Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 05/07/2015

10 Arenas Romanas que resistem ao tempo

As arenas romanas são construções incrivelmente grandes e que inacreditavelmente resistem a milhares de anos praticamente intactas. Por séculos elas sofrem com intempéries como neve, chuva, sol, vento e até terremotos e continuam firmes e imponentes. Para sorte dos apaixonados por este tipo de construção o Império Romano foi duradouro, mas se limitou a Europa Mediterrânea, norte da África e parte do Oriente Médio. Assim você pode conhecer todas estas arenas em uma só viagem.

Arenas Romanas

Arenas Romanas

Quem vê estes gigantes que hoje abrigam concertos de música e outros shows de arte a céu aberto não imagina que milhares de anos atrás foram palcos da barbárie. Nestes locais aconteciam lutas mortais entre gladiadores e também de gladiadores com animais ferozes vistas por multidões ensandecidas. Aliás, o nome “arena” vem da areia que absorvia o sangue dos gladiadores durante as batalhas. Estes Coliseus são os precursores dos atuais octógonos de MMA. O tempo passou, indubitavelmente o ser humano evoluiu, mas nossa espécie ainda tem um sádico gosto por sangue que hoje espirra das telas das televisões pelo mundo.

Mas vamos nos lembrar da majestosidade destas verdadeiras obras de engenharia que tanto nos fascinam.

1) Coliseu – Roma – Itália

A mais famosa arena de lutas romanas é o Coliseu de Roma. Ela é tão famosa que acaba ofuscando outras arenas igualmente gigantescas e belas. Seu nome é tão forte que passou a ser sinônimo de arenas romanas, mas toda fama tem um preço. O Coliseu é cheio de turistas durante 365 dias por ano e uma foto sua só com ele é uma tarefa que nem Espártaco conseguiria completar. Dê preferência por visitá-lo logo no primeiro horário para fugir das multidões.

Capacidade: 50.000 pessoas

Altura máxima: 48 metros

Área: 20.000 metros quadrados

Data de inauguração: 80 d.c.

Difícil caber na foto este Coliseu

Difícil caber na foto este Coliseu

Coliseu em seu gigantismo

Coliseu em seu gigantismo

2) Arena de Pula – Croácia

Sexta maior arena romana a de Pula impressiona pelo seu perfeito estado de conservação. Existe uma calha para coletar água das chuvas. Nos tempos das batalhas de gladiadores era adicionado perfume a esta água para então ser espalhada sobre a plateia que não tinha um cheiro digamos agradável. Terminada a era dos gladiadores a arena de Pula hoje é considerada o cinema mais bonito do mundo. É aqui nos meses de julho que acontece o Festival de Cinema de Pula cujo vencedor leva para casa o Prêmio Arena de Ouro. Na data de nossa visita o Festival já tinha terminado. As encantadoras praias da Croácia também são uma ótima desculpa para conhecer a arena.

Capacidade: 23.000 pessoas

Altura máxima: 32.45 metros

Área: 11.466 metros quadrados

Data de inauguração: 68 d.c.

Uma panorâmica da Arena de Pula

Uma panorâmica da Arena de Pula

A primeira arena com a família completa

A primeira arena com a família completa

3) Arena de Arles – França

Apesar de bem pequena Arles é uma cidadezinha cheia de atrações. O famoso e polêmico Van Gogh passou uma temporada no local e foi lá que num acesso de fúria que ele cortou uma de suas orelhas. O conhecidíssimo quadro “O quarto” do holandês foi inspirado no minúsculo quarto em que ele viveu em Arles e é aberto para visitação. Mas já ia esquecendo, a Arena de Arles é belíssima e tem uma arquitetura bem diferente das outras. Na terceira semana de agosto, no verão europeu, ocorre o Festival Romano com simulações das batalhas de gladiadores na qual estivemos presentes no ano de 2008.

Capacidade: 20.000 pessoas

Altura máxima: 21 metros

Área: 14.824 metros quadrados

Data de inauguração: 90 d.c.

A diferente arquitetura da Arena de Arles

A diferente arquitetura da Arena de Arles

Preparativos para corrida de bigas romanas na arena

Preparativos para corrida de bigas romanas na arena

Encenação do Festival Romano

Encenação do Festival Romano

4) Arena de El Djem – Tunísia

Não sei o que deu na gente. Ficamos vinte dias rodando por toda Tunísia que tem a metade da área do estado de São Paulo e não conhecemos esta arena que é a terceira maior do mundo. É Patrimônio Mundial da Unesco desde 1979. Nos meses de julho abriga o Festival Internacional de Música Sinfônica de El Djem. Um dia ainda voltamos para presenciar o festival.

Capacidade: 35.000 pessoas

Altura máxima: 36 metros

Área: 18.476 metros quadrados

Data de inauguração: 299 d.c.

A terceira maior arena romana do mundo na Tunísia (foto do site http://developtravel.be/)

A terceira maior arena romana do mundo na Tunísia (Foto do site http://developtravel.be/)

5) Arena de Cápua – Itália

A segunda maior arena romana já construída fica em Cápua a poucos quilômetros de Nápoles. Seu estado de conservação não é dos melhores já que parte dela foi destruída pelos povos vândalos e depois pelos sarracenos, mas o gigantismo vale a visita.

Capacidade: 50.000 pessoas

Altura máxima: 46 metros

Área: 23.800 metros quadrados

Data de inauguração: 1 d.c. (há controvérsias)

Apesar da invasões a Arena de Cápua resiste (Foto do site en.wikipedia.org/wiki/Capua)

Apesar da invasões a Arena de Cápua resiste (Foto do site en.wikipedia.org/wiki/Capua)

6) Arena de Leptis Magna – Líbia

Apesar de atualmente não ser recomendada uma visita à Líbia é a poucos quilômetros da capital Trípoli que está esta arena única. Da arena é possível observar o profundo azul do Mar Mediterrâneo. A pedra amarelada usada na construção se confunde com a areia da praia. Vale a visita.

Capacidade: 16.000 pessoas

Área: 2.679 metros quadrados

Data de inauguração: 56 d.c.

Escavada na rocha a arena fica abaixo do nível do mar (Foto do site http://www.asa-agency.com/)

Escavada na rocha a arena fica abaixo do nível do mar (Foto do site http://www.asa-agency.com/)

7) Arena de Éfeso – Turquia

A Arena de Éfeso incialmente era usada para concertos e shows, mas também foi palco das batalhas de gladiadores. No século IV foi parcialmente destruída por um terremoto e reconstruída no século VIII. Faz parte do complexo da cidade de Éfeso que conta com muitas outras ruínas romanas. Perto dali também é possível visitar a Casa em que Maria mãe de Jesus se refugiou.

Capacidade: 25.000 pessoas

Altura máxima: 20 metros

Data de inauguração: 40 d.c.

Arena de Éfesos, muitos lances de escada

Arena de Éfesos, muitos lances de escada

Fabi descansando antes de chegar ao topo

Fabi descansando antes de chegar ao topo

8) Arena de Nimes – França

Por falta de sorte ainda não tínhamos conhecimento da existência da Arena de Nimes quando estivemos no sul da França e só conhecemos sua prima de Arles. Esta é a arena mais bem preservada do mundo. Suas paredes estão todas lá e hoje funciona como arena de touradas.

Capacidade: 24.000 pessoas

Altura máxima: 21 metros

Área: 13.433 metros quadrados

Data de inauguração: 70 d.c.

A mais bem conservada de todas as arenas romanas. Nem um pedacinho faltando. (Foto do site http://www.arenes-nimes.com/)

A mais bem conservada de todas as arenas romanas. Nem um pedacinho faltando. (Foto do site http://www.arenes-nimes.com/)

9) Arena de Verona – Itália

A arena de Verona é uma das mais movimentadas em termos de número de espetáculos de arte. A programação inclui de dois a três espetáculos por semana entre óperas, ballets e concertos. Além de belíssima é também uma ótima oportunidade para você conhecer a terra de Romeu e Julieta.

Capacidade: 25.000 pessoas

Altura máxima: 32 metros

Área: 15.000 metros quadrados

Data de inauguração: 30 d.c.

Arena de Verona lotada para um concerto

Arena de Verona lotada para um concerto (Foto do site http://www.italymagazine.com/)

10) Arena de Pozzuoli – Itália

Terceira maior arena existente em território italiano assim como a arena de Cápua fica bem perto de Nápoles. Seu subterrâneo é muito bem preservado incluindo as gaiolas dos animais e partes do mecanismo do elevador que levava gladiadores e feras ao nível das batalhas. Após ser coberta pelas cinzas de uma erupção a arena foi abandonada para ser redescoberta na atualidade.

Capacidade: 20.000 pessoas

Área: 17.200 metros quadrados

Data de inauguração: 79 d.c.

A terceira maior arena em território italiano (Foto do site http://www.movingitalia.it/)

A terceira maior arena em território italiano (Foto do site http://www.movingitalia.it/)

Veja Também:

10 cidadezinhas encantadoras para você conhecer na Europa

Itália – Roteiro de 3 semanas de Milão a Roma

Lugares Únicos no Mundo – Ksares de Tataouine – Tunísia

Tunísia: Uma visão do país antes da revolução que derrubou a ditadura de Ben Ali

A charmosa vila de Cassis na Côte d´Azur – França

Catedral de São Basílio – Moscou – Arquitetura Espetacular

Lugares Únicos no Mundo – Pamukkale – Turquia


Responses

  1. Cara que sensacional

  2. Roma é uma cidade histórica e sensacional. Estive nesa cidade encantadora durante o meu intercâmbio na Itália e foi maravilhoso. Tomei um curso de italiano em Roma com hospedagem, alimentação e atividades incluídas e foi perfeito. O meu intercâmbio em Roma foi a escolha certa.

  3. […] 10 Arenas Romanas que resistem ao tempo […]

  4. […] 10 Arenas Romanas que resistem ao tempo […]

  5. […] 10 Arenas Romanas que resistem ao tempo […]

  6. […] 10 Arenas Romanas que resistem ao tempo […]

  7. […] 10 Arenas Romanas que resistem ao tempo […]

  8. […] 10 Arenas Romanas que resistem ao tempo […]

  9. […] 10 Arenas Romanas que resistem ao tempo […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: