Publicado por: riqlima | 02/09/2012

Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – Riq Lima nas Alturas

Não me canso de falar, pensar e escrever: viajar é realizar sonhos e desafiar medos. Grandes alturas sempre estiveram entre meus grandes sonhos e ao mesmo tempo eram medos que eu tinha que conquistar. Fazer um curso e aprender a escalar nas montanhas do Laos, sobrevoar de balão a região da Capadócia na Turquia, e saltar do maior bungee jump do mundo na Bloukrans Bridge litoral da África do Sul foram alguns dos desafios nas alturas que encarei durante essa viagem de volta ao mundo. Neste post conto um pouco mais sobre essas divertidas, super seguras e recompensadoras experiências.

Primeira impressão ao chegar na ponte. Pulo ou não pulo?

O litoral da África do Sul é único, recheado de belezas naturais e esportes radicais que conseguem agradar a todo o tipo de viajante. E não muito distante das belíssimas praias de Plettenberg Bay tive a sorte de saltar do maior bungee jump comercial do mundo na Ponte de Bloukrans, 216 metros acima de um rio. De carona com uns holandeses que havia conhecido no dia anterior, cheguei as 10 da manhã na ponte e confesso que pensei duas vezes antes de saltar. Olhando pra baixo, coração a mil por hora, todos me olhando, câmeras a postos: pulei, mas pulei gritando. Sete segundos de queda livre depois e balançando feito um ioiô gigante, o medo do salto foi substituído pela alegria do “dever cumprido”. Na verdade, foi uma experiência tão boa que quase entrei na fila para saltar novamente. Dica para quem esta indo: chegue cedo, pois a espera pode ser grande. É preciso assinar um termo de compromisso se responsabilizando por eventuais acidentes. Segurança garantida, ou seu dinheiro de volta.

3…2…1…O jeito é pular e curtir o salto!

Capadócia é uma palavra que faz qualquer pessoa que tenha passado pela Anatólia Central na Turquia, sorrir feito uma criança. Segundo o Wikipédia, “as características mais distintivas da região são as formações geológicas únicas, resultado de fenômenos vulcânicos e da erosão e o seu rico patrimônio histórico e cultural, nomeadamente cidades subterrâneas e inúmeras habitações e igrejas escavadas em rocha, muitas destas com admiráveis frescos”. Bela descrição, mas honestamente, não acho que essas palavras sejam suficientes para explicar a beleza desse lugar. Concordo com Charles Chaplin, que as melhores coisas do mundo não se podem ver nem tocar, elas devem ser sentidas com o coração. E só quem esteve lá pode entender a magia desse lugar. Sobrevoar a região de balão não é uma experiência barata (custa cerca de 100 euros). Você tem que acordar as 5 da manhã e dependendo da época do ano, pode estar um frio de rachar. Mas todas essas coisas se tornam detalhes quando o balão sobe e o Paraíso na Terra é revelado para os olhos que esquecem o sono no mesmo segundo. Vale a pena colocar naquela listinha de coisas pra fazer durante a vida ou pelo menos tentar colocar nas resoluções de ano novo que nunca se materializam.

Capadócia, Paraíso na Terra

Saudades da beleza de Goreme e região

Sou apaixonado por montanhas, e fiz excelente trekkings e hikings durante toda minha viagem de volta ao mundo. Em Vang Vieng no Laos senti que chegara a hora de ir um passo além e colocar um novo desafio em minha vida: escaladas. Optei pela escola do Adam, mas a Green Discovery também tem excelente reputação no país todo. A duração do curso depende do que você busca, de uma tarde a cinco dias ou mais. Vang Vieng é uma cidade linda, mas que infelizmente mudou muito nos últimos anos e hoje é procurada e conhecida principalmente pelas festas, drogas e álcool baratos. A maior atração da cidade é descer parte de um rio dentro de uma bóia, parando nos inúmeros bares com drinks grátis, pula-pula, escorregas, etc… Quer algo diferente? As montanhas da região são lindas e oferecem excelentes oportunidades para iniciantes ou profissionais em escalada. Se ao final do dia você ainda tiver forcas para abrir uma lata de cerveja, é porque não escalou o suficiente.

Vang Vieng, uma cidade de contrastes

No primeiro dia de curso já é possível fazer escaladas descendentes

Diferentes tipos de aventuras fizeram e fazem parte da minha viagem. Um dos segredos para estar sempre me divertindo e aprendendo em longas viagens pelo mundo é saber mesclar os tipos de aventuras. Me senti mais aventureiro pegando um trem qualquer na Índia, sem saber para onde estava indo, do que saltando do maior bungee jump do mundo na África do Sul. Ficar horas sobre um camelo no Saara foi um desafio maior do que completar um curso de escalada no Laos. Conseguir conversar em alemão com a avó de 92 anos da minha namorada foi tão recompensador quanto sobrevoar a Capadócia em um balão. Alturas estão aí para serem conquistadas e é quando o sonho bate de frente com o medo que crescemos de verdade. Para quem ainda quer mais, devo subir, num futuro não muito distante, a parte inicial do Everest. E se você quer vencer o desafio das alturas, mas evitar a fadiga, saltar de pára-quedas sobre as ilhas artificiais de Dubai pode ser um bom começo… E sugiro um brinde, a essa grande aventura chamada Vida!

Veja Também:

Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – Aprenda uma língua

Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – Mundo Animal

Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – Melhore seu CV: VIAJE


Responses

  1. Melhor post seu cheddão. Superou o da Índia!

    • Grande Andre,   Fico feliz que tenha gostado e prometo que vou tentar superar esse os proximos!   Absao   Riq Lima

  2. Lindo post menino! Apesar dos meus 61 anos, um joelho meio torto e o coração batento com um rítimo menor que o normal, eu tenho a alma aventureira. Concordo com voce, voar de balão na Capadocia foi uma das coisas mais incríveis das minhas viagens. Sabe que me deu uma boa idéia: estou planejando uma viagem Africa do Sul. Pular meu coração não vai aguentar, mas vou nesta ponte curtir o visual e fotografar os curiosos. É isso ai, viajar é realizar sonhos.

    • Ops, cuiosa sou eu, fotografar os corajosos.

    • Querida Flora,   Muito obrigado pelos seus elogios! Nao importa o estado do nosso joelho ou o ritmo do nosso coracao, o que importa mesmo ‘e o estado do nosso coracao e o ritmo do nosso joelho! E a idade nao significa nada, vejo que seu espirito ‘e aventureiro, e nao tem desculpas para nao pular do bungee jump!!!   Fico no aguardo da foto com seu salto, continue viajando e realizando sonhos!   Riq Lima  

  3. Nossa Ri gelei só de ver vc no bungee , mas concordo com vc que há outros tipos de aventura , que nem sempre precisa ter adrenalina 100% besos no coração ..

    • Minha amiga Erica,’E isso mesmo, a vida por si so ja ‘e uma grande aventura, e viajar intensifica e nos da diferentes percepcoes sobre tudo isso!   Mas caso queira pular, te dou todo apoio🙂   Besos,   Riq Lima

  4. Uma experiencia como essa, ensina ao nosso corpo, a confianca que sentimos no coracao! Gratidao por compartilhar.

    • Magda,Lindas palavras, concordo 100% com voce. A energia das alturas me ajudou a perceber as alturas que minha energia pode chegar! Gratidao pela ajuda na India!   Riq Lima

  5. Lindo post, Riq. Em termos de altura, ainda nao fomos tao longe, mas ja andamos na beirada de muralhas em Obidos, Portugal. E subimos muitas torres. Essas sao para quem nao tem medo de escadas. Hahaha

    Parabens por sua coragem, e obrigada por compartilhar.

    • MP e Rafa,Obrigado pelos elogios! Tenho certeza que voces curtiram muito as muralhas de Portugal e as torres pelo mundo. E muitas outras alturas aguardam voces!   Continuem espalhando alegria pelo mundo e aproveitem cada segundo da jornada!   Riq Lima    

  6. Uauuu Riq, demaissss! Realmente são FORTES emoções… Eu admiro a sua coragem de se aventurar e principalmente de abrir o seu coração para SENTIR o que a vida tem de melhor a oferecer… Parabéns! Beijo

    • Querida Mi, Muito obrigado pelos elogios e pelo carinho! Fortes emocoes realmente, mas que sempre compensaram o risco! Manter o coracao aberto e a mente receptiva me mostraram muita coisa boa! E segura, porque vou levar o Fernandinho pra muitas alturas pelo mundo hehe   Beijos   Riq Lima

  7. Oi, adorei seu post. Gosto muito de viajar, mas, ainda não pude realizar meus sonhos internacionais por falta de $. Desculpe a pergunta, como consegue grana para realizar essa viagem de volta ao mundo ? Nossa, tento juntar grana e nada, não tenho quem pague meus sonhos e sem emprego tudo se complica. Vc largou o trabalho para viajar? Tenho Fé em Deus que logo eu possa realizar meus sonhos de anos. Vc tem facebook? Abraços.

    • Bom dia Sissi,

      O fato de voce gostar de viajar e saber qual seu sonho já é o principal passo! Voce vai ver que a grana vira uma questao secundária quando voce esta seguindo seu coracao. O estilo de viagem que faco é muito humilde, e gastei muito menos viajando do que gastaria em Sao Paulo! Para essa minha viagem, eu economizei meu salario nos ultimos 2 anos. E vale cada centavo dos cafes, baladas e restaurantes economizados por aqui! No seu caso, como voce nao tem emprego aqui, considere um trabalho nos Estados Unidos, Inglaterra ou Australia, onde nao é incomum garcons ganharem mais de 100 dolares por dia! Nesse caso, voce estaria viajando e economizando ao mesmo tempo! Fiz isso ha uns anos atras, trabalhando como garcon em Utah, Estados Unidos, por meses, e depois viajei com o dinheiro economizado. Ou trabalhe por aqui, economize o maximo possivel (anote todos os seus gastos e voce vai perceber quanta besteira que podia ser economizada para financiar seus sonhos), e viaje em paises baratos, como Bolivia e outros da America Latina, ou India e outros do Sudeste asiático. Lembre-se toda caminhada tem o primeiro passo. De o seu! Tenho certeza que voce vai realizar esse sonho! Nunca desista dele! Se precisar de mais ajuda, estamos ai! Abs

      Riq Lima

  8. […] Riq Lima nas Alturas […]

  9. […] Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – Riq Lima nas Alturas […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: