Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 02/08/2015

11 motivos para conhecer a desconhecida EsLOVEnia

Muitos devem estar pensando que a EsLOVEnia nem é tão anônima assim, afinal sua capital Bratislava é bem conhecida e geralmente visitada num tour bate e volta por quem faz turismo em Viena. Estes acabam de cometer um grande equívoco. A capital da EsLOVEnia é Liubliana ou Ljubljana (em inglês). Bratislava é a capital da Eslováquia. Com o desmantelamento da antiga Cortina de Ferro surgiram muitos países no leste europeu que muitos brasileiros ainda desconhecem. A EsLOVEnia é um pequeno país que fazia parte da antiga Iugoslávia, assim como a Sérvia, Croácia e Bósnia. O país tem uma área menor que Sergipe (o menor estado brasileiro), mas digamos que Deus condensou toda beleza para caber em tão pouco espaço. As letras L, O, V e E estão escritas em maiúsculas, negrito e itálico porque realmente é amor à primeira vista para quem visita este cantinho privilegiado da Europa. As belezas naturais se reproduzem como coelhos uma atrás da outra diante de sua vista. E porque ficamos verdadeiramente in LOVE com o país é que resolvemos compartilhar suas atrações.

Para morrer de amores

Para morrer de amores

1) Lago Bled

O Lago Bled é um cenário de pintura de uma obra impressionista. Águas imaculadamente verdes guardam a pequena ilha no meio do lago onde a igreja de Assunção de Maria repousa placidamente desde o século XVII. O verde que hipnotiza os visitantes torna-se um não menos magnetizante branco de neve durante o inverno. Para aqueles que conseguirem escapar do transe mesmo que por alguns segundos e desviarem o olhar em outra direção, encontrarão o castelo no alto da colina convidando a contemplação sob outro ponto de vista. Não é à toa que o Marechal Tito, antigo comandante da Iugoslávia escolhia este local para passar suas férias. Para saber mais clique em Lago Bled.

Panorâmica do Lago Bled

Panorâmica do Lago Bled

A ilha em primeiro plano e o castelo a vigiar

A ilha em primeiro plano e o castelo a vigiar

Lago Bled visto do alto

Lago Bled visto do alto

2) Trilha em Vintgar Gorge

Distante quatro quilômetros do Lago Bled está Vintgar Gorge. Um cânion de águas verdes, a mesma água hipnotizante do lago. Aqui você caminha por passarelas construídas as margens das rochas do cânion. Por diversas vezes você vai “flutuar” sobre as aguas e sentir um frio na barriga ao cruzar por cima das violentas correntezas. Além da beleza de se locomover entre dois paredões altíssimos o final da trilha reserva uma bela cachoeira com um arco íris. Para saber mais clique em Trilha em Vintgar Gorge.

Noah com frio mas deslumbrado pelo verde da água

Noah com frio mas deslumbrado pelo verde da água

Passarelas cruzando o rio ao fundo

Passarelas cruzando o rio ao fundo

Cânion

Cânion

3) Kranjska Gora

A cidade pequenina como todas as outras do país tem um ar bucólico. A arquitetura é bem peculiar da região, mas a maior atração está nos arredores. Mais um lago desta vez com vista para as montanhas e o passo Vrsic para cruzar a montanha para o outro lado reservam vistas espetaculares.

Lago e montanhas ao fundo

Lago e montanhas ao fundo

A 1.611 meros de altitude e muitas montanhas no passo Vrsic

A 1.611 meros de altitude e muitas montanhas no passo Vrsic

4) Trilha Tolminka

Outra trilha a beira do Rio Soca, mas desta vez sem passarelas para ajudar. Caminha-se primeiro pela floresta e depois pelas pedras sempre subindo para alcançar a vista maravilhosa do profundo cânion. Numa das vistas existe uma enorme pedra que parece ter despencado e se encaixado no estreito vão do cânion. A volta pode ser feita pela estrada onde passamos por um túnel escavado na montanha. Toda a trilha é feita dentro do Parque Nacional Triglavski.

Caminhando na beira do rio (fundo do vale)

Caminhando na beira do rio (fundo do vale)

Rio passa apertado pelo cânion estreito

Rio passa apertado pelo cânion estreito

Gigantesca pedra que se

Gigantesca pedra que se “encaixou” no cânion

Prontos para entrar no túnel escavado na montanha

Prontos para entrar no túnel escavado na montanha

5) Lago em Most na soci

Este o mais verde dos lagos, parece até photoshop. A EsLOVEnia é totalmente verde, tanto que os uniformes das seleções do país são todos verdes apesar da bandeira ser azul, branca e vermelha. Aqui treina a equipe olímpica de canoagem. O difícil deve ser ficar concentrado no esporte diante de tanta beleza.

Lago de photoshop em Most na soci

Lago de photoshop em Most na soci

6) Lago Bohinj

Este é o maior dos lagos e excepcionalmente a água aqui não é verde. As margens do lago a água é totalmente transparente e mais ao fundo ela se torna escura, mas não por sujeira e sim devido a matéria orgânica depositada no leito do lago. Aqui vale uma ressalva interessante. Toda a água da EsLOVEnia é própria para consumo humano, isso mesmo 100% da água é potável. No lago recomendamos o aluguel de bicicletas para uma volta ao redor do mesmo apreciando a paisagem rodeada por montanhas.

Lago Bohinj num dia nublado

Lago Bohinj num dia nublado

7) Cachoeira Savica

Muito próxima ao Lago Bohinj está esta cachoeira de tirar o fôlego. Mas não é só a cachoeira que vai tirar seu fôlego. A subida para chegar até lá é bem cansativa ainda mais se você levar uns dez quilos extras do seu filho nas costas como nós fizemos. Mas vale o sacrifício. Mais uma vez a cor predominante do país aparece e ao invés de água parece que são esmeraldas que rolam pelas encostas.

Mais água, mais verde na cachoeira Savica

Mais água, mais verde na cachoeira Savica

Esmeraldas?

Esmeraldas?

Não é só a água que é verde

Não é só a água que é verde

8) Piran

Piran é a Veneza eslovena. A cidadezinha é um charme. Construída em cima das águas do mar Adriático ela é infinitamente menor que Veneza, mas por isso mesmo muito aconchegante. Perca-se pelas ruelas da cidade fotografando cada porta e janela diferente que encontrar e são muitas. Depois se sente nas pedras a beira mar para apreciar o Adriático. Em uma linha reta do outro lado está Veneza. Por fim saboreie um gelato italiano na praça principal, afinal estamos quase na Itália.

Piran sobre as águas do Adriático

Piran sobre as águas do Adriático

Não é a cara da Itália. Até a lambreta está presente

Não é a cara da Itália. Até a lambreta está presente

Sente-se ai para admirar o mar

Sente-se ai para admirar o mar

Gelato na praça

Gelato na praça

9) As cidadezinhas

Radovljica, Kranj e Bovec são algumas que recomendamos. Todas cidades de primeira como falamos em tom de brincadeira. Passou a segunda marcha basta para sair da cidade. Apesar de muito pequenas todas tem um charme especial com suas construções típicas e vistas para natureza.

Radovljica

Radovljica

Kranj

Kranj

10) As paisagens

Se a EsLOVEnia fosse uma pessoa diríamos que ela é fotogênica. As paisagens bucólicas se multiplicam a frente do para brisas. A vontade de parar para uma foto virá a cada trinta segundos, mas nem sempre será possível estacionar nas estreitas estradas do país. São lagos espetaculares a beira de montanhas gigantescas, uma igreja perdida num campo verdejante, estradas que serpenteiam pelas montanhas e muito mais.

Igreja perdida num campo verde

Igreja perdida num campo verde

Estrada serpenteando pelas montanhas

Estrada serpenteando pelas montanhas

Mais uma igreja perdida

Mais uma igreja perdida

11) Rafting no Rio Soca

O rio Soca cruza toda EsLOVEnia de norte a sul desaguando no mar Adriático. Como o país é muito montanhoso principalmente na região norte, o rio é obrigado a um sobe e desce sem tamanho e ai surge o ambiente ideal para prática do rafting. Nós como viajamos com crianças muito pequenas (o Noah tinha apenas quatro meses) acabamos por não experimentar, mas recomendamos fortemente.

O bote toca ou não a água? (Foto do site tripadvisor.co.uk)

O bote toca ou não a água? (Foto do site tripadvisor.co.uk)

Inacreditável (foto do site pinterest.com)

Inacreditável (foto do site pinterest.com)

Estas são algumas das pepitas que garimpamos neste país pródigo em pedras preciosas. Você também quer descobrir suas próprias preciosidades? Então nas suas próximas férias permita-se EsLOVEniar.

Veja Também:

Trilha em Vintgar Gorge – Eslovênia

Lugares Únicos no Mundo – Lago Bled – Eslovênia

10 cidadezinhas encantadoras para você conhecer na Europa

10 Arenas Romanas que resistem ao tempo

TOP 10 Grécia – Lugares Inesquecíveis

TOP 10 Austrália – Lugares Imperdíveis

TOP 10 Austrália – Mais 10 Lugares Imperdíveis


Responses

  1. […] 11 motivos para conhecer a desconhecida EsLOVEnia […]

  2. […] 11 motivos para conhecer a desconhecida EsLOVEnia […]

    • Bom dia, esse post chegou na hora certa. Começaremos nossa viagem pela Bósnia e depois vamos subindo pela Croácia, Eslovênia (onde faremos uma pernoite em Bled), Budapeste, terminando em Veneza. Preciso de umas dicas. Da capital da Eslovênia, é melhor ir primeiro para Zagreb, com qual transporte (mais rápido) ou para Budapeste e depois Zagreb? se tiver mais dicas da região ficarei muito grata pelo envio. abraços Bernadete

      • Ola Bernardete
        Budapeste fica bem fora de mão da sua rota. O ideal seria Bosnia – Zagreb – Eslovênia e depois Veneza.

        Mas se quiser mesmo ir a Budapeste o melhor é ir de avião

        boa sorte
        Eder

  3. ok muito obrigado pela resposta.
    continuem enviando os relatos são belíssimos e inspiram novos roteiros, boa sorte Bernadete

  4. Boa noite!
    Lindo mesmo!
    Gostaria de saber sobre a temperatura.
    Voces foram em que epoca do ano?
    Pegaram chuva?
    Um abraco.

  5. Obrigada!😉

  6. Lindas as fotos!! Quantos dias são necessários para fazer todos esses passeios que vc fez na Eslovenia> É fácil encontrar essas trilhas> Obrigada!

    • Ola Natália

      as trilhas são bem fáceis de encontrar, basta se dirigir ao balcão de informações turísticas da cidade que eles te dão mapa e ensinam direitinho como chegar lá.

      Eu gosto de viajar bem devagar e tranquilo e por isso te indicaria ficar umas duas semanas na Eslovênia para aproveitar bem.

      Eder

  7. […] Pouca gente ouviu falar da Eslovênia quanto mais de sua maior atração turística. Apesar de ser um país independente desde 1990 continua sendo um ponto de interrogação para maioria dos brasileiros. Num país de natureza exuberante, Bled com menos de 7.000 habitantes é o destaque. Um lago de inacreditáveis águas verde-esmeralda com uma pequena ilhota no meio nos remete as paisagens bucólicas das telas de descanso de computadores. Na pequena ilha repousa uma charmosa igrejinha com sua torre que pode ser vista de qualquer lugar do lago e no topo da colina ao lado um castelo de mais e mil anos trabalha como guardião de toda esta beleza. Não é a toa que o eterno Marechal Tito escolhia o lugar para passar suas férias. Quer conhecer todas as belezas da Eslovênia? Clique em: 11 Motivos para conhecer a desconhecida EsLOVEnia. […]

  8. […] 11 motivos para conhecer a desconhecida EsLOVEnia […]

  9. […] 11 motivos para conhecer a desconhecida EsLOVEnia […]

  10. Olá, tudo bem? vi que vc fez tanto o Vintgar gorge como o Tolmin gorge, entre esses 2, qual vc recomenda? pois vi que são bem parecidos…qual é mais bonito? e qual é mais fácil e rápido ? muito obrigado !

    • Ola Alice
      Vintgar é mais fácil, mas por outro lado também é mais cheio de gente. Já Tolmin é bem vazio, não encontramos ninguém na trilha pois saímos bem cedo, mas é mais cansativo pois tem subidas e descidas. Ambas são bem bonitas, mas Tolmin é mais trilha com cara de trilha.

      espero ter ajudado. Se der faça as duas

      boa viagem
      Eder


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: