Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 09/10/2016

Apresentação do 54° Encontro dos Viajantes – 6 Dias na Provence

No dia 24 de setembro de 2016 nossa amiga Isabela Abussamra nos fez inveja (boa) relatando sobre sua inesquecível viagem a Provence, um dos destinos mais deslumbrantes do planeta. Logo de cara ela apresentou os tripulantes desta viagem fantástica: ela mesma, Flávio o maridão, Maria Luiza a filha de oito meses e Nenê o bichinho de pelúcia da Maria Luiza, mostrando que o destino é mesmo para todas as idades e tipos de viajantes.

Depois Isabela nos contou um pouco sobre seu roteiro partindo de Barcelona e como chegaram até a Provence de trem, uma verdadeira aula de planejamento de viagem já que estava muito receosa por ser a primeira viagem internacional de sua filha.

6 inesquecíveis dias na Provence

6 inesquecíveis dias na Provence

Por ser uma viajante com grande rodagem e viajar com uma criança resolveram alugar um carro e segundo ele acertaram em cheio, resultando em uma viagem personalizada e longe do corre corre dos passeios em grupo.

O seis dias acabaram ficando curtos para tantos lugares interessantes para conhecer, mas o roteiro incluiu: Avignon, Arles, Pont du Gard, Chateauneuf du Pape, Gordes, Sault e Roussilon.

Avignon foi a cidade eleita como base para os deslocamentos diários na região. É a cidade de maior peso histórico da Provence e  foi sede do papado ainda conservando os muros dos tempos medievais, onde se situa o centro histórico da cidade.

Todos atentos aos detalhes

Todos atentos aos detalhes

Arles foi a morada de Van Gogh por muito tempo e o famoso quadro “O Quarto” foi inspirado no minúsculo quarto que o pintor viveu na cidade. A feira livre de domingo com produtos orgânicos e locais é imperdível, assim como o coliseu romano onde ainda ocorrem apresentações artísticas e a Fundação Vincent Van Gogh.

Pont du Gard e um local bem bacana para quem gosta de curtir natureza. Considerado patrimônio histórico da Unesco, e um trecho de um aqueduto romano construído em três níveis que trazia água entre as cidades de Uzes até Nimes provavelmente construído no século I ac. E considerada uma obra de arte técnica e artística.

Chateauneuf du Pape é sinônimo de parreiras a perder de vista. A região e uma das mais prestigiadas da Franca na produção de vinhos. Há muitas vinícolas para se visitar. O centrinho da cidade, cheio de sobe e desce, é bem charmoso, com muitos restaurantes e há uma ruína de um castelo do século XIV, de onde é possível avistar as belas paisagens da região.

Sobre Gordes alguém escreveu este trecho na internet no qual Isabela concorda plenamente: “Se você não precisa de igrejas, ruínas, museus e monumentos, talvez nem queira sair daqui: passar os dias entre a piscina do hotel e um mercado provençal (pegue a lista no seu hotel) e um restaurante num outro vilarejo já configura férias inesquecíveis.”

Roussilon é mais um vilarejo cheio de charme mas com um toque especial. A cidade do Ocre tem suas casas pintadas com este pigmento. O contraste de cores e incrível e para quem tiver pique ainda é possível uma pequena trilha pelo Sentier des Ocres de onde no passado se retirava o pigmento que dá cor a cidade.

Sim, sim, tudo muito bonito e interessante, mas e as lavandas, a marca registrada da Provence. Elas estão próximas a Sault. A graça de Sault é passar pelos campos de Lavanda no trajeto e avistá-los do alto da cidade. A cidadezinha não tem o glamour de Gordes mas é bem simpática. E que deleite para os olhos e também para o olfato.

Por fim Isabela ainda nos deixou uma lista de lugares que gostaria de visitar, mas não teve tempo. Agora o mais importante é que na Provence você sempre vai encontrar céu azul, vinho, lavandas, esportes de aventura ou apenas contemplação, ou seja, é um destino para todos os gostos. Confira nos slides abaixo.

Família Quatro Cantos do Mundo confraternizando com Isabela

Família Quatro Cantos do Mundo confraternizando com Isabela

Veja Também:

A charmosa vila de Cassis na Côte d´Azur – França

10 cidadezinhas encantadoras para você conhecer na Europa

10 Arenas Romanas que resistem ao tempo

11 motivos para conhecer a desconhecida EsLOVEnia

No Reino da Dinamarca, de onde vem tanta felicidade?

Itália – Roteiro de 3 semanas de Milão a Roma

Um festival de cerveja, o melhor período para ir até a República Tcheca


Responses

  1. Nossa, muito legal.
    Sou apaixonada pela França.
    Conheço alguma coisa, mas na Provence ainda não tive oportunidade de ir.
    Vontade de sair voando.
    Quem sabe nas próximas férias?!
    Adorei as dicas.
    Obrigada, Quatro Cantos do Mundo, por sempre dividir com a gente tanta coisa boa e bonita.

    • Ola Nilcilene
      se for para lá não se arrependerá. O lugar é realmente fascinante.

      boas viagens

      Eder


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: