Publicado por: patoeconomico | 10/07/2014

10 dicas para aproveitar bem os blogs de viagens. Seja informado, sem ser enganado

A internet mudou a forma de viajar. Destinos que antes eram inacessíveis passaram a estar na frente da nossa tela. Ficou mais fácil obter informações dos lugares que visitamos, que quase chegam a ser familiares e você às vezes quase se sente um local ao chegar num país estranho.

Um dos pontos fundamentais para esta revolução são os blogs de viagem. Muitos deles surgiram pela paixão por viajar, outros com o sonho de trocar uma vida atrás de uma mesa de escritório por uma vida de viajante profissional e alguns mantidos por aficionados por algum prazer especial como comidas, fotografias, carros e assim temos um mundo de informações disponíveis na nossa tela, em segundos e pelo menos aparentemente de graça, embora como você vai ver daqui a pouco que como sempre se diz “não há almoço grátis”.

Já inspiramos outros viajantes a se aventurar pelo antes inacessível Uzbequistão

Já inspiramos outros viajantes a se aventurar pelo antes inacessível Uzbequistão

Mas vamos contar um pouco sobre como funcionam os bastidores das noticias e saber quais são os modos pelos quais são preparadas as informações que consumimos para que você evite cair em uma roubada, mostrando quais são os fatores que fazem as letras aparecerem na sua tela.

Saber escolher bem seu blog de viagens é ter um poderoso aliado para descobrir lugares interessantes e desconhecidos. Mas se um bom blog pode ser uma ajuda decisiva no planejamento da sua viagem, outros podem levar você a gastar muito dinheiro numa viagem com poucos atrativos.

Isto pode acontecer tanto porque o estilo de viagem do blogueiro não bate com o seu, como porque você sem saber ficou apaixonado por um destino que na realidade é um post patrocinado e o blogueiro foi convidado pelo destino para falar bem dele, fazendo que você pague caro por uma viagem sem saber dos seus defeitos, quase como quem se apaixona loucamente num primeiro encontro de um site de namoro a partir de uma linda foto e do texto que descreve a pessoa que você gostaria de encontrar.

Sei disto, porque já conheci blogs onde a política era “não critique, você é convidado”, e todas as reportagens tinham que terminar com “adoramos” e “foi uma experiência gastronômica inesquecível”, mesmo que se tratasse de um honesto canelone, sem maiores méritos.

Isto ocorre porque a internet também se rendeu aos esquemas de divulgação e patrocínio, pois muitos blogs fazem parte do esquema promocional de operadoras, países e hotéis, o que aliás não é nenhum pecado desde que o leitor esteja consciente disto e saiba do convite, mesmo porque quase toda a mídia de viagens usa este tipo de apoio, afinal você acha que é por acaso que as principais revistas de turismo e cadernos de viagens cobrem o mesmo destino e tenham capas parecidas no mesmo mês? Sendo claro, você já reparou como apareceram reportagens sobre a Noruega este mês, em quase todas as mídias?

Não há nenhum pecado nisto, mas você deve saber quando um destino é autêntico e quando ele foi “plantado” lá através das viagens grátis, as fan tours. E claro que um blog tem custos, mas ele podem ser cobertos por outras fontes, como os banners, principalmente os de venda de produtos correlatos, como estadias, seguros saúde ou vendas de passagens. Mas sempre deve ficar claro ao leitor que é uma viagem a convite e é fácil verificar se ela foi mesmo patrocinada, se há liberdade para criticar ou não.

Assim, veja como identificar um blog comprometido com o leitor e não com a indústria de viagens e reconhecer sua imparcialidade, pois selecionar um blog é mais fácil do que você pensa. Embarque nas nossas dicas e boa viagem.

1) Escolha um blog que bata com o seu estilo. Como  você viaja? Sozinho?  Como casal?  Com filhos?  Gay?  Não importa sua opção, o mais importante é que o blog que você escolha bata com seu estilo.

2) Veja quem viaja dentro do SEU orçamento. Na blogosfera há desde excelentes relatos de mochileiros no site mochileiros.com.br, no Saiporai e no Diário de Mochileiro, até viajantes que bancam viagens sofisticadas e interessantes como o blog do Arnaldo ou o blog da Paulette, além de muitas boas opções classe média como o Idas e Vindas e o Dryeverywere e claro o nosso querido Quatro Cantos do Mundo. Se a viagem é com crianças nossas sugestões são: Histórias da Amélie, Diário de Viagem, Felipe o Pequeno Viajante e Viajando com Pimpolhos. Você vai aproveitar muito mais uma dica de quem viaja dentro do seu bolso do que ficar no desejo de fazer algo que está fora da suas possibilidades. E como a maioria dos blogs infelizmente não informa o valor da viagem, assim você deve ir nos sites dos hotéis e atrações mencionadas para ter uma ideia do valor gasto.

Alguns dos blogs que recomendamos

Alguns dos blogs que recomendamos

3) Post patrocinado não é pecado, mas deve estar bem explicado. Tome sua decisão de viajar para um destino porque o blogueiro realmente curtiu, mas não porque ele foi patrocinado para isto. Isto também vale para hotéis e relatos de empresas aéreas. Como saber disto? É muito simples, a maioria dos blogs informa que a viagem foi patrocinada. Mas se isto não é informado e o post nunca menciona algum perrengue ou algo que não gostou, isto é uma grande pista para identificar algo que está lá porque foi patrocinado. Se você tem dúvidas,veja outros blogs e outras fontes de informação sobre o mesmo destino antes de tomar a sua decisão de viagem. E desconfie de blogs onde sempre o blogueiro vai a convite para algum lugar maravilhoso. Prefira aqueles feitos pelo simples prazer de compartilhar as descobertas de viagens.

4) Verifique o que o blogueiro diz sobre um destino conhecido. Um dos melhores meios de avaliar um blog é procurar um relato sobre algum lugar que você conheça e ver se as experiências relatadas pelo blogueiro batem com suas percepções e seu gostos de viagem.

5) Já tem viagem programada? Existem vários blogs escritos por brasileiros que vivem no exterior e que dão dicas preciosas sobre a cultura local e o toques excepcionas de programas baratos, restaurantes não turísticos e eventos locais  como o Ducs AmsterdamHotel California (São Francisco e Califórnia), Conexão ParisBuenos Aires Queridos (Buenos Aires), Uma Malla pelo Mundo   (Havaí) .

6) Interaja com o blogueiro e pergunte algo sobre um ponto que você gostaria de saber um pouco mais.  A educação e o nível de detalhamento na resposta em geral dizem muito sobre quem escreve o blog.

7) Verifique os comentários na caixa, eles refletem as opiniões de outras pessoas além dos blogueiros. E ajude a fazer blogosfera. Dê as suas dicas sobre o lugares que visitou, compartilhe um post interessante no facebook.

8) Não deixe de ver a lista dos blog rolls, ou seja dos blogueiros recomendados por alguém que você goste. Já conheci muitos blogs interessantes clicando nestas listas.

9) Se você se entusiasmou com um hotel indicado por um site, antes de reservar compare o que o blog fala com sites de referências como o Trip Advisor ou melhor ainda as opiniões dos clientes que realmente estiveram lá em sites como o booking.com ou hoteis.com e  especialmente no caso da Ásia, o Agoda.

Faça o tira teima usando os olhões do Tripadvisor

Faça o tira teima usando os olhões do Tripadvisor

10) Além dos blogs, há fóruns de debates com muitas dicas, como o Mochileiros,  o Contato Radar que tem ótimos relatos sobre fly reports, programas de milhagem, o 4 x 4 para viagens de carro. Para viagens internacionais, o do Lonely Planet  (em inglês).

E você tem alguma dica sobre como escolher seu blog? Tem algum para recomendar?  Gostou das dicas?  Compartilhe no seu Facebook.

Este post foi escrito por nosso colaborador Ernesto, o pato econômico.

Veja Também:

Porque os brasileiros só viajam com os hotéis reservados?

Quanto vou gastar para viajar?  Enfim a resposta certa

20 Dicas para Economizar nas suas viagens

Tour Gratuito nas principais cidades da Europa

Quer pagar quanto? – Empresas de aviação low cost

Economizando em Viagens


Responses

  1. Parabéns pelo Post mais uma vez!!!
    Ah…acabei de voltar da Turquia e Grecia e claro que usamos algumas dicas de vocês…obrigada!
    Quero fazer uma recomendacao de um blog para que possa incluir nas suas duas: Busca te la vida! Uma amiga minha que morou 2 anos em Guadalajara, Espanha e agora vive em Munster, Alemanha. É fotografa adora viajar e escreve muito bem!

  2. Concordo plenamente com o que escreveram! Post patrocinado sem prévio aviso aos leitores é ridículo, pois perde toda a essência de blog. Outra coisa que acho que falta mesmo é divulgarem quanto gastaram em determinada viagem, pois o que é barato pra um, é caro pra outro. Com base nessas diretrizes decidi iniciar nesse mundo de blog e fazer o meu. Um abração e parabéns pelo post.

  3. Ótimo texto, Ernesto! É mesmo super importante escolher bem suas fontes de consulta para um bom planejamento de viagens.

    Lá no Idas e Vindas procuro sempre ter em mente que o planejamento financeiro de uma viagem é um dos aspectos que mais geram dúvidas e inseguranças em quem ainda não conhece um destino. Por isso, tento sempre dar uma noção de custos de hospedagem, passeios e refeições. Infelizmente essas informações se desatualizam rápido, mas acho válido mesmo assim…

  4. Muito bom. Este post serve até como um “código de ética”. Para nós, que estamos começando, é salutar saber qual o caminho certo!

  5. Muito relevante este post, Eder. Há tempos estou para escrever sobre isso porque vejo muita gente equivocada sobre blogs de viagem. E obrigada por mencionar o Diário de Viagem. bjks

  6. Fico contente co toso os que gostaram da matéria.

    Vanessa, vamos adicionar o blog da sua amiga no blog rol

    Rafaela, obrigado

    Carla, já usei várias vezes suas dicas!

    Carlos,fico contente que tenha gostado.

    Adriana, foi um prazer!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: