Publicado por: Carol & Paulo Mendes | 03/06/2013

Nossa viagem ao Japão – Uma Experiência Inesquecível

Um dos belos templos de Quioto

Um dos belos templos de Quioto

Hoje começamos a contar um pouco da nossa viagem ao Japão, um país sensacional mas ainda pouco explorado pelos brasileiros. Antes que me perguntem, já respondo de antemão – Não, nós não fomos na excursão vai Curinthia!!!! Na realidade aproveitamos as nossas férias para rodar por 15 dias nesse país.

Uma das coisas que afasta os brasileiros do Japão é a distância, pois 25 horas dentro de um avião não é para os fracos. Fomos pelos Estados Unidos, Washington DC, e na ida ficamos 6 horas no aeroporto antes de pegar o voo até Tóquio. Resumindo, saímos de casa para o aeroporto às 5h da tarde de sexta-feira e chegamos ao nosso hotel em Tóquio no domingo às 8h da noite. As 39 horas de viagem mais as 12 horas de fuso não ajudam muito nos primeiros dias.

Outro motivo pelo qual as pessoas não vão para o Japão é porque elas pensam que é um país muito caro, o que não é verdade. Ficamos sempre em hotéis 3 ou 4 estrelas, e gastamos em média US$ 100,00 por casal, ou seja, muito menos que em São Paulo, Rio ou Brasília. Outra coisa que não nos assustou foram os preços dos restaurantes, normalmente gastávamos entre R$ 25 e R$ 50 por pessoa, mesmo com uma cerveja ou caneca de chopp chegando a custar até R$15,00.

O país é de primeiríssimo mundo, com um povo muito educado e prestativo sempre querendo ajudar, mesmo não falando uma palavra de inglês. A infraestrutura é impecável: trens ligam todo o país e as linhas de metrô em Tóquio fazem as de Paris ou NY parecerem coisas de criança. Apesar de poucos japoneses se comunicarem bem em inglês, não encontramos dificuldades para nos locomover ou mesmo comer no país, já que a maioria das sinalizações, folders e menus estão nos dois idiomas.

Aviso de não fumar em inglês e japonês

Aviso de não fumar em inglês e japonês

Se você é um amante da culinária japonesa não pense que encontrará por lá o mesmo que comemos por aqui, esqueça o cream cheese, o tabasco ou mesmo os temakis. Os restaurantes que tem um cardápio mais diversificado, como no Brasil, são os mais populares, o mais comum é encontrar restaurantes especializados. Quem poderia imaginar que lá existem locais que somente vendem tempura, guioza ou noodle. No entanto, se você não é fã de comida japonesa, ou nem mesmo come peixes e frutos do mar, nas grandes cidades é fácil encontrar restaurantes com comida ocidental. Se mesmo assim você não encontrar nada que goste, sempre há a opção das lojas de conveniência. Somente tenha cuidado com os horários do jantar, já que muitos restaurantes não permitem entrada a partir das 21h.

Comida japonesa parecida com a que comemos no Brasil

Comida japonesa parecida com a que comemos no Brasil

Escolhemos visitar o país nessa época do ano devido à floração das cerejeiras. Normalmente o auge da floração acontece entre o final de março e começo de abril e dura cerca de uma semana. Os japoneses adoram esse período e é muito comum vê-los aproveitando as temperaturas mais altas e a bela paisagem para fazer picnics nos parques. Nessa estação também acontecem muitos casamentos já que a Sakura (cerejeira em flor) é símbolo da renovação e proporciona fotos belíssimas. Para programar sua viagem nessa época do ano, consulte as previsões do pico da floração. De qualquer forma é importante saber que essas previsões não são precisas, pois como qualquer evento na natureza depende das condições climáticas.

Cerejeiras em flor num parque em Tóquio

Cerejeiras em flor num parque em Tóquio

Uma das coisas mais interessantes de se observar é como a modernidade e a tradição convivem harmoniosamente. Num país onde se anda de trem bala, as pessoas assistem vídeos no metrô em seus celulares e há bairros com dezenas de arranha-céus, é comum encontrar mulheres desfilando seus quimonos pelas ruas, pessoas cultuando seus deuses nos templos e mantendo seus rituais milenares como a cerimônia do chá. Tivemos a oportunidade de passar uma noite em um Ryokan (hospedaria típica japonesa) e apreciar esses contrastes. Ao mesmo tempo em que dormimos no tatame vestindo a yukata (quimono de algodão), no banheiro havia uma privada altamente tecnológica que o assento esquentava.

Dormindo no tatame

Dormindo no tatame

Duas mulheres de quimono passeando na rua

Duas mulheres de quimono passeando na rua

Para quem nunca tinha estado na Ásia, essa foi uma oportunidade de entrar em contato com a cultura oriental tão diferente da nossa. Aproveitamos cada segundo para explorar essa cultura milenar, com tanta história e ensinamento. Nossa experiência nesse país tão civilizado foi inesquecível e portanto recomendamos a todos essa viagem incrível.

Veja Também:

O Pato encantador de elefantes – Chiang Mai – Tailândia

Guia Completo de Viagem: Chiang Mai – Tailândia

Cooking Class – Culinária Tailandesa

Roteiro de 3 semanas na Tailândia – Parte I – Bangkok

Roteiro de 3 semanas na Tailândia – Parte II – Costa Adaman


Responses

  1. Bela viagem, parabens! Vai rolar um encontro sobre o Japão?

  2. Japão está na nossa mira. Acompanharei os posts com meu marido!

    Abs

    • Andreza,

      Vá conhecer o Japão e não se arrependerá.
      Vale muito a pena.
      Abraços e continue lendo nossos novos posts do Japão.
      Paulo

  3. Legal! Quero muito ir ao Japão um dia.

    • Thaís,

      O Japão é uma viagem muito interessante.
      Altamente recomendada por nós.
      Abraços e continue lendo nossos novos posts do Japão.

      Paulo

  4. […] Nossa viagem ao Japão – Uma Experiência Inesquecível […]

  5. Adorei o relato!!! Que viagem incrível!🙂

  6. […] Nossa viagem ao Japão – Uma Experiência Inesquecível  […]

  7. […] Nossa viagem ao Japão – Uma Experiência Inesquecível […]

  8. Olá! Estou planejando uma viagem de volta ao mundo com inicio em fevereiro de 2014, e o Japâo será o último país que visitarei. Como o visto japones tem vallidade de apenas 90 dias,e nos 90 dias anteriores estarei viajando, qual seria a melhor sugestão? Nao sei como proceder, devo tirar o Japao do meu roteiro? Como voces fizeram?
    Abraço
    Thais

    • Thais,

      O Japão é uma país sensacional e vale muito a pena visita-lo. Fomos ao Japão de férias e foi super fácil pedir o visto que saiu rapidamente, mas fizemos tudo aqui no Brasil. Quando estiver chegando a data para sua visita ao Japão faça a solicitação em outro país que tiver visitando e acredito que você não terá problemas.

      Abraço,

      Paulo

  9. Adorei o post! Moro no JAPAO, em uma cidade pequena, e estava querendo conhecer Toquio e Kyoto melhor! Qual hotel vcs me indicam?
    Obrigada!

    • Ola Tamires
      ficamos no Hotel Sunroute Higashi Shinjuku em Tóquio e Kyoto Kokusai Hotel em Kyoto. Buscamos pelo booking.com, mas também indicamos o Agoda.com

      valeu

      Eder

  10. Eder,
    Estamos indo dia 10/12 agora para o japão, você comprou onde o teu rail pass?
    Vamos ficar 17 no pais niponico, minha sogra mora em Nagoia, o que vai facilitar e muito nossa viagem.
    So estou com dificuldades na compra do rail pass.
    Att.
    Emerson Brum

  11. Muito legal este poste eu sou de Maceió e ainda não conheci o japão atualmente estou conhecendo o estado de Roraima Muito legal e até coloquei em meu site visite lá e veja como é interessante este canto do brasil pelo site http://www.turismobrasiljailtoncosta.com.br
    Até meus amigo

  12. Olá! Estou organizando minha viagem ao Japão que será em março/16. Estou anotando todas as dicas e muito me interessei pela ideia de ficar em um Ryokan. Vcs podem me passar o nome daquele em que se hospedaram? Vcs indicam? Obrigada!! Carol

    • Carol,

      Nós ficamos no Ryokan Kanja que você pode ver maiores detalhes nesse link http://www.japaneseguesthouses.com/ryokan-single/?ryokan=Kanja . Foi uma das melhores experiências da viagem e recomendo fortemente a todos que vão ao Japão.Nesse site http://www.japaneseguesthouses.com/ você pode encontrar Ryokans em todo o país, mas tome cuidado pois nem todos são exatamente como o que fomos, sendo que existem alguns mais luxuosos e outro mais modernos o que na minha opinião perderia um pouco do objetivo de estar em um Ryokan.
      Boa viagem e depois me conte sua experiência,

      Abs,

      Paulo


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: