Publicado por: Eder & Fabi Rezende | 31/08/2014

Manias de Viajantes

Quem sempre viaja acaba por criar uma série de manias que nos acompanham não importa para onde vamos. Já conheci gente que só senta na janela do avião. O cara paga a mais para escolher o assento e ter certeza que vai na janela. Tem um outro que tem paixão por sua mochila da sorte. A coitada já não aguenta mais anos de trabalho forçado. Está toda furada mas continua sendo jogada nas esteiras de aviões e cheia de remendos. Tem um senhor muito louco que conhecemos em nossa Viagem de Volta ao Mundo que só visita ilhas. Estava na África e já tinha ido para Ibo (Moçambique), Máfia e Zanzibar (Tanzânia) e Madagascar. Você ai que se acha normal e que não tem manias, leia este post e depois reflita profundamente que acabará encontrando não uma, mas várias manias de viagem. Conheça as nossas:

1) Não desgrudar do passaporte

Esta discussão é eterna. Há os que como nós não desgrudam do passaporte nem para tomar banho e os que preferem deixá-lo no hotel. Nossos argumentos são simples e diretos. Não terceirize os cuidados do seu documento mais importante a um terceiro (no caso o hotel). Outra bela razão de sempre andar com ele é que este é seu único documento válido no exterior. Carteira de habilitação, RG ou qualquer outro documento fora do Brasil valem tanto quanto uma nota de setenta reais, ou seja, nada.

Passaporte é quase parte do nosso corpo

Passaporte é quase parte do nosso corpo

2) Viajar com pouca bagagem

Imaginem viajar o mundo por um ano e meio com uma mala pesada. Impossível né? Aprendemos isso durante nossa Viagem de Volta ao Mundo e desde então é uma mochila de 60 litros para família inteira. E olha que agora somos quatro e duas crianças que em teoria usam muita roupa. Já escutei muita gente dizendo que trouxe de volta na mala muita roupa que não usou. Mas o cúmulo do exagero foi o sogro de um amigo que levou vinte camisetas para uma viagem de dez dias. Para usar todas teria que voltar para o hotel para mudar de camiseta na hora do almoço. Para quem não entende nosso segredo, posso resumí-lo em uma só palavra universal: laundry. Qualquer albergue, camping ou cidade tem uma máquina de lavar disponível para você. Viajar durante o verão também ajuda a diminuir o volume e peso de sua bagagem.

Mochila da família

Mochila da família

3) Usar transporte público

Temos uma forte crença enraizada em nossa alma de viajante. Você pode visitar um país por longo tempo, mas para nós: “Você só conhece realmente um país depois de usar seu transporte público”. São nos ônibus, metros, trans, bondes que você vai sentir e viver a cultura de um país, ouvir bem de pertinho seu idioma, sentir o cheiro da comida de rua e ver o entra e sai apressado ou às vezes vagoroso de gente. Em Londres perceberá rapidamente que a imigração é uma tendência irreversível escutando polonês ou algum dialeto nigeriano no metro. Em Budapeste perceberá que o socialismo ainda ronda a cidade já que nenhum local paga para usar os trans como na época da antiga cortina de ferro. Em Dar es Salaam terá certeza que a África é mesmo ruidosa e colorida ao entrar em um dala dala.

Dala Dala: ruidoso e colorido

Dala Dala: ruidoso e colorido

4) Viajar off line

Para nós, viajar é mergulhar de cabeça numa experiência única e celulares, lap tops, tablets e qualquer outro equipamento que faça conexão com o mundo real é item proibido em nossa bagagem. É como ir para um retiro espiritual, desligar de sua vida cotidiana. Foco total no país e sua cultura e assim não temos tempo, nem vontade de acessar as redes sociais ou telefonar para alguém. Nada contra, mas para nós é difícil entender como pessoas e blogueiros conseguem curtir um destino postando fotos o tempo todo no Facebook, Twitter e demais. Até já escrevemos um post sobre a maravilhosa sensação de viver off line.

Nada destes ai durante a viagem

Nada destes ai durante a viagem

5) Comprar um imã

Durante nossa viagem de Volta ao Mundo sempre nos deparávamos com os mais belos e exóticos produtos. Apesar de estarmos do lado oposto do consumismo sempre batia aquela vontade de comprar uma lembrancinha de cada país. Mas como carregá-las por tanto tempo nas costas? Foi assim que decidimos que os imãs seriam nossa lembrança de cada país visitado e até hoje mantemos este hábito.

Coleção de imãs

Coleção de imãs

6) Nunca reservar hospedagem

Parece insano para muitos, principalmente para os brasileiros, mas nunca reservamos hospedagem antes de viajar. Isso te dá uma ótima flexibilidade, já que podemos alterar nosso roteiro como quisermos sem perder nenhuma diária de hotel previamente paga. Fizemos isso durante um ano e meio viajando pelo mundo e sempre deu certo. Não vamos para um destino as cegas. Temos um procedimento para que nada falhe e você pode vê-lo neste link.

Nunca nos deparamos com esta placa

Nunca nos deparamos com esta placa

7) Nunca repetir destino

Já fomos a lugares esplêndidos, maravilhosos, grandiosos e que muita gente sonha em visitar, mas com um mundo tão grande para conhecer, repetir destino é no mínimo um desperdício.

Destino repetido nunca

Destino repetido nunca

8) Nunca levar carrinho de bebê

Dez entre dez mães em fóruns de debates de viagens dizem que o carrinho de bebê é indispensável para viajar com seu filho. Nós como somos uma família bem estranha dispensamos seu uso. Nossos filhos, agora são dois, só usam a mochila Deuter que deixa os pais com as mãos livres. Afinal carrinho não faz trilha. Veja aqui todas as facilidades de se usar esta mochila como meio de transporte dos pequenos.

Nosso carrinho é este ai. Afinal carrinho não faz trilha

Nosso carrinho é este ai. Afinal carrinho não faz trilha

9) Tirar 3 fotos iguais

Sempre que chegamos a um lugar incrível queremos tirar a foto. Sabe aquela que poderia ir para capa de qualquer revista e ai vem uma sequência de cliques para que depois, em casa e com calma possamos escolher a melhor. O problema é que nunca paramos para escolher as favoritas. Mania é mania né.

10) Beber água de torneira

A gente não sabia, mas somos imunes as bactérias, vírus e similares que podem estar presentes na água. Começamos bebendo água da torneira na Europa. Até ai moleza, pois todo mundo faz. Passamos pela África e Ásia sem uma única dor de barriga e agora todo lugar que vamos trocamos a água mineral pela torneiral.

Água só esta ai

Água só esta ai

Veja Também:

Mais 9 manias de Viajantes

5 Gringuices que todo gringo faz quando viaja para outro país – Parte I

5 Gringuices que todo gringo faz quando viaja para outro país – Parte II

Você já percebeu a Globalização em suas viagens?

Culinária pelo mundo, um passeio por diferentes culturas – Ásia

Culinária pelo mundo, um passeio por diferentes culturas – África

Lavar pratos, um passeio por diferentes culturas

O Número 2 ao redor do mundo

Viaje, saia da ignorância

O Padrão Mc Donald´s

Turismo sem pré-conceitos


Responses

  1. Parabéns pelo post como sempre!!!! Me encontrei em algumas manias rsrs!!!
    Boas férias, aproveitem muito e compartilhem conosco depois, pois eu tbém ADORO viajar offline rsrs, beijos, Vanessa

    • Ola Vanessa
      cada um com suas manias, hoje quase ninguém viaja off line, mas nós mantemos a tradição. kkkkkk

      bjs
      Eder

  2. Todo mundo tem uma mania. A minha mania é de comprar patchs dos lugares que vou e costura-los na mochila como uma tattuagem, fica para sempre.
    Vou usar a dica do passaporte e cuidar dele como um filho.
    Valeu pelas dicas,
    Abraço
    Mateus

    • Ola Mateus
      nós também temos a mania do patch. Só que ainda não colocamos na mochila. Estamos procurando uma capa de cordura para colocar, mas não encontramos. Você sabe onde podemos comprar?

      abs
      Eder

  3. Não ando com passaporte. Acho mais fácil a chance de ser roubada na rua à ter o passaporte furtado no cofre do hotel! Melhor ter uma xerox autenticada, que pode nao ter validade de fato lá, mas pode ser paliativo em alguma ocasião! E, caso seu passaporte seja roubado, vc tem a xerox para levar ao Consulado e requerer outro!

    • Ola Ana Paula
      é que você como brasileira pensa como tal. A chance de ser roubada no exterior é muito menor que no Brasil. No máximo você pode ser furtada, mas levando o passaporte colado ao corpo esta chance é zero.

      abs

      Eder

  4. Muito legal o post! Eu tenho todas essas manias, menos a de beber água da torneira… já tive muitos problemas intestinais em viagens pra arriscar isso! haha

    • Ola Thais
      é isso ai. Nós somos imunes aos virus e ai aproveitamos para beber água da torneira por onde passamos.

      abs

      Eder

  5. Eder eu nbunca gostei de reservar hospedagem, como voce. Mas, atualmente, já vi em várias ocasiões que o preço cobrado por um mesmo hotel no booking, e na porta é bem diferente, sendo até 50% mais caro se pedido sem reserva. Assim, aconselho, no mínimo a estar conectado, e verificar se o preço do mesmo hotel no booking não é mais barato, isto para não falar no hotwire.

    E Eder, eu infelizmente não tenho o seu estomago de Avestruz para tomar agua torneiral em vários lugares onde ela não é tão bem tratada…. Mas, uma dica é levar cloro para isto.

    • Ola Ernesto
      não reservo para ter maior flexibilidade. Outra dica é reservar em cima da hora (last minute) pode ter várias ofertas.
      Quanto a água existe um filtro chamado lifestraw que elimina 100% de todos microorganismos, é tiro certo.

      abs

      Eder

  6. Nunca comentei aqui. Mas adooooro o blog de vocês! Parabéns!!!
    Estou comentando porque é incrível… me identifiquei muito!!! Até parecem as minhas manias hahaha! Enquanto lia parecia que eu estava escrevendo!

    Só não me identifiquei com a do bebê (pois não tenho filhos) e nem a da água, acho que minha coragem não chega a tanto, mas vou levar em consideração.

    Um beijo. Boas férias!
    Aproveitem a delícia de viajar offline!

    • Ola Jennifer
      que bom que não estamos sozinhos em nossas manias. Quanto a água, comece tomando das torneiras europeias e depois se arrisque mais.

      bjs

      Eder

  7. Adorei o texto!
    Eu já sou adepta de colar no passaporte (por recomendação de vocês), do “viajar leve”, não repetir lugares, tirar várias fotos… mas vou te dizer: não fazer reservas e viajar off line são nível HARD, hein.
    Quem sabe um dia! hahahaha

    Abs

  8. Não acorde a minha sobrinha!

  9. Olá, se puder visite meu blog http://orientandosepelomundo.wordpress.com/

  10. Hahahaha, pois é, me identifiquei com o post, rs, minhas manias são viajar perto da janela, comprar canetas com os nomes dos lugares que visito e camisetas, rs rs rs.

    Amei, parabéns.

    Boa viagem

    Beijos

  11. […] escrevemos um post sobre dez manias que viajantes adquirem depois de muito tempo na estrada. Mas já colecionamos muito mais de dez manias. Neste […]

  12. Olá aonde comprou esse quadro que coloca os imãs??? abs.

  13. […] Manias de Viajantes […]

  14. […] Manias de Viajantes […]

  15. […] Manias de Viajantes […]

  16. […] Manias de Viajantes […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: