Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 08/11/2015

Lugares Únicos no Mundo – Serengeti – Tanzânia

Quem pensa que um safari é algo muito parecido com uma visita ao zoológico é porque nunca viveu na pele a emoção de um. Só quem nunca sentiu o mundo tremer quando uma manada de elefantes passa raspando na lataria do seu carro, só quem nunca viu o balé das girafas entrelaçando seus longos pescoços a poucos metros de você, só quem nunca presenciou um grupo de cheetas caçando uma gazela, só quem nunca teve sua comida roubada por um grupo de macacos de saco azul, só quem nunca sentiu o hálito de um hipopótamo abrindo sua boca para marcar seu território, só quem nunca visualizou uma manada de leões se satisfazendo sobre uma carcaça de girafa e só quem nunca levou uma encarda de uma hiena ao descer do carro para urinar é que pode cometer a heresia de pensar que um safari é algo parecido a uma visita ao zoológico. Fizemos tantos safaris que não dá para contar nos dedos ddas mãos e cada um deles teve momentos especiais, mas dá para dizer sem sombras de dúvidas que o safari no Serengeti foi o melhor de todos. Mas o que faz deste safari um Lugar Único no Mundo? A maior migração terrestre de mamíferos do mundo é a chave para esta resposta. É nesta região que 260.000 zebras, 1.700.000 de gnus e cerca de 470.000 gazelas dão a luz a seus filhotes durante a temporada em que existem pastagens suficiente para todos. Com o fim da temporada de chuvas este contingente descomunal de animais migra para o norte em busca de alimento e leva junto seus predadores encenando o maior e mais incrível teatro da natureza. Imperdível, impagável, impossível esquecer. Resumindo: Único.

Bem vindos ao maravilhoso mundo do Serengeti National Park

Bem vindos ao maravilhoso mundo do Serengeti National Park

Localização

A Tanzânia é um país localizado no leste do continente africano. Seus vizinhos são Uganda e Quênia na fronteira norte. A oeste se encontram Ruanda, Burundi e República Democrática do Congo. Ao sul você vai se deparar com Zâmbia, Malawi e Moçambique. É um dos países mais populares entre os turistas no continente, o que não pode ser traduzido como excelente infraestrutura de turismo. Em se tratando de África os destinos populares tem em comum apenas a estabilidade política e a segurança para os visitantes. O Parque Nacional do Serengeti (Serengeti National Park) fica no norte do país, na fronteira com o Quênia. Na verdade a área de proteção se estende para o sul do Quênia, mas entrando no país vizinho o parque muda de nome e passa a se chamar Parque Nacional Masai Mara (Masai Mara National Park).

Como chegar ao Parque Nacional do Serengeti?

A cidade base para se visitar o Parque Nacional do Serengeti é Arusha. Tudo no local gira ao redor do turismo no parque. É você botar o pé na rua e imediatamente alguém vai te abordar oferecendo um safari no Serengeti. A melhor estratégia é dizer que você já comprou um, mas mesmo assim a possibilidade do sujeito continuar te seguindo por vários quarteirões é grande. Não se assuste eles não oferecem perigo, são apenas chatos mesmo. Arusha também é conhecida como a cidade que abrigou as tratativas de acordo de paz do Genocídio de Ruanda. Abaixo todas as opções para chegar a Arusha e também as alternativas para visitar o Parque Nacional do Serengeti.

De Trem

A linha férrea que chega a Arusha está desativada, assim o trem não é uma opção para chegar a cidade.

De ônibus

Esta é a melhor opção para quem já está em solo tanzaniano. As estradas não são nenhuma highway, as paradas nem de perto se parecem com um Rodoserv, os ônibus não são leitos, mas você vai sobreviver a este safari. Sim, safari significa viagem no idioma local, o suaíle (swahili).

Existem várias empresas que ligam Arusha as principais cidades do país. Por incrível que pareça as passagens podem ser compradas na internet com antecedência (uma raridade na África). Abaixo uma tabela de vários itinerários com preços, horários de partida, duração da viagem e empresa rodoviária. Para comprar online acesse Ônibus Tanzânia.

Tabela de ônibus para Arusha

Tabela de ônibus para Arusha

De avião

O único aeroporto internacional da região é o Aeroporto Internacional do Kilimanjaro (JRO) que fica uma distância de cinquenta e dois quilômetros de Arusha, quase a mesma distância de Moshi que fica aos pés do Kilimanjaro, outra grande atração turística do país. Abaixo uma tabela de vários itinerários com preços, horários de partida, duração da viagem e companhia aérea.

Tabela de voos internacionais para o Aeroporto Internacional do Kilimanjaro

Tabela de voos internacionais para o Aeroporto Internacional do Kilimanjaro

Se você já estiver em solo tanzaniano e quiser voar até Arusha a melhor opção é o aeroporto de Arusha que só recebe voos domésticos. Fica a pouco mais de oito quilômetros da cidade. É uma opção mais cara que os ônibus, mas também mais confortável. Abaixo uma tabela de vários itinerários com preços, horários de partida, duração da viagem e companhia aérea.

Tabela de voos nacionais para o Aeroporto de Arusha

Tabela de voos nacionais para o Aeroporto de Arusha

De carro

Alugar um carro para viajar nas estradas africanas não é uma boa ideia. As estradas têm péssimo estado de conservação e em um acidente ou falha mecânica você pode ficar horas esperando por socorro. O mais recomendado é o aluguel de um carro 4X4 que também vai sair bem caro. Se mesmo assim esta for sua opção, veja abaixo as locadoras de carros em Dar es Salaam.

Avis, Europcar, XCar, Sam´s Car, First Car

De excursão

Aqui elas são chamadas de Overland tour. É um caminhão adaptado que mais parece um ônibus e que roda pela África cheio de mzungus (homens brancos) dentro. Como a Tanzânia é um país com turismo bastante desenvolvido na região existem dezenas de empresas que oferecem este tipo de serviço. A maioria delas é inglesa e quase 100% têm suas sedes fora da África. Neste caso você não precisa se preocupar com transporte, hospedagem e alimentação, o que em terras africanas é uma bela vantagem, mas por outro lado você perde toda emoção e aventura de uma viagem em estilo local pela África. Estes tours também te levam para conhecer o Parque Nacional do Serengeti em game drives que nada mais são do que os safaris. Para saber mais sobre os overlands acesse: Papai Noel trocou o trenó por um caminhão.

Abaixo algumas opções de empresas que fazem este tipo de excursão:

African Travel Company, Acacia, Nomad, Intrepid

Interessado em uma viagem de overland pela África? Entre em contato com a gente e consulte nossos preços. Podemos planejar sua viagem de acordo com suas necessidades.

De excursão privada

Esta é uma opção de um safari mais customizado e consequentemente mais caro. Enganam-se aqueles que pensam que por se tratar de um país pobre os preços de tours são baratos. Pelo contrário, são bem salgados, mas vale a pena para fazer o melhor safári do mundo. Para quem não contratou um Overland antes de sair de casa esta vai ser sua única opção para ver girafas, elefantes e leões. Também é a única alternativa para quem viaja com crianças, já que estas não são aceitas nos overlands. Como chegamos a Tanzânia por conta própria foi um destes tours de operadoras locais que acabamos contratando. Recebemos a indicação de um irlandês que conhecemos em Cape Town da empresa Bobby Tours e apesar dos altos preços o serviço foi ótimo e recomendamos.

4X4 usado em nosso safari

4X4 usado em nosso safari

Onde ficar

Quando chegamos a Arusha nos hospedamos no Arusha Backpackers que é bem simples, mas é onde a maioria dos mochileiros se hospeda, pois está no guia da Lonely Planet. O preço é bem salgado. O quarto para o casal com banheiro compartilhado sai por vinte dólares. Achamos muito lotado e barulhento.

Quarto do Arusha Backpackers

Quarto do Arusha Backpackers

Quando voltamos do safari no Serengeti apostamos em uma indicação de uma italiana e fomos direto para a Hanang Guest House. Por um terço do preço encontramos o mesmo padrão de qualidade mas com uma tranquilidade inigualável. Infelizmente esta guest house é pequena e familiar e portanto não possui site na internet, mas basta perguntar para qualquer taxista que ele te leva até lá.

Quando ir

A Tanzânia fica no hemisfério sul, mas a sua proximidade a linha do equador faz com que o as temperaturas variem pouco ao longo do ano. Ao contrário da região norte brasileira onde a floresta tropical traz muita umidade, no Serengeti o clima é mais seco. De dezembro a fevereiro as temperaturas são mais quentes, mas nada insuportável devido a baixa umidade. Existem duas temporadas de chuva. A temporada curta vai de novembro a dezembro e a mais longa do intervalo de março a maio. Em teoria qualquer data que esteja fora das temporadas de chuva seria ideal para visitar o parque, mas existem alguns períodos de especial interesse. Nos meses de junho e julho as chuvas terminam e começa a grande migração rumo ao norte (Quênia). Mais de um milhão de gnus e milhões de zebras e gazelas se deslocam em busca de pastagens e chegam a seu destino somente em agosto. Ótima oportunidade para ver esta massa descomunal de animais juntos e também para observar a ação de predadores. Já fevereiro é o mês dos mesmos gnus darem a luz a cerca de quinhentos mil filhotes e uma boa data para ver a vida florescendo na savana. Agora a escolha é sua.

Fuja das chuvas e bom safari

Fuja das chuvas e bom safari

Temperaturas não muito quentes durante todo ano

Temperaturas não muito quentes durante todo ano

O que comer

Sem dúvida nenhuma para nós que estávamos a mais de duzentos dias longe de casa comer um arroz com feijão não seria nada mal. Pouca gente sabe, mas a Tanzânia é o único lugar do mundo que tem um feijão igualzinho o nosso. O nosso que eu quero dizer é o paulista que é chamado de carioquinha. Porque o carioca mesmo é o feijão preto. Trocadilhos a parte acho que todos entenderam. Foi um prazer saborear aquele feijão depois de tanto tempo. Para beber recomendamos uma combinação um tanto bizarra. Cerveja Serengeti (pode ser também a Kilimanjaro) misturada a Krest Bitter Lemon (refrigerante de limão amargo). A princípio parece que não combina, mas até que é bom. Para quem quer fugir do álcool mas não dos novos sabores recomendamos a Ginger Beer que apesar do nome não leva álcool. É um refrigerante de gengibre. O prato tipicamente local é o pilau que parece um arroz carreteiro e é bem saboroso.

Kilimanjaro

Kilimanjaro

ou Serengeti

ou Serengeti

com bitter lemon, mistura inusitada mas saborosa

com bitter lemon, mistura inusitada mas saborosa

Se não quiser álcool fique com a ginger beer que não é cerveja

Se não quiser álcool fique com a ginger beer que não é cerveja

Atrações do Serengeti

Animais

Sem dúvida a grande atração local são os animais soltos em ambiente selvagem. Por mais que descreva a emoção de vê-los na natureza nenhuma palavra pode traduzir este sentimento. Talvez as fotos abaixo captem um pouco desta emoção. Fiquem com leões, girafas, elefantes, leopardos e demais animais.

Zebras. Elas se posicionam assim para facilitar a visualização de predadores

Zebras. Elas se posicionam assim para facilitar a visualização de predadores

Búfalos. Reparem nas aves no seu dorso. Este animal faz leão fugir de medo.

Búfalos. Reparem nas aves no seu dorso. Este animal faz leão fugir de medo.

Cheetas esperando o melhor momento para caçar

Cheetas esperando o melhor momento para caçar

Grupo reunido pouco antes da caçada

Grupo reunido pouco antes da caçada

Um dos animais mais incríveis da savana. Elefante parece lento. Só parece

Um dos animais mais incríveis da savana. Elefante parece lento. Só parece

Hiena. Imaginem levar uma encarada deste bicho?

Hiena. Imaginem levar uma encarada deste bicho?

Gnus mais conhecidos como comida de leão

Gnus mais conhecidos como comida de leão

Hartebeest mais uma variação de comida de felinos

Hartebeest mais uma variação de comida de felinos

Cara a cara com o rei da savana africana

Cara a cara com o rei da savana africana

e com aprendizes de leão

e com aprendizes de leão

Tímidos por natureza isto foi o mais perto que chegamos de um leopardo

Tímidos por natureza isto foi o mais perto que chegamos de um leopardo

Springbok o símbolo da seleção sul africana de rugbi

Springbok o símbolo da seleção sul africana de rugbi

Pássaros também são avistados

Pássaros também são avistados

Este é o grou coroado. Tão comum na região que está até na bandeira da vizinha Uganda

Este é o grou coroado. Tão comum na região que está até na bandeira da vizinha Uganda

Predadores em ação

Você alguma vez na vida já se sentiu em um filme? Talvez visitando os cenários de Harry Potter no Reino Unido. Como não somos fãs do bruxinho escolhemos um filme do National Geographic para fazer parte. O nosso guia avisou: Preparem as câmeras. Eu estava a posto e consegui captar neste filme a tentativa frustrada de um grupo de cheetas caçando uma gazela. Precisa dizer que só este momento já valeu o safari?

Nascer do sol

Não existe em todo mundo nascer e pôr do sol como na África. É mais um espetáculo único que só este continente pode proporcionar. Como os animais são mais ativos no começo e final do dia, é nestes horários que os safaris se iniciam e então pudemos ter esta visão privilegiada. Logo quando o astro rei acorda o céu é pintado de de tons de azul e rosa para poucos minutos depois surgir como uma bola de fogo gigante.

Tons nunca imaginados antes

Tons nunca imaginados antes

Colossal

Colossal

Ngorongoro Crater

A cerca de uma hora de carro da fronteira do parque está localizada a cratera que se formou da explosão de um vulcão três milhões de anos atrás. A cratera tem mais de 600 metros de profundidade e inacreditáveis 260 quilômetros quadrados. Devido a sua geografia se tornou uma área de conservação onde mais de 25000 animais de grande porte vivem. Ótima oportunidade para avistar rinocerontes negros e milhares de flamingos que ficam todos agrupados no lago Magadi.

Vista da Cratera

Vista da Cratera

O único rinoceronte que vimos foi este ai

O único rinoceronte que vimos foi este ai

Mas o Pumba deu o ar da graça: Warthogs

Mas o Pumba deu o ar da graça: Warthogs

bem como os flamingos

bem como os flamingos

e teve quem veio sem ser convidado. Elefante no camping

e teve quem veio sem ser convidado. Elefante no camping

Lake Manyara

A região é repleta de parques nacionais e o Lake Manyara National Park é mais um deles. Também um ótimo safari, aqui destacamos as girafas de manchas escuras. Nunca tinha visto antes e adorei.

A exótica girafa de manchas escuras

A exótica girafa de manchas escuras

Um raro momento de uma girafa sentada

Um raro momento de uma girafa sentada

Babuínos catando piolho

Babuínos catando piolho

Elefante recém nascido

Elefante recém nascido

protegido pela manada

protegido pela manada

Hipopótamo o animal que mais mata humanos na África

Hipopótamo o animal que mais mata humanos na África

O exibicionista macaco do saco azul

O exibicionista macaco do saco azul

Lake Natron

Não chegamos a visitar este lago, mas nos arrependemos até hoje. O Lake Natron é daquelas paisagens difíceis de acreditar que existem mesmo. Devido a alta salinidade uma bactéria que possui um pigmento vermelho consegue sobreviver e dá esta coloração a água. Incrível.

O inacreditável Lake Natron (foto site curazy.com)

O inacreditável Lake Natron (foto site curazy.com)

Olduvai Gorge

Foi aqui que os arqueologistas e paleontologistas Mary and Louis Leakey encontraram vestígios das primeiras espécies humanas a ocupar a Terra a 1,9 milhões de anos atrás. Um museu no local mostra toda a evolução humana e os estudos da dupla. Fica no caminho entre o Serengeti e a Cratera do Ngorongoro.

Olduvai Gorge

Olduvai Gorge

Museu em Olduvai Gorge

Museu em Olduvai Gorge

Veja Também:

Papai Noel trocou o trenó por um caminhão

Os desertos da minha vida – Sossusvlei – Parte III

Orfanato de Elefantes – David Sheldrick Farm – Nairobi

No topo da África – KILIMANJARO – Dia 1: Pole Pole

As Lendas da Baobab – África

Lugares Únicos no Mundo – Arquipélago de Bazaruto – Moçambique

Lugares Únicos no Mundo – Victoria Falls – Zâmbia

Lugares Únicos no Mundo – Hipopótamos Surfistas – Gabão

Lugares Únicos no Mundo – Ksares de Tataouine – Tunísia

Culinária pelo mundo, um passeio por diferentes culturas – África

 


Responses

  1. […] Lugares Únicos no Mundo – Serengeti – Tanzânia […]

  2. […] Lugares Únicos no Mundo – Serengeti – Tanzânia […]

  3. […] Lugares Únicos no Mundo – Serengeti – Tanzânia […]

  4. Nossa, muito legal!
    Da vontade de ir, apesar do medo dos animais grandes.
    Mas parece ser seguro e interessante.
    Com certeza nao eh a mesma coisa do que visitar um zoologico.🙂

    • Ola Nilcilene

      é seguro sim, bem seguro para falar a verdade e também uma experiência inesquecível

      bjs

      Eder

  5. Um post de tirar o fôlego.

  6. […] Lugares Únicos no Mundo – Serengeti – Tanzânia […]

  7. […] Lugares Únicos no Mundo – Serengeti – Tanzânia […]

  8. […] Lugares Únicos no Mundo – Serengeti – Tanzânia […]

  9. […] – Rhino Africa, Quero Viajar Mais, Quatro Cantos do Mundo, […]

  10. […] Lugares Únicos no Mundo – Serengeti – Tanzânia […]

  11. […] Lugares Únicos no Mundo – Serengeti – Tanzânia […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: