ou com o que você vai contar para seus amigos depois, apenas admire e aprenda com os gorilas. Tire umas fotos no início e/ou no fim e depois apenas observe. Uma hora com dezessete gorilas livres a poucos metros de você no Parque Nacional Impenetrável de Bwindi passa muito mais rápido do que uma hora em reuniões intermináveis no escritório ou em fofocas sem sentido no café da empresa.

Últimos momentos com os gigantes

Até a próxima vez amigos gorilas, voltarei com certeza!

Veja Também:

Viajar de Machimbombo é …

Nosso irmão chinês – Vilanculos – Moçambique

Zanzibar paraíso na Terra


Responses

  1. Deve ser uma experiência incrível mesmo!!!!! Só pelas fotos e pelo relato já dá pra imaginar… SHOW!!!

    • Com certeza Amandinha, uma experiência mais do que incrível! Obrigado pelos elogios as fotos, mas garanto que ficar cara a cara com os gorilas ‘e ainda mais impressionante! Beijos e saudades!!

      Riq Lima

  2. Deve ser show mesmo…. esta na inha wish list… Mas, quem quiser algo mais em conta, vale a pena conhecer a reserva dos Muriquis, os maiores primatas das americas, em Caratinga.

    • Vale muito a pena ir Ernesto, tenho certeza que você vai gostar e pelo que vi em sua foto com os tigres, coragem não lhe falta! Obrigado pela dica dos Muriquis, com certeza vou querer visitar. Abs

      Riq Lima

  3. Ai que medo….deve ser maravilhoso mas confesso que sou medrosa para essas “aventuras”…ficar pertinho desses gorilas e ainda por cima assinando um termo de responsa…é muito pra mim..kkkkkk, mas para quem gosta realmente deve ser uma experiência única!!!!

    Amei as fotos e adorei conhecer os ugandenses…achei muito fofo o menininho que está ao fundo (na primeira foto) com os braços cruzados e o corpo curvado….a alegria dessas criança realmente é contagiante..!!!!

    Excelente matéria!!!abraços

    • Obrigado Edna, caso não tenha coragem de encarar os gorilas, mas gostou do sorriso da criança, ainda assim vale muito a pena ir a Uganda, pois pode faltar ate comida na mesa deles, mas o sorriso nunca falta! Beijos!

      Riq Lima

  4. Eu acho que teria medo! Rsss
    Lindo este lugar!
    Abraço.
    Marcos

    • Lugar realmente fantástico Marcos e confesso que também fiquei com um friozinho na barriga! Mas no fundo, os gorilas têm mais medo da gente do que o contrario! Abs

      Riq Lima

  5. Nossa tem que ter coragem hein …. Adorei as fotos e a matéria, deve ser surreal, não da nem para imaginar… Rs! Beijos

    • Minha reação foi a mesma Dani, por mais que eu tenha visto os gorilas no Zoológico e no Discovery, ficar frente a frente com os gigantes foi realmente surreal, gostei da sua descrição! Beijos e saudades

      Riq Lima

  6. Hoje aprendi mais um pouco desse nosso mundo que parece tão longe e você consegue nos trazer para tão perto .
    Um beso muito grande nesse seu coração elevado

    • Muito obrigado pelos doces elogios Erica, e fico feliz de mostrar alguns dos lugares que também me pareciam inexistentes ou coisa de televisão antes de eu experencia-los! Besos

      Riq Lima

  7. A cada relato seu fico com mais vontade de conhecer a Africa..sabia que antes dos seus comentários não era um lugar que eu pretendia conhecer..agora é o primeiro da lista…junto com a Turquia…Obrigada por compartilhar conosco suas vivencias.

    • Me alegra muito saber que te inspirei a ir à África, tenho certeza que você não se arrependera! E a Turquia também esta na minha lista de favoritos nesse mundo tão maravilhoso!

      Riq Lima

  8. Incrível! Me emocionei de ler, imagina de ver?

    • É isso mesmo Danyelle, quando vi os gorilas por fotos também me apaixonei, mas quando fiquei cara a cara, vi que era realmente amor!

      Riq Lima

  9. Que experiência fantástica! Adorei!
    Tenho muita vontade de ver os gorilas de perto!
    Abraços,
    Lillian.

    • Realmente fantástico Lilian, tenho certeza que você vai adorar essa experiência tanto quanto eu!

  10. Que experiência fantástica! Adorei!
    Tenho muita vontade de ver os gorilas de perto!
    Araços,
    Lillian.

    • Realmente fantástico Lilian, tenho certeza que você vai adorar essa experiência tanto quanto eu!

      Riq Lima

  11. UAUUUU, sem palavras…! Parabéns pela viagem, em todos os sentidos da palavra. Vc é meu herói!
    Love Juju

    • Obrigado Juju, estamos longe, mas me alegra muito saber que estamos na mesma “viagem”! Beijos

      Riq Lima

  12. Nossa Riq, incrível esta experiência mas admiro a sua coragem …. Eu certamente ficaria commuuuito medo não sei se encararia esta mega aventura não…. Kkkk Parabéns pelo relato e pelas fotos belíssimas. Beijo no coração.

    • Valeu pelos elogios Mi, experiências realmente incríveis, e tenho certeza que você toparia essa! Caso contrario, levo o Fernandinho comigo na próxima! Beijos e saudades

      Riq Lima

  13. Nossa, a minha vontade de conhecer a africa já era grande, com esses relatos e imagens, nossa ela se tornou gigantesca, muito boa as “reportagens”, travé de seus relatos viajo para cada cantinho onde você passa, obrigado por me proporcionar esse momento…

    A experiencia que você terá nesse tempo nada compra…Parabens pela coragem e iniciativa!

    bjs

    • É isso ai Tamiris, recentemente ouvi uma frase bem bacana: “viajar ‘e a única coisa que compramos e que nos deixa mais ricos”. Muito obrigado pelos elogios e me alegra saber que te inspiro coisas boas, principalmente visitar a maravilhosa AFRICA!!!

      Riq Lima

  14. Irado. Não sabia que era possível ficar tão perto deles.
    Parabéns pela matéria e pelo site. Espero também produzir tanto conteúdo após o fim de minha volta ao mundo.
    Abraços

    • Pois é meu amigo, recomendo fortemente se você estiver por lá! Tenho certeza que você terá excelentes historias e fotos do começo ao fim da sua trip! Absao

      Riq Lima

  15. Riq adorei as fotos e fiquei chocada com a sua coragem!!! Te amo. Saudades… Beijo

    • Olá Amélia

      baita coragem, mas acho que vale a pena. Tanto que me animei e também vou conhecer os gorilas.

      Quer vir junto?

      Eder

  16. […] Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – Uganda: Terra de Gorilas e outras maravilhas 0.000000 0.000000 Share this:FacebookTwitterEmailMaisOrkutStumbleUponGostar disso:GostoSeja o primeiro a gostar disso post. […]

  17. Adrenalina!!!!!

  18. […] Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – Uganda: Terra de Gorilas e outras maravilhas […]

  19. […] Cantos do Mundo, por Paulo Mendes e Eder Rezende: Uganda- Terra de Gorilas e outras Maravilhas. Observar gorilas num zoológico pode ser um ótimo passeio para o final de semana, mas observar […]

  20. queria conversar com Riq Lima pois planejo ir p Uganda em abril do ano q vem.
    sou de SP, z oeste ( v madalena) .
    abracos Kika

    • Oi Kika

      eu vou para Uganda agora em agosto ver os gorilas. Moro na Pompéia, bem mais perto que o Riq.

      O Riq continua em viagem, mas te envio o contato dele por email.

      bjs

      Eder

  21. […] do Sul, com o tigre na Índia e rinocerontes em Uganda (país dos adoráveis gorilas do post: Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – Uganda: Terra de Gorilas e outras maravilhas). Aprendo muito com os animais e tenho certeza que num futuro não muito distante realizarei meus […]

  22. […] Uganda: Terra de Gorilas e outras maravilhas […]

  23. […] Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – Uganda: Terra de Gorilas e outras maravilhas […]

  24. […] Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – Uganda: Terra de Gorilas e outras maravilhas […]

  25. Olá! Vou à Uganda no próximo dia 11/06, e achei seu site somente agora… mas nossa que lindo tudo isso! gostaria muito, mas muito de ir … só não sei ainda se vou poder pelo custo… mas ver suas fotos já é maravilhoso. Queria umas dicas rápidas.. pode me enviar um email por gentileza? lidian.borghezan@gmail.com

    Muito obrigada,

    • Olá Lidian

      as dicas para Uganda com relação a dinheiro é levar dólares americanos. Isso vale também pata Tanzânia e Quênia. VTM e cartão de crédito não serão muito úteis e nos lugares que forem aceitos terá a cobrança de uma taxa extra. Com relação aos dólares tem que ser notas com emissão recente. Eles não aceitam notas de dólar com emissão anterior ao ano 2000. O ideal mesmo é no máximo 7 anos da data da emissão. Isso é muito importante pois você pode levar dólares antigos e por lá eles serão só papel, sem valor. Em muitos lugares eles aceitam pagamento em dólar como a permissão para visita aos gorilas e você pode trocar facilmente pela moeda local o shilling ugandense.
      O povo de Uganda é super receptivo e aberto ao turista. Você vai gostar.
      qualquer dúvida favor entrar em contato

      abs

      Eder


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: