Publicado por: Eder & Fabi Rezende | 21/08/2013

Český Krumlov: Um passeio pitoresco a 180 km de Praga

Nosso blog está se tornando especialista em guest posts sobre a República Tcheca. Depois de dois posts da Roberta Clarissa, agora é a vez da Isabela Abussamra nos presentear com mais uma joia de cidade tcheca.

Český Krumlov é uma cidadezinha de 15000 habitantes  no sul na República Tcheca, e a 180 km de Praga. A cidade não foi atingida por guerras mantendo suas construções praticamente intactas desde os tempos medievais, o que a inclui na lista da UNESCO como Patrimônio da Humanidade. O rio Vltava circunda a cidade de forma bem inusitada, e no verão fica tomado por pessoas fazendo passeios de rafting, canoagem e bóia-cross. Fomos em Maio, época quando normalmente a temperatura já começa a se elevar. Mas excepcionalmente neste ano não tivemos dias com temperaturas maiores que 15°C. Embora pequena, tem boa infra-estrutura turística e muita coisa para conhecer. Museus de cera, fantoches, marionetes (a cidade tem um apelo de conto de fadas) mas a atração principal é o Český Krumlov Castle and Chateau que fica no topo da cidade e oferece uma vista bem bacana da região. Pesquisando sobre o local, a palavra que eu mais encontrava para descrevê-la era “PITORESCA”. E isso me despertou muita curiosidade.

Český Krumlov e o Rio Vlatva com o Castelo ao Fundo

Český Krumlov e o Rio Vlatva com o Castelo ao Fundo

O que fizemos:

PASSEIOS

1 –Castelo:

É uma boa caminhada a pé mas os jardins e a vista lá de cima valem a pena. Tem alguns tours para conhecer os apartamentos do castelo, mas preferimos explorar um pouco mais as peculiaridades do lado de fora. Vale a pena.

Alguma semelhança?

Alguma semelhança?

Cidade vista do topo to castelo

Cidade vista do topo to castelo

Vista privilegiada

Vista privilegiada

2- Tour noturno:

No centro da cidade (praça principal, não tem como não achar) tem um Tourist Info bem estruturado. Lá mesmo compramos um bilhete para um passeio noturno. A  ideia era vivenciar as noites medievais tchecas e apreciar o “skyline” da cidade. (parênteses: na República Tcheca nada é o que parece ser. Há sempre um marketing excessivo para divulgar seja lá o que for. Quem for, fique atento). Como estava chovendo e muito frio, nós éramos os únicos turistas que apareceram no ponto de encontro. Meio mico por conta do frio, mas o mais bacana foi conversar com a simpática guia local que nos contou bastante sobre a história da cidade e do país, e um pouco da cultura tcheca, além de sugerir passeios e lugares “menos óbvios” e menos explorados por turistas.

Passeio noturno pelas vielas da cidade

Passeio noturno pelas vielas da cidade

3 – Museu Fotoatelier Seidel: foi um desses lugares sugeridos pela guia. Hoje um museu, mas foi um ateliê de fotografia do início do século 20. É bacana pois mostra os laboratórios, equipamentos, técnicas e trabalhos feitos na época. Como lá era também a casa do fotógrafo Franz Seidel, você conhece como era a casa das famílias locais.

4- Cervejaria Eggenberg – Parecia bastante atrativo (mais uma), adoramos cerveja e estávamos no interior da Republica Tcheca. Foi um pouco decepcionante pois as instalações estavam bem mal cuidadas, e a cervejaria opera somente algumas vezes por semana. A degustação pós tour também não foi lá essas coisas.

As matérias primas para produção de cerveja

As matérias primas para produção de cerveja

Cervejaria de instalações mal assombradas

Cervejaria de instalações mal assombradas

e uma guia bem pitoresca

e uma guia bem pitoresca

HOSPEDAGEM:

Pensões, de todos os tipos e preços. Nossa reserva foi feita pelo Booking – Pension Rozmarýna. Por 48 Euros, hospedagem excelente e o café da manhã mais completo – ovo frito com três gemas, suco, café, leite, cereais  e uma panquequinha de chocolate com chantilly para finalizar. Tudo feito pelo pitoresco proprietário da pensão, que além de hospedagem, também vendia flores no local. Este sim é empreendedor. E mal fala inglês (ele só falava “breakfast”, “door”, “key”, “pay”).

Nossa pensão e a vendinha de flores

Nossa pensão e a vendinha de flores

COMPRAS

Souvenirs, é isso que pega. Tem  muitas lojas, mas nada de excepcional. Mas o curioso é que a maioria delas é administrada por chineses…E falando em oriente, a maioria dos turistas são japoneses. Pitoresco né?

Tursitas japoneses e castelo ao fundo

Tursitas japoneses e castelo ao fundo

RESTAURANTES

Estivemos em dois:

Papa’s : serve pratos mais internacionais e a bela cerveja tcheca Straropramen. Além disso, se você estiver com seu cachorro, não hesite em convidá-lo a participar da refeição com você.

Cerveja Staropramen e o dog tcheco

Cerveja Staropramen e o dog tcheco

The Two Marys: bem típico, reproduz uma taverna. Vinho servido em caneca de porcelana. Pedimos o especial da casa – Old Bohemian feast: frango, carne defumada, milho, bolo de batata, outros bolinhos,mais batata, salada.

O interior do Two Marys e a refeição estilo medieval (schreck) com vinho na caneca

O interior do Two Marys e a refeição estilo medieval (schreck) com vinho na caneca

COMO CHEGAR

Contratamos um Shuttle da empresa CK Shuttle para os trechos: Viena – Český Krumlov e Český Krumlov – Praga. Existem outras opções com ônibus e trem, mas como nosso tempo era curto, optamos por este transporte (aproximadamente 3 horas por trecho). Pagamos uma média de 30 Euros por pessoa por trecho.

EM RESUMO

Pra quem gosta de explorar locais pouco óbvios, Český Krumlov é uma boa pedida. Recomendo um dia e uma noite para explorar a cidade.

Curti! Sem dúvida, bem pitoresco.

Veja Também:

Um festival de cerveja, o melhor período para ir até a  República Tcheca

Praga: Você vai provar uma das melhores cervejas do mundo

Mais 10 cervejas marcantes da nossa Viagem de Volta ao Mundo

A Volta ao Mundo em 10 Cervejas

A Enigmática Budapeste

Nossa Viagem de Volta ao Mundo não Acabou – Festivais Europeus: Oktoberfest, La Tomatina e Fêtes de Bayonne


Responses

  1. […] Český Krumlov: Um passeio pitoresco a 180 km de Praga […]

  2. […] Český Krumlov: Um passeio pitoresco a 180 km de Praga […]

  3. A reportagem só não é mais bela que o lugar. A comparação com o Lego perdeu apenas para a panqueca no café da manhã.

  4. Adorei, uma das cidades que mais gosto daqui:) Imperdível!

    • Olá Roberta
      foi uma amiga nossa que esteve por ai e nos contemplou com este post. Bem interessante, fiquei com vontade de conhecer.

      bjs

      Eder

  5. […] 3) Český Krumlov – República Tcheca […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: