Publicado por: Eder & Fabi Rezende | 27/10/2013

Culinária pelo mundo, um passeio por diferentes culturas – Ásia

Grande parte dos posts sobre este tema se dedica a mostrar pratos bizarros, diferentes ou nojentos ao redor do mundo. Nós também abordaremos este tópico da culinária mundial, mas seremos mais abrangentes e trataremos também da maneira que as pessoas cozinham e dos hábitos de higiene ou falta dela que nos deparamos viajando por mais de 51 países. Trataremos de cada um dos tópicos divididos por continentes. Neste post contaremos nossas experiências na Ásia.

Ásia

A Ásia com absoluta certeza é a maior fonte de histórias em todos os quesitos: pratos bizarros, higiene e modo de cozinhar. Afinal eles são o “Oriente” em contraposição a nós que somos o “Ocidente”. As coisas tem mesmo que ser diferentes. Para começar uma notícia para os mais desavisados que nunca visitaram a região. Logo de manhã eles encaram um prato de comida e na maioria dos países bem apimentada. Eles não tem este hábito tipicamente ocidental de comer pão, frios, suco, frutas, geléia, ou seja, nada de refeição mais leve no café da manhã. Por falar em pão e queijo, esqueçam isso por lá. Ficamos mais de um mês na Tailândia e não vimos nem migalhas de pão e o mais próximo de queijo era tofu. As exceções ficam por conta de Macau e Vietnam que sofreram influência da colonização portuguesa e francesa respectivamente.

Loja especializada em Pastel de Belém escrito em cantônes? Macau meu caro

Loja especializada em Pastel de Belém escrito em cantônes? Macau meu caro

Muitas vezes o café da manhã é o que sobrou do jantar e passou toda noite sem refrigeração. Aliás esta é uma das razões para que a comida seja tão apimentada. A falta de refrigeração que ainda existe em muitos lugares faz com que a pimenta funcione como um antisséptico matando bactérias e outros microorganismos que podem proliferar nos alimentos. O grande problema é que na maioria das vezes também mata o gringo que vai visitar o país. E não adianta pedir “no spicy” porque sua comida vai ser preparada na mesma wok (panela) que a do tailândes que esta na sua frente na fila. Como a wok não é lavada entre a preparação dos pratos você terá que se acostumar com a picância dos pratos da região. Mas nem tudo são trevas. O hábito de comer na rua e não em restaurantes faz com que as barracas dos mais variados tipos de comida se multipliquem por toda cidade, assim basta caminhar alguns metros para encontrar um restaurante ambulante para matar sua fome.

Ainda sobre o tópico higiene, em Kuala Lumpur nos deparamos com centenas de restaurantes indianos. A comida é bem condimentada e a higiene não é o forte deles. Todo prato indiano é acompanhado do naan, o tradicional pão da Índia. O duro é ver o modo de preparo. O rapaz pegou a massa e começou a manuseá-la com as mãos. Até ai nenhum problema, exceto que a unha dele além de tão grande quanto a do Zé do Caixão, parecia uma retroescavadeira: cheia de terra e sujeira. O local usado para abrir a massa era uma almofada que devia ter pertencido ao avó do sujeito de tão velha e suja. Mas inusitado mesmo era forno. Era um vaso de mais ou menos um metro e meio de altura com carvão queimando no fundo. O rapaz jogou a massa direto da almofada para a parede quente do vaso.

Naan colado a parede do forno

Naan colado a parede do forno

De tempo em tempo ele dava uma olhada na massa que a medida que ia assando se soltava da parede. Instantes antes da massa se desprender completamente ele meteu de novo a almofada sujinha para retirar o pão que em instantes iria parar em nossos estômagos. Por sorte o pão tem que ser assado. Outro flagrante de falta de higiene foi documentado na foto abaixo. Na saída do nosso hotel em Hanoi visualizamos esta motocicleta defumando os frangos recém cozidos com monóxido de carbono.

Frangos defumados ao monóxido de carbono com uma pitada de chumbo de gasolina

Frangos defumados ao monóxido de carbono com uma pitada de chumbo de gasolina

Outra curiosidade da região são os Happy Menus. A região do norte do Laos e da Tailândia e sul de Mianmar é uma área conhecida como Triângulo do Ópio. Juntando a grande oferta de drogas e o grande número de jovens mochileiros que passam pelo sudeste asiático surgiu o Happy Menu. Pratos com temperos que irão te deixar pra lá de alegre.

Escolha do freguês entre: maconha, cogumelos ou ópio

Escolha do freguês entre: maconha, cogumelos ou ópio

Mais bizarrices incluem cerveja on the rocks no Camboja. O calor é tanto que quanto mais gelada, melhor. E no sudeste asiático tivemos um revival de nossas infâncias. Quem é de São Paulo ou outras capitais vai achar muito bizarro, mas quem foi criança da década de oitenta no interior paulista com certeza já tomou refrigerante no saquinho. Nesta época ainda predominavam as embalagens de vidro retornáveis, então o líquido era colocado num saquinho plástico com canudo como esta da foto abaixo para liberar o casco (embalagem de vidro). Bateu uma nostalgia forte agora. É o que ingleses chamam de “take away”.

Tá calor? Coloca um gelinho

Tá calor? Coloca um gelinho

Matei as saudades da infância

Matei as saudades da infância

Comidas exóticas, um tanto nojentas e bizarras também não faltam. Dos tradicionais insetos (gafanhotos, baratas, bigatos e tudo mais) vendidos na Khaosan Road, passando pela Fanta Sarsi do Camboja. Se você achava Fanta Morango exótica, é porque ainda não conhecia a Sarsi. Só sei que sarsi é uma planta e que o refrigerante tem gosto de pasta de dente. O supra sumo do exótico.

Escorpião ou barata?

Escorpião ou barata?

Coca Cola Company tem o prazer de apresentar: Fanta Sarsi. Que diabos é isso?

Coca Cola Company tem o prazer de apresentar: Fanta Sarsi. Que diabos é isso?

O Vietnam é o país da culinária bizarra. Sopa de cobras é algo trivial, tipo arroz com feijão aqui para gente. Agora se você quer algo mais requintado, o negócio é cérebro de macaco vivo como no filme de Indiana Jones. Atualmente segundo nosso guia turístico esta delícia está proibida no país e deve ser por isso mesmo que a procura no mercado clandestino é cada vez maior.

Ingredientes frescos para sua sopa no jantar

Ingredientes frescos para sua sopa no jantar

 O durian é outro top em qualquer lista de comidas bizarras. É uma fruta muito parecida com nossa jaca, mas com um cheiro de espantar o mais fedido dos gambás. Em muitos lugares é proibida a entrada de pessoas portando a fruta tamanho o odor desagradável.

Proibido fumar, comer e beber, portar líquidos inflamáveis e portar DURIAN

Proibido fumar, comer e beber, portar líquidos inflamáveis e portar DURIAN

Para terminar ainda vimos em Hong Kong o pato laqueado chinês cujo cheiro dá nauseas e um prato que apesar de não termos visto de perto pode ser considerado o mais nojento do mundo: o ballot das Filipinas. Ballot é um ovo cozido e fecundado. Na verdade ao abrir a casca você vai comer um feto de pato cozido, as fotos são de revirar o estômago. Quem já comeu garante que dá para sentir as asas do feto de pato na boca.

O pato fica pendurado por no mínimo 12 horas

O pato fica pendurado por no mínimo 12 horas

Ballot: Vai encarar?

Ballot: Vai encarar?

Veja Também:

Culinária pelo mundo, um passeio por diferentes culturas – África

O Número 2 ao redor do mundo

Lavar pratos, um passeio por diferentes culturas

5 Gringuices que todo gringo faz quando viaja para outro país – Parte I

5 Gringuices que todo gringo faz quando viaja para outro país – Parte II

O Padrão Mc Donald´s

Viaje, saia da ignorância


Responses

  1. Nossa, e eu achava que já tinha visto muitas bizarrices gastronômicas nas minhas viagens, rsrsrs. Já tinha visto alguns deles, mas o pior de todos, sem dúvida, é o ballot. Tadinho.

    • Olá Thaís
      este ballot realmente é o supra sumo da bizarrice. Eu não encaro não.

      bjs

      Eder

  2. Deu muita fome!

    • Olá Mariel
      alguns pratos são apetitosos, mas tem outros que nem com muita fome dá para encarar.

      bjs

      Eder

  3. Meu Deus, como vcs sobreviveram tanto tempo?
    Meu maridoficou um mês em Singapura e voltou magro, pois mesmo o buffet internacional era hot hot hoooot.
    Hehehe

    • Oi Andreza
      como dizemos a todos os amigos: o ser humano se acostuma com tudo na vida. Hoje não é qualquer pimentinha que nos faz chorar e até gostamos duma comida HOT HOT. Nossos amigos sofrem quando vem comer Thai Food aqui em casa.

      bjs

      Eder

  4. E eu que pensava que comer arroz e peixe aqui no Japão fosse estranho. Ótimo post! Divertido! Bj
    Thais Fioruci

    • Olá Thais

      ai no Japão também tem comida estranha. Já experimentou o fugu? Se não for cortado corretamente pode até te matar envenenada.

      valeu pela mensagem

      Eder

      • Já ouvi falar mas não sou tão corajosa assim. Tem peixe aqui que eu não encaro. E muitas coisas que comemos é melhor nem saber o que é (para não perder a graças kkk).

        Obrigada por responder!
        Thais Fioruci

  5. […] Culinária pelo mundo, um passeio por diferentes culturas – Ásia […]

  6. […] Culinária pelo mundo, um passeio por diferentes culturas – Ásia […]

  7. […] Culinária pelo mundo, um passeio por diferentes culturas – Ásia […]

  8. […] Culinária pelo mundo, um passeio por diferentes culturas – Ásia […]

  9. […] Culinária pelo mundo, um passeio por diferentes culturas – Ásia […]

  10. […] Culinária pelo mundo, um passeio por diferentes culturas – Ásia […]

  11. […] Culinária pelo mundo, um passeio por diferentes culturas – Ásia […]

  12. […] Culinária pelo mundo, um passeio por diferentes culturas – Ásia […]

  13. […] Culinária pelo mundo, um passeio por diferentes culturas – Ásia […]

  14. […] Culinária pelo mundo, um passeio por diferentes culturas – Ásia […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: