Publicado por: patoeconomico | 09/11/2014

Dicas para viajar em tempos de dólar caro

Para todos nós, um grande prazer da vida é viajar. A instabilidade da economia tem afetado e o dólar que estava a R$ 2,20 hoje está a R$ 2,50, sendo que há previsões que apontam para uma alta para até R$ 3,00 em poucos meses. Como continuar a viajar se nossos rendimentos não estão acompanhando esta alta? Com as dicas do Pato Econômico, claro, é possível não abrir mão da sua sonhada viagem. Vamos as dicas:

1) Evite destinos caros. Em tempo de dólar caro, se você converter, não só não vai se divertir, como vai ficar escandalizado e paralisado….em casa. Evite países como a Inglaterra, Suíça e os Escandinavos, ou Cingapura, onde um simples café pode chegar a custar 5 Euros, e uma simples hospedagem de 3 estrelas, mais de 150 Euros, isto sem falar em outras despesas que serão igualmente mordedoras do seu bolso. Assim, por ora, esqueça estes destinos.

Esta vista da Marina Bay em Cingapura melhor deixar para depois

Esta vista da Marina Bay em Cingapura melhor deixar para depois

2) Privilegie países baratos. Ao contrário, em países como Argentina, Bolívia, Peru, Tailândia, Camboja e Vietnã, cheios de atrações para todos os gostos, onde mesmo com a alta do dólar, os preços locais ainda são menores que os do Brasil. Se quiser ir para a Europa, considere países com custo de vida menor, como Portugal, Polônia ou a Croácia.

Conheça as maravilhas de Angkor Wat no Camboja gastando pouco mesmo com dólar alto

Conheça as maravilhas de Angkor Wat no Camboja gastando pouco mesmo com dólar alto

3) Programe suas compras de dólar. Fique atento à cotação diária divulgada na internet. Há dias onde o mercado está um pouco mais baixo e se você for rápido, pode fazer um bom negócio. E se o seu trabalho propicia contato com estrangeiros, troque seus dólares por reais, para evitar a comissão da casa de câmbio. Basta dizer que em um mês o dólar turismo oscilou entre R$ 2,45 e R$ 2,70. Se você comprar no melhor dia, já economizou R$ 500,00 numa compra de 2.000 Dólares.

Fique de olho neste gráfico

Fique de olho neste gráfico

4) Evite usar o cartão de crédito. A Instabilidade da economia pode trazer uma surpresa desagradável na hora de pagar o cartão, se houver uma alta desmensurada do dólar, pois você vai pagar pela cotação do dia do vencimento.

Deixe ele em casa em sua próxima viagem

Deixe ele em casa em sua próxima viagem

5) Pequenas economias, grandes reduções. Mais do que nunca é hora de privilegiar as pequenas economias, como fazer um almoço com um lanche comprado no supermercado ao invés de um restaurante, evitar táxis, o frigobar do hotel e apelar para sites de hospedagem com desconto como o Hotwire e Priceline, e ficar de olho nas promoções das empresas aéreas, por exemplo, pelo KAYAK.

Nada de rodar num destes na próxima viagem

Nada de rodar num destes na próxima viagem

6) Prefira comprar passagens e hotel separadamente ao invés de pacotes. Fique atento: nos “pacotes” para toda a viagem é cobrada a cotação do dólar turismo, cerca de 10 centavos mais caro. Ao passo que se você comprar a passagem e hotel em separado, a passagem é cotada pelo dólar comercial. Vale a pena fazer a cotação em separado antes de decidir. Em um pacote de 4.000 dólares, a diferença é de 400 Reais, nada desprezível.

Fuja dos pacotes

Fuja dos pacotes

7) Aplique num fundo cambial. Se você puder programar a sua viagem e for pagando aos poucos, faça uma aplicação em um fundo vinculado ao dólar ou euro conforme o destino escolhido. Assim você não se preocupa com a variação do câmbio, pois o fundo protege você acompanhando uma eventual alta do dólar. E se o dólar porventura baixar não haverá perdas, pois este é o valor que você já tinha reservado para viajar.

Boa Viagem…. com mais dólares no bolso.

Este post foi escrito pelo nosso amigo e colaborador Ernesto, o pato econômico.

Veja Também:

Economizando em Viagens

20 Dicas para Economizar nas suas viagens

Quer viajar de graça? Pergunte-me como

Empresas de Aviação Low Cost na Europa

Empresas de Aviação Low Cost na Ásia

Empresas de Aviação Low Cost na Oceania

Quer pagar quanto? – Empresas de aviação low cost

Quanto vou gastar para viajar?  Enfim a resposta certa

Tour Gratuito nas principais cidades da Europa


Responses

  1. Nossa! Amei as idéias, realmente nestes tempos de dolar nas alturas temos que descobrir outros belos lugares.
    Parabéns!
    Beijao

    • Ola Juliana

      ficamos felizes que tenha gostado.

      E vamos explorar o sudeste asiático e outros lugares baratos

      bjs
      Eder

  2. Obrigada pelas dicas, confesso que estou com um pouco de medo.
    Viajamos em FEV para Orlando e Miami…

  3. Boas dicas! Bem útil o post.

  4. […] Dicas para viajar em tempos de dólar caro […]

  5. […] Dicas para viajar em tempos de dólar caro […]

  6. […] Dicas para viajar em tempos de dólar caro […]

  7. […] Dicas para viajar em tempos de dólar caro […]

  8. […] Dicas para viajar em tempos de dólar caro […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: