Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 25/10/2015

Mais 10 Hábitos estranhos que vimos em Nossa Viagem de Volta ao Mundo – Parte III

Como este mundo de meu Deus tem hábitos que para nós são tão estranhos. Cada dia minha memória me ajuda a lembrar de mais um. Já estamos no quarto post sobre costumes digamos um tanto bizarros que vimos em nossas andanças pelo planetinha. São 40 hábitos que muitos torceriam o nariz ao se deparar com eles. Conheça mais 10 deles:

Mais um post da série: Hábitos estranhos que vimos em nossa Viagem de Volta ao Mundo

Mais um post da série: Hábitos estranhos que vimos em nossa Viagem de Volta ao Mundo

1) Os acocorados na Ásia

Para nós ocidentais ficar acocorados não é nada confortável. Preferimos mesmo é acomodar nossos bumbuns em uma cadeira ou até mesmo num banco sem apoio para as costas. Já na Ásia em geral esta (acocorado) é a posição preferida de todos. As cadeiras não fazem muito sucesso na região. Mais incrível é que eles fazem de tudo de cócoras. Comem, jogam, leem jornal ou simplesmente descansam. Basta olhar para qualquer lado e verá alguém com o rosto metido entre os joelhos.

Comendo

Comendo

Jogando

Jogando

Lendo jornal, de cócoras é sempre a posição favotita

Lendo jornal, de cócoras é sempre a posição favotita

2) Jejum durante o Ramadã

O Ramadã acontece no nono mês do calendário islâmico (a cada ano acontece em uma data diferente no calendário gregoriano) e é um período de devoção e oração que os muçulmanos devem jejuar enquanto o sol estiver brilhando. O jejum também se estende as relações sexuais. O mais estranho para nós é que depois que o sol se põe os alimentos são liberados e muitos se empanturram com montanhas de comida. Comer em público é uma afronta mesmo que você não seja um seguidor da religião, portanto cuidado ao visitar países muçulmanos nesta época do ano.

Nunca coma em público durante o dia. É uma ofensa

Nunca coma em público durante o dia. É uma ofensa

3) O mate no Uruguai

Todo país tem sua bebida típica que é adorada por toda a nação. O café na Colômbia, Etiópia e mesmo no Brasil. O tradicional chá inglês. Mas se existe um lugar onde uma bebida é idolatrada e realmente faz parte do dia a dia de todos os habitantes, este lugar é o Uruguai. O mate é uma instituição uruguaia. Onde quer que você vá haverá alguém, ou quase todo mundo, com uma garrafa térmica embaixo do braço. Pode ser uma festa, um enterro, dentro dos ônibus, no calor de uma praia, uma reunião de trabalho ou qualquer evento que reúna dois ou mais uruguaios. Em bares, hotéis, repartições públicas ou qualquer outro lugar sempre há água quente em abundância para um mate. Uma vez reconheci um uruguaio em Istambul de longe. Foi fácil, ele levava uma garrafa térmica nas axilas. Foi só perguntar e a resposta veio fácil: Sí, uruguayo.

Na praia a garrafa térmica é a eterna companheira

Na praia a garrafa térmica é a eterna companheira

Nem o presidente foge a regra

Nem o presidente foge a regra

4) Chapéus das cholas bolivianas

Cholas são as mulheres de origem indígena na Bolívia. Elas têm um costume bastante peculiar ao se vestir. Usam saias rodadas, geralmente várias e uma por cima da outra. As tranças laterais também é uma característica marcante. Mas o mais estranho é mesmo o chapéu que todas sem exceção usam. Um chapéu masculino estilo “O Gordo e o Magro” que atualmente não é usado em nenhum outro lugar do mundo, nem mesmo por homens. Reza a lenda que no início do século passado um esperto mascate libanês estava com um estoque destes chapéus encalhado. Então inventou um boato que este tipo de chapéu era a última moda entre as mulheres europeias. Para o boato tornar-se verdade não demorou muito e até hoje as cholas podem ser encontradas por todo país com seus chapéus bizarros. que conhecer mais sobre o folclore boliviano? Clique em Lendas, Histórias e Folclore da Bolívia

Chapéu bizarro das cholas

Chapéu bizarro das cholas

5) Crianças que não usam fraldas na Ásia

Acho que já mencionei em um dos três posts anteriores sobre os hábitos estranhos que vimos em nossa Viagem de Volta ao Mundo, mas nunca é demais relembrar: quanto mais ao Oriente (leia-se Ásia) você for, mais bizarros serão os costumes ao seu olhar. Foi no sudeste asiático que vimos pela primeira vez crianças cujas calças tinham um buraco na região do bumbum. Intrigados com o fato não foi difícil descobrir a utilidade da calça furada. É isso mesmo, elas não usam fralda. É o método simples e fácil. Deu vontade é só abaixar, fazer o número 2 e continuar suas atividades como se nada tivesse acontecido. Nada de fraldas, lenços umedecidos, pomadas anti-assaduras e acessórios ocidentais.

Simples e prático é assim que funciona na Ásia

Simples e prático é assim que funciona na Ásia

6) Banheiros públicos chineses

Já que o assunto é número 2, vocês sabiam que na China existem banheiros públicos? Até aí nada demais, pois vários países também têm os seus. A diferença é que na China não existe separação entre as latrinas. Você faz seu número 2 olhando para a cara de um sujeito que você nunca viu na vida. Pensando bem é uma ótima oportunidade de fazer amizades. Brincadeiras a parte muitos de nós ocidentais temos dificuldade de fazer o número 2 estando longe de casa, imaginem com um chinês olhando para sua cara. Mega bizarro.

Já pensou ficar lado a lado com o sujeito da foto. Ninguém merece

Já pensou ficar lado a lado com o sujeito da foto. Ninguém merece

7) Nunca use a mão esquerda para cumprimentar alguém ou para comer

Ainda na seara do número 2. O assunto dá pano para manga. Em alguns países árabes e asiáticos eles usam a mão esquerda para se limpar. É mão, água e mais nada. Assim esta mão é dedicada apenas para este fim, portanto você que é canhoto nunca cumprimente ninguém com esta mão nos países citados. Nos mesmos países as pessoas não tem o hábito de usar talheres para comer e mais uma vez não cometa uma mega gafe de tocar com a mão esquerda a comida que geralmente é compartilhada por todos da mesma travessa. Se quiser saber mais sobre como as pessoas usam os banheiros ao redor do mundo clique: O número 2 ao redor do mundo.

Reparem que todos usam a mão direita

Reparem que todos usam a mão direita

8) Sauna finlandesa

Eu sempre ouvi da minha avó sobre os perigos do choque térmico. “Não saia do banho quente direto para rua menino você pode ter um choque térmico”, ainda posso escutá-la. Dizia minha avó que você poderia pegar uma gripe e na pior das hipóteses sua boca ficaria torta por um bom tempo. Tudo mentira, pelo menos na Finlândia. No país escandinavo o tal choque térmico é sinal de saúde. Eles entram em suas saunas que mais parecem infernos de tão quente para logo depois pularem direto num buraco feito no gelo. É o ápice do choque térmico. Um hábito um tanto estranho que poucos brasileiros ousariam experimentar, mas nós encaramos. Para saber como foi nossa experiência clique: A Comédia da Sauna Russa – São Petersburgo – Rússia

Vai encarar a piscina com borda de neve saindo da sauna?

Vai encarar a piscina com borda de neve saindo da sauna?

9) Long Neck women (Mulheres do pescoço comprido)

Mais conhecidas como mulheres girafas ou mulheres do pescoço comprido, na verdade elas pertencem a tribo Kayan que originalmente habitava Mianmar. Devido aos constantes conflitos bélicos no referido país, hoje estão refugiadas no norte da Tailândia. A partir dos cinco anos as meninas iniciam o uso de um colar de metal para alongar o pescoço. Na verdade o pescoço não se alonga, é o ombro que se desloca para baixo dando a aparência de um pescoço comprido. Este costume se perpetua por séculos e tem as mais variadas explicações. Uma delas diz que os colares eram usados para proteção contra ataques de tigres. A única certeza é que os longos pescoços se tornaram um padrão de beleza nesta tribo. Mas que é um costume bem estranho isso é.

O costume se inicia ainda na infância

O costume se inicia ainda na infância

e os pescoços ficam muito compridos

e os pescoços ficam muito compridos

10) Cuspir em bebês

A tribo Masai vive entre o Quênia e a Tanzânia. Na cultura local os bebês recém-nascidos devem receber uma cusparada na testa como proteção. O mesmo ritual acontece na tribo Wolof que vive na Mauritânia. Eles acreditam que a saliva contém palavras que se fixariam no bebê como bênçãos. Os Masais também tem o costume de cuspir nas mãos antes de se cumprimentarem. É uma forma de respeito.

Criança Masai que com certeza passou pelo ritual da cusparada

Criança Masai que com certeza passou pelo ritual da cusparada

Conhece algum hábito estranho que viu em suas viagens pelo mundo? Conte para gente, quem sabe ele não entra para o próximo post de hábitos estranhos que vimos em Nossa Viagem de Volta ao Mundo.

Veja Também:

Mais 10 Hábitos estranhos que vimos em Nossa Viagem de Volta ao Mundo – Parte I

Mais 10 Hábitos estranhos que vimos em Nossa Viagem de Volta ao Mundo – Parte II

10 Hábitos estranhos que vimos em Nossa Viagem de Volta ao Mundo

Nem melhores nem piores, apenas diferentes

Os piores hotéis (hotéis?) que já me hospedei

Viaje, saia da ignorância

Os sentimentos que experimentamos durante nossa viagem de volta ao mundo

Manias de Viajantes

Mais 9 manias de Viajantes

Você já percebeu a Globalização em suas viagens?

5 Gringuices que todo gringo faz quando viaja para outro país – Parte I

5 Gringuices que todo gringo faz quando viaja para outro país – Parte II


Responses

  1. […] Mais 10 Hábitos estranhos que vimos em Nossa Viagem de Volta ao Mundo – Parte III […]

  2. […] Mais 10 Hábitos estranhos que vimos em Nossa Viagem de Volta ao Mundo – Parte III […]

  3. […] Mais 10 Hábitos estranhos que vimos em Nossa Viagem de Volta ao Mundo – Parte III […]

  4. […] Mais 10 Hábitos estranhos que vimos em Nossa Viagem de Volta ao Mundo – Parte III […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: