Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 24/07/2016

Como evitar atentados terroristas durante sua viagem turística

Para evitar atendados terroristas nos destinos turísticos que você escolheu primeiro você precisa entender por que eles acontecem. A palavra “terror” tem como sinônimos: pânico, medo e pavor. Assim “terrorismo” é a ação de causar medo nas pessoas. E esta ação tem como objetivo conseguir algo em troca. Por exemplo: o IRA (Exército Republicano Irlandês) aterrorizava a população britânica para tentar obter em troca a independência do Reino Unido.

Como evitar atentados terroristas durante sua viagem turística

Como evitar atentados terroristas durante sua viagem turística

As questões terroristas basicamente se dividem em dois grupos: terrorismo interno (praticado dentro do próprio país ao qual o grupo terrorista faz parte como no exemplo do IRA acima). Neste caso geralmente as demandas são separatistas. E terrorismo externo onde as ações são praticadas fora do país ao qual o grupo terrorista faz parte como, por exemplo, os atentados da Al-Qaeda de 11 de setembro nos EUA.

Mas como se prevenir destes atentados?

Atenção aos conflitos pelo mundo

Mantenha-se informado, leia jornais (principalmente o caderno de “política”), busque informações na internet sobre os conflitos que ocorrem pelo mundo. Tudo muda muito rapidamente. A até outro dia calma Turquia na qual apenas o conflito curdo na distante Anatólia era uma ameaça quase inexistente, hoje se tornou alvo de atentados terroristas após a tomada de posição do presidente Erdogan contra o regime de Bashar al-Assad na Síria. Atentados terroristas no país já não podem ser contados nos dedos das mãos. Até o então super vigiado aeroporto internacional de Istambul já foi maculado. O último episódio foi uma tentativa de golpe militar no país. Se há poucos anos atrás alguns analistas políticos cogitavam a entrada do país para União Europeia, hoje a simples menção da volta da pena de morte afasta não só turistas, mas o próprio país do maior bloco econômico do mundo. País não recomendado nos dias de hoje com informações facilmente encontradas na mídia.

Não deixe de ler este caderno antes de sua viagem

Não deixe de ler este caderno antes de sua viagem

Sites dos governos britânico e americano

Uma ótima fonte para consulta, na verdade são duas, são os sites de avaliação de risco dos governos americanos e britânicos. Como estes dois países invariavelmente estão envolvidos em todos os conflitos do mundo, cabe a eles também aconselhar seus cidadãos quanto segurança em viagens internacionais, já que estes são sempre alvos em potencial para terroristas. Mas cautela e bom senso no uso destas informações. Se você levar ao pé da letra o que eles dizem, não sairá nem para tomar um picolé na esquina. Por exemplo, veja o que os britânicos dizem sobre turismo no Brasil aqui. E para ver quais as dicas dos americanos para quem quer viajar para Nigéria clique aqui. Consulte os riscos de todos os países em UK Foreign Travel Advice.

Muita informação no site do governo britânico

Muita informação no site do governo britânico

Histórico recente de ataques terroristas

Verificar o histórico recente de ataques terroristas no país a ser visitado também é uma ótima opção. Cito o exemplo dos EUA que apesar de ser o alvo preferido de organizações terroristas, após os atentados terroristas de 11 de setembro praticamente se livraram de ações deste tipo dentro do seu território. A exceção foi o atentado a maratona de Boston em 2013. Já a França não tem conseguido se prevenir com eficiência destas ações catastróficas. No último ano e meio foram três atentados terroristas em sequência. Primeiro o atentado a revista Charlie Hebdo, depois os atentados do EI em vários lugares de Paris e poucos dias atrás foi a vez da cidade balneária de Nice ver um caminhão matar 84 pessoas. Portanto não deixe que o histórico passado influencie tanto em sua decisão.

Fuja de grandes multidões

Para fugir dos terroristas também é fundamental saber como eles pensam. Os terroristas sempre buscam atingir o maior número de pessoas possível. Assim para ficar livre deles é fundamental fugir das multidões. Se ao invés de Nice o turista tivesse optado pela pequena e charmosa Cassis também na Cotê d´Azur, teria se esbaldado com a mesma beleza no mar Mediterrâneo francês, mas sem o risco de um atentado terrorista. Cidades pequenas e lugares com pouca densidade populacional nunca são alvos de atentados e de quebra você ainda pode conhecer um lugar fora do circuito turístico habitual.

Fuja de lugares como este

Fuja de lugares como este

Fuja das datas comemorativas

Estas datas tem uma simbologia própria para os terroristas. Além de matar e ferir pessoas, um atentado numa data comemorativa pode ferir todo o orgulho de um país. Foi isso que aconteceu no último dia 14 de julho em Nice na França. A data da queda da Bastilha foi maculada por mais um atentado terrorista. Mais um motivo para escolha destas datas tem a ver com o tópico anterior. Datas comemorativas sempre reúnem grandes multidões e são um prato cheio para quem quer atacar. Portanto fuja dos EUA no 4 de julho e de outras datas comemorativas em países visados por terroristas.

Fuja dos EUA nesta data

Fuja dos EUA nesta data

Fuja das atrações turísticas famosas

Atrações turísticas famosas são pontos de aglomerações de pessoas, tudo que os terroristas procuram. Mas mais do que multidões os pontos turísticos famosos do mundo são locais preferidos de turistas estrangeiros de países ricos, entre eles americanos, britânicos, alemães e franceses entre outros. Foi assim no atentado ocorrido em Bali na Indonésia. Apesar do país não ser um alvo procurado por terroristas o atentado matou 202 pessoas das quais 164 estrangeiros. Entre eles australianos, americanos, britânicos e alemães. Não deixe de visitar os pontos turísticos mais famosos do planeta, mas faça em datas com menor número de visitantes.

Torre Eiffel sempre um alvo potencial

Torre Eiffel sempre um alvo potencial

Seguindo nossas dicas, usando o bom senso e contando com um pouco de sorte com certeza vocês passarão férias seguras e longe de homens bomba e atentados terroristas.

Veja Também:

Síria, guerra civil e turismo – Quatro Cantos do Mundo explica

Tunísia: Uma visão do país antes da revolução que derrubou a ditadura de Ben Ali

O nem tão fatídico 11 de setembro

10 Locais de Manifestações Políticas pelo Mundo

10 dicas para não ser furtado em Lisboa, ou em qualquer outro lugar do mundo

Afinal qual a diferença entre Seguro Viagem X Seguro Saúde X Assistência Viagem e qual o melhor para mim?

 


Responses

  1. […] Como evitar atentados terroristas durante sua viagem turística […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: