Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 25/01/2015

Lugares Únicos no Mundo – Victoria Falls – Zâmbia

Para nossa sorte os ingleses resolveram se aventurar pela África há dois séculos atrás. Um deles, o Dr. Livingstone andava meio sem rumo nos idos de 1855 pela região onde um dia já foi a Rodésia e hoje é a Zâmbia e o Zimbabue quando de repente viu uma fumaça que troveja (the smoke that thunders). Assustado, mas curioso como todo explorador, se aproximou para ver mais de perto do que se tratava. Ele acabava de descobrir mais um Lugar Único no Mundo. Como fiel súdito da rainha batizou as majestosas cataratas com nome de majestade e o mundo passou a conhecer esta maravilha como Victoria Falls. Para os locais continuam sendo Mosi oa Tunya (a fumaça que troveja). Patrimônio Mundial da Unesco as quedas rivalizam com as não menos famosas Iguaçu e Niagara. São 108 metros de queda de água e neste quesito nem as cataratas brasileiras nem as canadenses são páreo para ela.

A fumaça que troveja forma uma cortina de água

A fumaça que troveja forma uma cortina de água

Dr. Livingstone procurando de onde vem o ruído

Dr. Livingstone procurando de onde vem o ruído

Em volume de água é a menor da três, mas ai é que ela impressiona novamente. O que de longe é uma cortina de gotículas de água que se misturam com as nuvens, de perto é uma ducha a céu aberto. Foi esta característica peculiar que invariavelmente encharca todos os visitantes lhe rendeu o apelido de fumaça que troveja. Mais estreita, Victoria Falls aparenta ter um volume de água muito maior, pois a água sem ter para onde escoar acaba fugindo para o céu e pousa mansamente nas capas de chuva dos turistas. Um lugar que qualquer um gostaria de ir antes e depois de morrer.

Fabi encharcada mas feliz

Fabi encharcada mas feliz

Localização

Victoria Falls está na divisa entre Zâmbia e Zimbabue, aliás as cataratas são a fronteira entre os dois países. Ao norte de Livingstone está a capital da Zâmbia, Lusaka. A leste encontra-se Harare a capital do Zimbabue. A sul fica Botswana e sua capital Gaborone, mais ao sul ainda fica a África do Sul. A oeste você encontrará a sempre linda Namíbia. Victoria Falls está no coração da África e relativamente perto de muitas outras atrações e Parques Nacionais inesquecíveis.

Como chegar a Victoria Falls?

Como o lugar é uma das maiores atrações turísticas da África existem variadas opções para chegar até lá. Veja todas alternativas abaixo.

De Trem

Existe um trem que cruza a Zâmbia de norte (desde Kitwe na fronteira com o Congo) a sul até Victoria Falls, mas as informações sobre o mesmo são muito difíceis de serem localizadas na internet. No site da Zambia Railways não existem informações sobre preços, horários de partida e etc. Caso opte por este tipo de transporte deve mesmo ir até a estação de trem para verificar in loco as opções.

Trajeto do trem na Zâmbia

Trajeto do trem na Zâmbia

De ônibus

Existem vários ônibus que chegam até Victoria Falls, mas leve em conta que as estradas africanas tem péssimo estado de conservação e consequentemente você passará longas horas chacoalhando em seu assento. Abaixo listamos todas as cidades ligadas a Livingstone bem como preços, horários de partida e tempo de percurso para cada rota.

Opções de ônibus para Livingstone

Opções de ônibus para Livingstone

Abaixo os endereços das respectivas rodoviárias.

Lusaka – Intercity Bus Terminus, Dedan Kimathi Road, Kamwala, Lusaka, Zambia

Harare – Pathfinder Travel Center, 115 Nelson Mandela, Corner Fifth Street.

Livingstone – Intercity bus terminus, Mosi-oa-Tunya Road

Cape Town – Intercape Office, Unit 2, Old Marine Drive, Cape Town Station

Swakopmund – Hendrik Witbooi Street, behind Pick and Pay supermarket

Windhoek – opp Intercape Office in Bahnhof street Windhoek Trans Namib Station

Johannesburg – 144 Kerk Street Cnr Nugget Street

De avião

O aeroporto de Livingstone (LIV) é aberto a vôos domésticos que ligam várias cidades da Zâmbia à maravilhosa Victoria Falls e também possui alguns vôos internacionais. Veja abaixo horários de partida, tempo de vôo, preço das passagens, aeroporto de partida e companhia aérea.

Opções de vôos para Livingstone

Opções de vôos para Livingstone

De carro

Alugar um carro para viajar nas estradas africanas não é uma boa ideia. As estradas tem péssimo estado de conservação e em um um acidente ou falha mecânica você pode ficar horas esperando por socorro. O mais recomendado é o aluguel de um carro 4X4 que também vai sair bem caro. Se mesmo assim esta for sua opção. Segue abaixo as locadoras de auto em Lusaka. Entre a capital do país e Livingstone você percorrerá 478 quilômetros em pouco mais de seis horas.

Locadoras locais, Europcar, Avis, Rhino, Rental Car

De excursão

Aqui elas são chamadas de Overland tour. É um caminhão adaptado que mais parece um ônibus e que roda pela África cheio de mzungus (homens brancos) dentro. Existem inúmeras empresas que prestam este tipo de serviço. Neste caso você não precisa se preocupar com nada, o que em terras africanas é uma bela vantagem. Para saber mais sobre os overlands acesse: Papai Noel trocou o trenó por um caminhão.

Empresas recomendadas: Acacia, Nomad, Africa Travel Company

De Livingstone a Victoria Falls

Livingstone fica apenas doze quilômetros das cataratas. É uma rota um tanto longa para percorrer a pé. Um táxi entre ambos custa por volta de dez dólares. O valor pode ser menor se você for um bom negociante ou maior se você pedir para o atendente de seu hotel agendar.

Onde ficar

Quando passamos por Victoria Falls estavámos a bordo de um overland tour e por isso não tivemos escolha, nosso camping foi previamente reservado pela empresa que contratamos para o passeio. Por sorte o camping era muito bom, as margens do rio Zambeze e bem pertinho das cataratas. O Zambezi Water Front atualmente The Victoria Water Front tem piscina, restaurante e uma agência onde você pode comprar os passeios para inúmeras atrações do local. As acomodações vão desde camping com sua própria barraca, pasando por tendas que custam vinte dois dólares por pessoa até o quarto executivo em frente ao rio que sai por centro e trinta e cinco dólares por pessoa. Para maiores informações basta clicar no link acima.

Para se refrescar nos dias quentes

Para se refrescar nos dias quentes

Vista do quarto

Vista do quarto

Existem outros hotéis e campings tão bons quanto este e também próximos as cataratas. Deixamos algumas sugestões aqui: Victoria Falls Rest Camp & Lodges, Maramba River Lodge, Green Tree Lodge

Quando ir

Os melhores meses para visitar as cataratas são entre abril e setembro quando as chuvas praticamente não existem. É também neste período que a temperatura é mais baixa, mas esta é uma dica mais para europeus. O calor de lá é bem mais ameno que o brasileiro, já que é muito mais seco e você não tem aquela sensação de sauna todo o tempo. Nós estivemos lá em janeiro no pico do verão e não sentimos tanto como por exemplo no verão carioca. Para quem quiser ir na temporada seca não se preocupe pois as cataratas nunca secam.

Escolha sua data levando em conta as chuvas e temperaturas

Escolha sua data levando em conta as chuvas e temperaturas

O que comer

Na África subsaariana também conhecida como África negra o prato tradicional é o mesmo em todos os países. Fazendo uma analogia é como se a feijoada fosse tradição no Brasil, Argentina, Chile, Uruguai, Bolívia, Venezuela e outros países da América do Sul. O que varia é apenas o nome conforme o país em que você está. No Quênia, Tanzânia e África do Sul é chamada de ugali. Chima em Moçambique. Sadza no Zimbabue. No Malawi é nsima e na Zâmbia o nome é quase igual, nshima.

Ugali e seu tradicional molho apimentado

Ugali e seu tradicional molho apimentado

Para saboreá-lo basta ir a qualquer restaurante. Saborear não é a palavra mais adequada, já que esta massa composta de farinha de milho, água quente e sal não tem gosto de nada. Talvez por isso eles comumente sempre a servem com molho de tomate apimentado. Basta fazer como os locais. Faça pequenas bolinhas com as mãos (como se estivesse brincando de massinha de criança) e mergulhe as mesmas no molho antes de jogar na boca. Sim, deve ser comida sem o uso de talheres. Vale pela experiência.

Como se locomover

Para quem não está de carro nem de excursão (overland) o ideal é mesmo usar táxi para ir até o local das cataratas. Os preços não são caros e com uma boa negociação você ainda consegue um desconto. Para os demais passeios o transfer entre hotel e a atração já está incluso no preço do passeio.

Taxa de entrada

A taxa a ser paga para entrada no Mosi oa Tunya National Park onde está localizada Victoria Falls é de 10 dólares por pesssoa por dia. O valor deve ser pago em espécie na moeda americana.

Atrações de Victoria Falls

Victoria Falls

As cataratas são realmente o ponto alto do lugar e algo para deixar qualquer um de boca aberta. Não é por menos que entraram para seleto grupo de Lugares Únicos no Mundo do nosso blog. As fotos dizem tudo. Mas se engana quem pensa que esta é a única atração do local. Veja abaixo que tem muita coisa para ver e fazer.

De longe para não molhar a câmera fotográfica

De longe para não molhar a câmera fotográfica

É tanta água que os arco íris se formam a todos instantes

É tanta água que os arco íris se formam a todos instantes

De quebra ainda ganha este por do sol inacreditável

De quebra ainda ganha este por do sol inacreditável

White Water Rafting

Esqueça os raftings em rios brasileiros que mais parecem passeios de bote para melhor idade. Se você gosta de adrenalina, vai prová-la diretamente da fonte. As corredeiras do rio Zambezi são classificadas como nível 5 e 6. O rio é tão violento que em alguns trechos somos obrigados a sair do bote e caminhar pela margem enquanto vemos o bote descer vazio mais parecendo um barquinho de papel em uma máquina de lavar roupas. Incrível a força da natureza. A definição da Fabi foi a melhor: Vi que o bicho estava pegando quando o bote virou e eu engoli quase um rio inteiro de água. Quando consegui tirar a cabeça para fora da água vi o instrutor em cima do bote virado com cara de desesperado. O preço não é nada convidativo, 130 dólares, mas posso afirmar que valeu cada centavo. Infelizmente não temos fotos pois o CD vendido pela empresa contratada custava míseros 60 dólares. Para maiores informações clique em Zambezi.

Isso sim é rafting de verdade

Isso sim é rafting de verdade

Bumgee Jump

São 111 metros de queda livre de uma ponte na divisa entre Zâmbia e Zimbabue. Dependendo de como a corda oscilar você pode dizer: estou na Zâmbia, agora no Zimbabue, na Zâmbia de novo. Passar medo também não sai barato. São 135 dólares americanos por pessoa pela Victoria Falls Bumgee.

A ponte é esta ai

A ponte é esta ai

Vai encarar?

Vai encarar?

Bridge Swing

Se você já resolveu gastar o dinheiro mas a coragem não é tanta. Porque não experimentar o pêndulo na ponte. A altura é consideravelmente menor, são apenas 70 metros de queda livre para depois oscilar tranquilamente de um lado a outro da ponte. Também 135 dólares por pessoa.

Swing, para quem não tem tanta coragem

Swing, para quem não tem tanta coragem

Combo

Agora se você quer economizar e é radical de verdade. Compre o combo que dá direiro a Bumgee Jump, Bridge Swing e tiroleza na ponte por apenas 170 dólares americanos.

Vôo de helicóptero

Diferente de Iguaçú onde você pode pegar um barco e ir até quase em baixo das cataratas, aqui não há acesso pelas águas já que as quedas são muito estreitas. Então a melhor maneira de vê-las é por cima, de helicóptero. Se você achou as outras atrações com preços salgados, prepare-se para pagar no mínimo 172 dólares por 13 minutos de vôo. Os mais longos podem custar até 326 dólares. Saiba mais aqui

Melhor vista das cataratas

Melhor vista das cataratas

Vôo de ultraleve

Se você quer algo não mais barato, mas mais livre e com mais adrenalina que tal um vôo de ultraleve. Os preços são mais menos os mesmos do helicóptero mas com uma intereção para fotos muito maior. Consulte detalhes no site Batoka Sky.

Sem janelas, contato direto com a natureza

Sem janelas, contato direto com a natureza

Encontro com Leões

Já pensou em caminhar lado a lado com leões de até 16 meses de idade. Interagir com eles sem cercas, coleiras por uma hora e meia. Se você tem coragem este é o lugar. O preço é quase tão salgado quanto os demais, 140 dólares. Detalhes em Encontro com leões..

Alguém tem coragem?

Alguém tem coragem?

Devil´s Pool

O passeio só pode ser feito na época de seca quando a correnteza é mais fraca e o voulme de água é menor. Imaginem ficar na beira das cataratas com mais de 100 metros de altura. Adrenalina no máximo e os preços continuam salgados. Algo em torno de 90 dólares americanos.

Mais uma atividade de tirar o fôlego em Victoria Falls

Mais uma atividade de tirar o fôlego em Victoria Falls

Já valeria a pena se aventurar no coração da África para ver a fumaça que troveja, mas as atrações da região vão muito além de mais este Lugar Único no Mundo.

 Veja Também:

Lugares Únicos no Mundo – Serengeti – Tanzânia

Grande Mesquita de Djenné – Mali – Arquitetura Espetacular

Lugares Únicos no Mundo – Hipopótamos Surfistas – Gabão

Lugares Únicos no Mundo – Pamukkale – Turquia

Lugares Únicos no Mundo – Ksares de Tataouine – Tunísia

Lugares Únicos no Mundo – Tucumán, Salta e Jujuy – Norte da Argentina

Lugares Únicos no Mundo – Lago Bled – Eslovênia

Lugares Únicos no Mundo – Fraser Island – Austrália

Lugares Únicos no Mundo – Petra – Jordânia

Lugares Únicos no Mundo – Angkor Wat – Camboja


Responses

  1. Amei. Por que será?! rs

  2. […] Lugares Únicos no Mundo – Victoria Falls – Zâmbia […]

  3. […] Lugares Únicos no Mundo – Victoria Falls – Zâmbia […]

  4. […] Lugares Únicos no Mundo – Victoria Falls – Zâmbia […]

  5. […] Lugares Únicos no Mundo – Victoria Falls – Zâmbia […]

  6. […] Lugares Únicos no Mundo – Victoria Falls – Zâmbia […]

  7. Nooossa, nem preciso dizer que amei o post ne;-)? Está maravilhoso!!! Amei amei amei.

    Abraço
    Ju

  8. […] Lugares Únicos no Mundo – Victoria Falls – Zâmbia […]

  9. […] Lugares Únicos no Mundo – Victoria Falls – Zâmbia […]

  10. […] Lugares Únicos no Mundo – Victoria Falls – Zâmbia […]

  11. […] Lugares Únicos no Mundo – Victoria Falls – Zâmbia […]

  12. […] Lugares Únicos no Mundo – Victoria Falls – Zâmbia […]

  13. […] Lugares Únicos no Mundo – Victoria Falls – Zâmbia […]

  14. […] Lugares Únicos no Mundo – Victoria Falls – Zâmbia […]

  15. […] Lugares Únicos no Mundo – Victoria Falls – Zâmbia […]

  16. […] Lugares Únicos no Mundo – Victoria Falls – Zâmbia […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: