Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 22/03/2015

10 Hábitos estranhos que vimos em Nossa Viagem de Volta ao Mundo

Quem nos conhece sabe que um dos nossos grandes prazeres nas viagens é descobrir como tarefas do cotidiano podem ser feitas das maneiras mais diferentes ao redor do mundo. Não só tarefas, mas nos encanta observar as pessoas e seus hábitos e costumes. Quanto mais distante o lugar, maior a possibilidade de você se defrontar com um costume para lá de estranho. Mas não precisamos ir longe para perceber as diferenças de hábitos. Elas estão em todos os lugares, basta ser atento e observador. Aqui mesmo no Brasil temos dezenas delas. Em minha primeira visita ao Rio Grande do Sul fiquei abismado com a popularidade do sagu. Muita gente nem deve saber o que é. Mas em terras gaúchas esta sobremesa bate de longe qualquer brigadeiro ou chocolate na preferência local. Particularmente acho que tem textura de meleca, mas viva a diferença e vamos ao que encontramos ao redor do mundo.

Eles estão por todo o mundo, basta estar atento para observá-los

Eles estão por todo o mundo, basta estar atento para observá-los

1) Homens de mãos dadas

É incrível como os costumes podem variar de país para país. Uma mesma cena é interpretada de maneira totalmente diferente em distintas culturas. No ocidente homens de mãos dadas caminhando pela rua é na grande maioria das vezes um sinônimo de um casal homossexual. Ao contrário, em países árabes é apenas um sinal de amizade, já que por lá o homossexualismo é proibido e muitas vezes punido com a pena de morte. Confesso que para nós foi um tanto confuso ver cafés árabes lotados de homens de mãos dadas e até uns sentados no colo dos outros.

Hábito comum em países árabes

Hábito comum em países árabes

2) Escarrar é sinal de higiene

Mais uma vez o oriente nos surpreende. Na China escarrar é sinal de higiene. Na concepção chinesa ao escarrar você está se livrando das impurezas do corpo. E eles fazem sem cerimônia. Nas ruas, no elevador, no chão do avião, em casa. Quando estiver por lá tome cuidado para não ser atingido por uma cusparada.

Nem os avisos de proibição são capazes de deter as escarradas no elevador

Nem os avisos de proibição são capazes de deter as escarradas no elevador

3) A siesta espanhola

Durante nossa Viagem de Volta ao Mundo estivemos cerca de 40 dias na Espanha e portanto tivemos tempo de sobra para observar os costumes locais. Podemos dizer com autoridade: a siesta é mais sagrada que o Papa. O cochilo depois do almoço em terras espanholas dura horas e não meros minutos. Este hábito fica ainda mais evidente em cidades menores que eles chamam de pueblos. Uma vez nos demoramos um pouco a mais em um restaurante e tivemos que deixar o dinheiro sobre a mesa, pois todos sumiram para a tradicional siesta.

A siesta é sagrada não importa onde estejam

A siesta é sagrada não importa onde estejam

4) Tirar os sapatos para entrar em casa

Isso é obrigatoriedade nos países asiáticos, mas também muito comum em muitas casas na Europa. Na verdade só é um hábito totalmente estranho ao brasileiro. Talvez seja por isso que na Ásia eles prefiram os chinelos aos sapatos fechados, pois em todo lugar é um tira e põe sapato danado. Eles levam a coisa tão a sério que até em hotéis é comum ver montes de chinelo amontoados nas portas.

Se tira o sapato em todos os lugares. Entrada de um templo budista

Se tira o sapato em todos os lugares. Entrada de um templo budista

5) Cinco orações diárias

Muçulmanos devem rezar cinco vezes ao dia. E as orações tem hora certa para acontecer, não basta apenas rezar a qualquer horário do dia. Os horários são: ao amanhecer, depois do meio dia, entre o meio dia e o pôr do sol, logo após o pôr do sol e uma hora após o pôr do sol. E em todas as orações a pessoa deve estar virada no sentido de Meca a cidade sagrada do Islã. Em algumas mesquitas existem até os horários das orações marcados em relógios como na foto abaixo de uma mesquita malaia que tem sete horários de oração.

Mesquita Nacional na Malásia. 7 orações diárias com hora marcada.

Mesquita Nacional na Malásia. 7 orações diárias com hora marcada.

6) Ablução

Antes da oração os muçulmanos devem estar puros e esta purificação se dá através do ato de ablução. É um ritual onde eles se lavam com água. Entre outras partes do corpo são lavadas as mãos, rostos e pés conforme figura abaixo. Não se espante como eu se entrar no banheiro de um aeroporto e encontrar um homem de mais de dois metros de altura com o pé dentro da pia se lavando.

Passo a passo da ablução

Passo a passo da ablução

7) Prepare-se para ter sua vida devassada na Índia

A Índia não é um país, a Índia é outro planeta dentro do nosso planeta Terra. Por onde você for haverá sempre uma multidão de pessoas a sua volta. Eles são bastante curiosos principalmente se tratando de estrangeiros. Irão se aproximar e puxar conversa e em menos de cinco minutos farão perguntas bastante indiscretas para um ocidental. Perguntas como: Qual seu salário? Se você tem amante? E coisas do gênero. Prepare-se para se esquivar mais que boxeador.

Dá para ter privacidade num lugar destes?

Dá para ter privacidade num lugar destes?

8) Australianos adoram andar descalços

Para eles é super normal, já para nós brasileiros que na grande maioria somos Tostines (estamos sempre fresquinhos) é um absurdo sair à rua descalço. A indignação brasileira vai ao máximo quando percebemos que eles andam descalços em qualquer lugar, inclusive em shoppings centers.

Descalços até em shoppings

Descalços até em shoppings

9) Hora na Etiópia

A hora na Etiópia é diferente. Os dias são divididos em dois intervalos de doze horas. Até aqui nada de diferente do resto do mundo. A questão é que neste país o dia começa às seis da manhã e, portanto para eles este horário na verdade é zero hora. É complicado de entender e assim o melhor é exemplificar. Se seu ônibus deveria sair às sete horas da manhã no mundo inteiro, na Etiópia este período do dia é conhecido como uma hora. Quando estiver por lá lembre-se disso para não perder a hora.

Dois horários diferentes no mesmo local

Dois horários diferentes no mesmo local

10) Mulheres são proibidas de dirigir na Arábia Saudita

Deve ser por isso que a taxa de acidentes no país é tão baixa. Brincadeirinha gente. Todos sabem que as mulheres dirigem melhor que nós homens. Causam menos acidentes e é por isso mesmo que o seguro para o carro delas é mais barato. Infelizmente esta proibição só evidencia o caráter machista e que delega uma posição secundária da mulher na sociedade saudita.

É verdade

É verdade

Durante nossas viagens colecionamos dezenas de hábitos estranhos em diferentes países do mundo. Estes foram apenas os primeiros dez. Tem mais post sobre o assunto no futuro. Aguardem.

Veja Também:

Mais 10 Hábitos estranhos que vimos em Nossa Viagem de Volta ao Mundo – Parte III

Mais 10 Hábitos estranhos que vimos em Nossa Viagem de Volta ao Mundo – Parte II

Mais 10 Hábitos estranhos que vimos em Nossa Viagem de Volta ao Mundo – Parte I

10 Mentiras que todo Viajante compulsivo conta

Os cartazes mais bizarros que encontramos durante nossa viagem de Volta ao Mundo – Parte I

Os cartazes mais bizarros que encontramos durante nossa viagem de Volta ao Mundo – Parte II

Os cartazes mais bizarros que encontramos durante nossa viagem de Volta ao Mundo – Parte III

Lavar pratos, um passeio por diferentes culturas

O Número 2 ao redor do mundo

Culinária pelo mundo, um passeio por diferentes culturas – Ásia

Culinária pelo mundo, um passeio por diferentes culturas – África


Responses

  1. So mesmo vivenciando outras culturas pra ver o quanto somos diferentes, apesar de tao iguais. Ou o contrario.🙂
    O habito de tirar os sapatos de rua e usar chinelos ja foi incorporado aqui em casa.

    • Ola Nilcilene
      somos mesmo iguais em nossas diferenças ou o contrário.

      Este hábito que você adotou é muito bom

      abs

      Eder

  2. Sou do Rio Grande e, junto com Gol do Inter (principalmente em Grenais), o sagu é melhor sobre mesa do mundo.

  3. Concordo plenamente Mariel, tb sou gaucha, e sagu só perde (as vezes) pra uma ambrosia bem feitinha… (mas tem que ser de vinho!)
    E gol do Inter nem se fala, melhor que isso só dois disso…

    • Ola Jessica
      já percebi que os gaúchos são mesmo apaixonados pelo sagu. Mas ainda prefiro a ambrosia de longe

      grande abraço

      Eder

  4. […] 10 Hábitos estranhos que vimos em Nossa Viagem de Volta ao Mundo […]

  5. […] 10 Hábitos estranhos que vimos em Nossa Viagem de Volta ao Mundo […]

  6. […] 10 Hábitos estranhos que vimos em Nossa Viagem de Volta ao Mundo […]

  7. […] 10 Hábitos estranhos que vimos em Nossa Viagem de Volta ao Mundo […]

  8. […] 10 Hábitos estranhos que vimos em Nossa Viagem de Volta ao Mundo […]

  9. […] 10 Hábitos estranhos que vimos em Nossa Viagem de Volta ao Mundo […]

  10. […] 10 Hábitos estranhos que vimos em Nossa Viagem de Volta ao Mundo […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: