Publicado por: Eder & Fabi Rezende | 09/09/2012

No topo da África – KILIMANJARO – Dia 2: Boa Sorte?

Após um ótimo primeiro dia, começamos a caminhada muito animados. Nem parte do céu nublado e o conselho do nosso guia para levar um casaco de chuva (anorak) na mochila de ataque tiravam nosso ânimo.

Alguns minutos na trilha e uma leve garoa começava a incomodar, mas nada que chegasse realmente a molhar. Como estava me sentindo bem e com medo da chuva resolvi apertar o ritmo e deixei meus amigos para trás. Equívoco que não deveria ter cometido. Além de não escapar da chuva, ganhei uma dor de cabeça (mal de altitude) que me perseguiria até o fim do percurso. Meus amigos ficaram livres deste incômodo pelo menos por enquanto. Repetindo a dica de diamante do primeiro post: pole pole sempre.

Início da trilha ainda com sol

Já encharcados, nos lembramos do vendedor na entrada do Parque. As polainas de que tanto tiramos o sarro do Eduardo foram muito úteis a ele (único que as tinha), pois mantiveram suas botas secas. Botas úmidas podem causar bolhas nos pés e nos 5.895 metros de altitude do topo fatalmente congelariam seus dedos. Dica de ouro: não esqueça suas polainas em sua subida do Kili ou leve um par de botas extra para caminhar sempre com pés secos.

O que seria um agradável almoço, tornou-se uma rápida parada para um lanche digamos molhado. Fugindo da chuva todos se amontoaram na cobertura de uma fossa. Normando virou-se bruscamente e seu boné foi parar na merda. Devidamente resgatado com o uso do stick (o stick serviu para algo) e armazenado em um saco plástico de supermercado seguimos a caminhada. Quem pensou que o boné é de estimação, ainda não viu nada. Nesta noite ele quase congelou os dedos lavando o dito cujo. Segundo ele, este foi o único boné que encontrou que servia na cabeça do menino.

Infeliz lugar para deixar o boné cair

Bela vista da trilha que só vimos na volta do topo

Cansados, molhados, sujos e após onze quilômetros finalmente chegamos a Horombo Huts. Com 3.700 metros de altitude supera La Paz a capital boliviana tão temida pelos times de futebol brasileiros. Aqui mais uma surpresa. O carregador do Eduardo não pôs a capa de chuva em sua mochila durante a chuva. Resultado: todas as roupas e saco de dormir molhados. Dica de diamante: deixe claro a seu carregador (não ao guia) onde está guardada a capa de chuva de sua mochila.

Horombo Huts e o sol dão as boas vindas um pouco tarde: dia seguinte

Roupas penduradas para secar em vão, já que a chuva não parava lá fora e deixava o ar extremamente úmido. Quando pensávamos que já havia acontecido de tudo, mais uma. Ao contrário do primeiro dia, ainda tivemos que dividir o exíguo espaço de nossa cabana apinhada de roupas molhadas com um chinês que descia a montanha. Este camping é bastante disputado, pois abriga pessoas que estão subindo, descendo, além daqueles que optam por passar um dia a mais por lá para aclimatação. Neste ponto acertamos em cheio em não adicionar um dia de descanso e aclimatação. Em nossa opinião, desnecessário e de pouca contribuição no resultado final.

Cabana ainda molhada no dia seguinte

Dica de prata: uma vez as botas molhadas, coloque papel higiênico na parte interna para ajudar na secagem.

Dica de diamante lapidado: se durante a chamada dry season (temporada seca que vai de agosto a outubro) tomamos chuva, nem pense em subir o Kili durante a temporada de chuvas. Imaginem caminhar molhados no frio e altitude?

Ao final do dia concluímos: Boa Sorte é só mesmo o nome do cozinheiro, que dia para ser esquecido.

Mas suas preocupações não devem ser apenas com os pontos turísticos locais. Saúde é um item primordial em uma viagem e que não deve ser negligenciado. Viaje tranquilo fazendo um Seguro Saúde conosco. Clique em Seguro Saúde e faça sua cotação on line.

Ficamos felizes em ajudar no planejamento de sua viagem. Quer retribuir nosso auxílio? Faça as reservas de suas acomodações pelo nosso link de afiliado do Booking. Você não paga nada a mais por isso e de quebra ajuda a manter o blog no ar com informações de qualidade. Não vai reservar agora? Clique no nosso link e salve nos favoritos do seu navegador para comprar depois. Não gosta de reservar pelo Booking? Não tem problema. Você é bem vindo de volta ao nosso blog tantas vezes quanto desejar. Ótima viagem.

Vai alugar um carro para viajar? Mais uma chance de retribuir nossa ajuda. Clique em nosso link de afiliado do Rent Cars e encontre os preços mais baratos do mercado pagando em até 12 vezes.

Se preferir podemos realizar a viagem dos seus sonhos de forma personalizada e inesquecível. Conheça nossa Agência de Turismo on line. Clique em Agência de Turismo Quatro Cantos do Mundo.

Veja Também:

No topo da África – KILIMANJARO – Dia 1: Pole Pole

No topo da África – KILIMANJARO – Dia 3: Cadê meu passaporte?

No topo da África – KILIMANJARO – Dia 4: Só o cume interessa


Responses

  1. […] cola, swahili « Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – Riq Lima nas Alturas No topo da África – KILIMANJARO – Dia 2: Boa Sorte? […]

  2. Que aventura deliciosa e divertida, mas não quero para mim.

    • João

      você como legítimo representante da classe C jamais passaria por um perrengue destes. Sangue azul é outra coisa.

      abs

      Eder

  3. Apesar de tudo, ótimas lembranças!!! Mas não se faz mais boné como antigamente.

    • É isso ai presidente

      valeu muito a pena esta viagem. Você foi um ótimo companheiro de viagem.

      abs e que muitas mais venham

      Eder

  4. […] No topo da África – KILIMANJARO – Dia 2: Boa Sorte? […]

  5. […] No topo da África – KILIMANJARO – Dia 2: Boa Sorte? […]

  6. […] No topo da África – KILIMANJARO – Dia 2: Boa Sorte? […]

  7. […] No topo da África – KILIMANJARO – Dia 2: Boa Sorte? […]

  8. […] No topo da África – KILIMANJARO – Dia 2: Boa Sorte? […]


Deixe uma resposta para De Parati até Ubatuba, de bike. Um caminho de Santiago para aqueles que não fizeram pecados gravesui | Quatro Cantos do Mundo Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Categorias

%d blogueiros gostam disto: