Publicado por: Eder & Fabi Rezende | 05/05/2013

A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo

Tios e tias, avós e avôs, pais e mães e amiguinhos, eu, Amélie, voltei para contar minhas histórias no nosso blog. Não sei vocês, mas eu já estava com muita saudades de todos e claro de deixar minhas dicas para toda família. Vocês devem estar pensando, a Amélie nem completou um ano e meio e já está contando suas mentirinhas. Disneylândia no quintal? Se a casa dela é um apartamento, como é que a Disneylândia fica no quintal. Afinal apartamento não tem quintal. Calma, eu explico. É que esta Disneylândia que minha mãe descobriu (desta vez foi minha mãe e não meu pai) fica tão perto da minha casa que eu faço de conta que é no meu quintal, entenderam?

Esta é a Disneylândia do quintal da minha casa

Esta é a Disneylândia do quintal da minha casa

É tão pertinho de casa que eu sempre vou para lá na minha super Mochila Kid Comfort II Deuter nas costas do meu pai. Chegamos mais rápido do que de carro. O Walter Disney aqui de São Paulo é o vovô Adalberto, então nossa Disneylândia tem o nome de Adalbertolândia. Ela existe a tanto tempo que é mais velha até que meu pai. Vovô Adalberto construiu este tesouro para todas as crianças (grandes e pequenas) em 1969. Pena que nesta época nem meu pai nem minha mãe moravam aqui para aproveitar. Pena também que minha mãe demorou tanto para encontrar este paraíso dos pimpolhos. Ele, o criador, ainda aparece por lá para dar boas vindas a criançada. Só ele mora mais perto do parque do que eu, o paraíso fica bem em frente a casa dele. Aqueles que pensarem chamar a Adalbertolândia de Disneylândia genérica tem que voltar para escola para estudar. A obra do vovô Adalberto é muito melhor e mais legal que a do Walter Disney lá nos Estados Unidos e vocês vão concordar comigo.

Logo na entrada tem um lindo Carrossel que é meu brinquedo favorito da Adalbertolândia. Não. Este Carrossel não tem nada a ver com a novela infantil. Nada de Kokimoto, Cirilo ou Valéria. O carrossel que estou falando é uma arca de Noé em miniatura e tem uma cobertura para os bichos não tomarem chuva. Tem elefante, cachorro, cervo que para mim é o Bambi. Tem até Louro José lá no teto. E o mais legal de tudo é que ele gira e enquanto isso você pode ir mudando de lugar para conversar com todos os bichos. Minha mãe gostou tanto que não sabia se empurrava o carrossel ou corria atrás de mim durante minhas mudanças de lugar. Acho que ela pensou que era brincadeira de pega-pega. Na Arca de Noé, o vovô Adalberto deixa as crianças de até oito anos brincar. Maior que isso também já é quase adulto e nem quer mais saber de carrossel, só que saber de um livro que fica no computador chamado internet. Eu adoro os livros, mas confesso que este é meio chato.

Carrossel: meu brinquedo favorito na Aldalbertolândia

Carrossel: meu brinquedo favorito na Aldalbertolândia

mas só para quem tem menos de 8 carnavais

mas só para quem tem menos de 8 carnavais

Logo ao lado do carrossel tem um um balanço. Quase que eu não posso ir neste. Vovô Adalberto falou que é só para criançada até dois anos. Meu pai me empurrava bem forte e eu erguia os braços. Dava um frio na barriga que nem quando eu chupo bastante picolé.

Esperando pela adrenalina

Esperando pela adrenalina

mas só para quem ainda usa fraldas

mas só para quem ainda usa fraldas

Meu pai já estava meio triste pois ele não podia brincar em nenhum brinquedo. Ele cresceu por fora, mas lá dentro ele ainda é uma criança e imaginem uma criança em um parque sem poder se divertir. Até que eu achei um balanço para crianças até 100 anos. E lá fomos nós dois balançar para cima e para baixo. Minha mãe que também é uma criança fez beicinho e a gente chamou ela para balançar também. Foi uma festa e tanto.

Para todos os tamanhos de crianças

Para todos os tamanhos de crianças

Criança grande balançando

Criança grande balançando

Feliz de verdade ela ficou quando viu uma “quadra” de amarelinha. Os olhos brilhavam tanto que foi logo pular e as lembranças das brincadeiras da infância no interior voltaram. Pular elástico, papai da rua, esconde esconde, betis, carrinho de rolemã, guerrinha de mamona, queimada, soltar pipa, jogar peão, passa anel, telefone sem fio. Um monte de brincadeira legal que ela jurou me ensinar todas.

Só crianças grande que nem minha mãe sabem o que é isso

Só crianças grande que nem minha mãe sabem o que é isso

As crianças que sempre são mais espertas que os adultos já perceberam porque o parque do vô Adalberto é melhor que do Sr. Walter. Para os adultos que são mais devagar, eu explico. Na Disneylândia tem bicho? Tem só de mentirinha. Na Adalbertolândia tem dos dois. Tem um cachorrão enorme de mentirinha que não morde ninguém mesmo se você sentar em cima dele e tem também uma galinha pintadinha de verdade, só que esta não é a azul do desenho, é preta e a mais educada do mundo. Ela fica sentada no colo do vô Adalberto para receber carinho na cabeça.

Cachorrão de mentirinha

Cachorrão de mentirinha

e galinha pintadinha de verdade, não a do desenho

e galinha pintadinha de verdade, não a do desenho

Tem cupim de verdade. E não é cupim de churrasco não. É um bichinho que come madeira e não é pica pau. Acho que eles saíram todos do guarda roupa da minha tia direto para a Adalbertolândia. Tem tucano de mentirinha que brinca de esconde esconde. Ele fica escondido no alto de uma das árvores e nós procurando o danadinho.

Cupim de verdade que não é do churrasco do meu pai

Cupim de verdade que não é do churrasco do meu pai

e tucano de mentirinha que brinca de esconde esconde

e tucano de mentirinha que brinca de esconde esconde

Na Disneylândia tem trilhas? Tem nada. A Adalbertolândia tem 10 trilhas (o vô chama de caminho da floresta) diferentes com mato de verdade. Mato que cheira a mato, que suja a roupa e o tênis, que tem maria fedida e tudo que mato tem. Meu pai quando descobriu pirou. Quis experimentar as 10 tudo na mesma hora e carregou a família inteira junto com ele. As trilhas são curtas e um bebê valente como eu, encara sem problemas, mas na décima já estava cansada e ele lá todo animadão.

10 trilhas dferentes

10 trilhas dferentes

Olha eu aí no trekking com minha mãe

Olha eu aí no trekking com minha mãe

Para completar no parque do vô Adalberto tem gangorra para pequenos até 5 anos e também um balanço para duas crianças que também ainda não completaram 5 carnavais.

Gangorra proibida para quem já sabe ler e escrever

Gangorra proibida para quem já sabe ler e escrever

Um cata vento lá no alto dá um ar de sítio no centro de São Paulo ao lugar. Quase esqueci de falar que tem uma lixeira falante por lá. E que é sempre Natal nesta verdadeira Terra do Nunca. Quer mais magia do que isso?

Sítio do pica pau amarelo?

Sítio do pica pau amarelo?

Lixeira falante, isso é que é magia

Lixeira falante, isso é que é magia

Tudo bem e você Dona Lixeira?

Tudo bem e você Dona Lixeira?

A árvore não me deixa mentir. É Natal todo dia na Adalbertolândia e o vô Adalberto é nosso Papai Noel

A árvore não me deixa mentir. É Natal todo dia na Adalbertolândia e o vô Adalberto é nosso Papai Noel

De Disneylândia mesmo só vi foi este cartaz do Shrek.

Shrek no cartaz ai atrás, a única lembrança do Walter Disney

Shrek no cartaz ai atrás, a única lembrança do Walter Disney

Minha mãe só descobriu este lugar porque é uma desbravadora. Uma Indiana Jones da internet. Ela abria as páginas da internet e ia direto pro índice do livro, que na internet tem nome de google. No índíce falava para ir para página tal. Ela abria na página indicada, mas ninguém dizia onde ficava a tal Adalbertolândia. O lugar tem mesmo uma aura de mistério. Como queremos que todos vivam os mesmos momentos de felicidade que tivemos, deixamos o endereço de verdade, não é virtual. Adalbertolândia: esquina das ruas Professor Paulino Longo com Plínio de Morais no bairro de Perdizes, próximo a Rua Afonso Bovero.

O parque abre aos sábados, domingos e feriados das oito da manhã as seis da tarde. E segundo meu pai também é bem melhor que a Disneylândia porque é de graça. Não precisa pagar nada para brincar.

Veja Também:

Como carregar seu filho em uma viagem?

Natal Radical – Guia do Aventureiro Mirim em Brotas – Página 1

Natal Radical – Guia do Aventureiro Mirim em Brotas – Página 2

O melhor presente do meu primeiro aniversário – Aruba – Parte I

O melhor presente do meu primeiro aniversário – Aruba – Parte II

O melhor presente do meu primeiro aniversário – Aruba – Acabou


Responses

  1. Reblogged this on O LADO ESCURO DA LUA.

  2. Bem interessante, mas onde fica, mesmo?

    • Fica aqui pato:

      Adalbertolândia: esquina das ruas Professor Paulino Longo com Plínio de Morais no bairro de Perdizes, próximo a Rua Afonso Bovero.
      abs

      Eder

  3. Ops, desculpe a nossa falha, está no final. Sugiro destacar para facilitar a leitura.

  4. Muito bom!! Tanto a descoberta, quanto o lugar e a iniciativa da Adalbertolandia.

    • Fala presidente

      muito legal este lugar principalmente para quem tem crianças como nós.

      vamos marcar um dia para irmos juntos.

      abs

      Eder

  5. […] A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo […]

  6. […] A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo […]

  7. […] A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo […]

  8. […] A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo […]

  9. […]          A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo […]

  10. […] A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo […]

  11. […] A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo […]

  12. […] A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo […]

  13. […] A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo […]

  14. […] A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo […]

  15. […] A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo […]

  16. […] A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo […]

  17. […] A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo […]

  18. […] 5)      Adalbertolândia […]

  19. […] A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo […]

  20. […] A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo […]

  21. […] A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo […]

  22. […] A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo […]

  23. […] A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo […]

  24. […] A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo […]

  25. Olá, adorei conhecer o blog de vocês. Fiquei muito emocionada com esse post, pois cresci brincando nesse parque mágico. Já adulta e mãe, voltei lá algumas vezes com a minha Olívia e ela adorou (e eu mais ainda). Que esse parque pra sempre viva!

    • Ola Renata

      infelizmente mudamos para São Paulo já adultos e não brincamos neste parque, mas nossos filhos adoram. Tomara que o Sr. Adalberto o mantenha por muito tempo.

      grande beijo

      Eder

  26. […] A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: