Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 28/01/2018

Casa Vicens, a primeira obra prima do genial Gaudí- Barcelona – Espanha

Casa Vicens é a primeira obra prima de Gaudí e dá uma boa ideia do ele viria a produzir mais tarde. A casa foi construída entre 1883 e 1885 como casa de veraneio da família Vicens. Nesta época o bairro de Grácia, onde a casa está localizada, ficava fora das muralhas que protegiam Barcelona e por isso foi considerada uma casa de campo. Já no primeiro trabalho Gaudí mostrou todo seu talento inigualável, sendo que em 2005 a casa foi simplesmente declarada Patrimônio Mundial da Unesco. Este foi um dos edifícios precursores do modernismo na Catalunha e na Europa.

Fachada da Casa Vicens

Um pequeno resumo da história deste monumento da arquitetura. Foi no longínquo 1883 que Manel Vicens i Montaner, um corretor da bolsa, confiou ao então jovem Gaudí o projeto de sua residência de verão na atual vila de Grácia. Em 1885 a obra termina e já em 1899 a viúva de Vicens vende a casa a Antoini Jover. Em 1925 a casa é ampliada sob a tutela de Joan Baptista Serra de Martínez, arquiteto recomendado por Gaudí. Dez anos mais tarde uma segunda ampliação. Em 1946 a casa é dividida e a cascata idealizada por Gaudí é removida. Em 1969 o Governo Espanhol declara a Casa Vicens Monumento Histórico Artístico de Interesse Nacional. Em 2005 é a vez da Unesco declarar Patrimônio Mundial junto com a Colônia Guell, Casa Batló e fachada de Natividade e cripta da Sagrada Família. Finalmente em 2017 a restauração da Casa Vicens termina e ela é aberta ao público como um museu.

Fachada interna da Casa Vicens

Sempre muita cor

Natureza até nas grades da casa

A atual configuração da Casa Vicens é resultado das muitas mudanças e transformações pelas quais passou durante muitos anos e que pode ser dividida em três espaços: a construção original (1883-1885) totalmente comandada por Gaudí, a ampliação realizada em 1925 que ficou a cargo de Joan Baptista Serra de Martínez e o jardim.

Atualmente transformada em museu, o projeto de restauração adaptou os cômodos do edifício de modo a dar a mobilidade necessária aos visitantes. Tudo isso sem modificar a obra gaudiniana. Também visando o conforto do público uma escada moderna foi instalada no lugar da antiga, bem como um elevador que conecta todos os andares do prédio.
No térreo está a área de recepção dos visitantes, no primeiro e segundo andares a exposição permanente sobre o edifício e as exposições temporais. No subsolo estão a livraria e loja de souvenires. E finalmente no jardim o Café Hoffman.

Jardim

O jardim de hoje é um resumo do que era o ambiente de entorno da casa nos finais de 1885. Inspirado na flora e fauna mediterrânea que aparecem também em todos os recursos interiores da casa como podem mostrar as fotos mais abaixo.

Assim o atual jardim conta com palmeiras, Phoenix, trachycarpus, trepadeiras, magnólias e rosas. Esta área verde sofreu redução de espaço por várias vezes durante o passar dos anos.

Um pouco do que sobrou do jardim

Sotão

O lugar era usado como depósito de carvão e hoje se converteu em loja e livraria onde se pode completar a visita com uma boa dose de conhecimento da genialidade de Gaudí.

Térreo ou Andar Nobre

Estavam localizados os cômodos de uso diurno: sala de jantar, sala de fumantes e sala de estar. A sala de fumantes além de destinada ao que o nome propõe também era um ambiente de lazer parecido a um oásis oriental. Localizado em uma sala coberta com uma falsa cúpula dourada simulando pássaros voando e trepadeiras como se a sala se conectasse ao exterior.

Ainda na sala de fumantes o teto é formado por uma estrutura de gesso que reproduz folhas de palmeiras e as paredes são revestidas de papel machê em tons verde, azuis e dourados. Abaixo do papel machê a parede é coberta de azulejos que alternam ocre e azul celeste, acima do qual aparecem rosas amarelas e vermelhas pintadas em óleo.

A sala de jantar neste mesmo andar tem móveis de madeira desenhados por Gaudí, uma coleção de pinturas de Francesc Torrescassana e ornamentação com motivos vegetais nas paredes, no teto e chaminé. Da sala de jantar, você acessa um balcão, com uma fonte de mármore que garante o frescor do espaço.

Balcão visto do lado de fora

Porta de entrada da Casa Vicens

Ornamentação vegetal também na chaminé

Balcão visto da parte interior

Todos os detalhes são inspirados na natureza

Se há flora, há também a fauna

Pintura de Francesc Torrescassana

Detalhe do encontro da parede com o teto. Parece que as trepadeiras saem da parede

Lustre da sala de fumantes em estilo oriental

Teto da sala de fumantes

Azulejos que alternam ocre e azul celeste, acima do qual aparecem rosas amarelas e vermelhas pintadas em óleo

Primeiro andar

Os cômodos de uso privado e mais íntimos da família se encontram neste andar. Dois quartos, banheiro e uma sala de estar. Cheios de decoração relacionada a natureza, repletos de simbologia, são aposentos típicos de Gaudí.

Na sacada localizada em cima do balcão, há um banco de madeira adornado com um perfil metálico de onde se pode contemplar a beleza do jardim. A sacada pode ser acessada do dormitório do casal, garantindo um ambiente iluminado e bem ventilado.

No quarto, a decoração do teto reproduz um repertório de ramos feitos com papel machê prensado e policromado em verde. As paredes são cobertas por uma camada de estuque que simboliza galhos e juncos, de um lado, e samambaias do outro. Todas as plantas representadas nos estuques da casa foram encontradas por Gaudí nas imediações da Casa Vicens.

Papel machê prensado simulando ramos

Na parede também não faltam motivos da natureza

Banheiro do quarto do casal

Mais natureza em todos as paredes

A perfeição nos detalhes

Muito lindo

Azulejos multicoloridos no banheiro

Esta linha era a separação no quarto do casal que não dormiam juntos, costume da época

Saída do quarto para sacada

Noah admirando a beleza da obra de Gaudí

Super pintura no teto

Estilo com algo de mouro

Segundo andar

No segundo andar está a exposição permanente da Casa Vicens. Aqui o visitante poderá ter uma visão global de tudo aquilo que já havia presenciado nos andares inferiores.

Esta área da casa foi profundamente reformada em muitas modificações feitas ao longo do tempo. Até foram construídos dois apartamentos totalmente independentes da casa. Visando recuperar a originalidade do edifício foram eliminadas todas as divisões interiores, pavimentos posteriores e tetos falsos. O resultado foi um espaço diáfano formado pelas vigas de madeira que sustentam as diferentes seções do telhado inclinado e pelas janelas que se abrem para as três fachadas criando uma arquitetura mourisca de múltiplas entradas e saídas que dá ao local um interessante jogo de luzes e sombras.

Maquete de casa contemporânea a Casa Vicens

Maquete de casa contemporânea a Casa Vicens

Maquete de casa contemporânea a Casa Vicens

Até as janelas tem seu charme

Maquete da Casa Vicens original

Azulejos usados na casa

Olha esta janela. genial

Cobertura

Como sempre acontece com Gaudí o melhor está no topo, como se fosse a cereja do bolo.

Casa Vicens foi a primeira cobertura com acesso a pessoas criada por Gaudí (uma de suas marcas registradas). É um autêntico mirador, um espaço de contemplação. Destaque para o sistema de recolhimento de água de chuva.

Neste telhado, uma pequena cúpula em formato de torre localizada no canto oeste da fachada e três estruturas de tijolos iguais serviram de chapéu para as chaminés da casa. Estas estruturas, assim como a fachada, são cobertas de azulejos de cerâmica verde e branco e mostram a influência da arquitetura islâmica e oriental no trabalho de Gaudí.

A área do telhado correspondente à extensão do edifício e foi adaptada para ser acessível ao público.

O telhado é sempre a melhor parte das obras de Gaudí

Proteção para as chaminés. De cair o queixo.

Fachada do telhado toda azulejada

Família aproveitando a visita

Gostou do passeio? Que tal conhecer Barcelona pelo olhar de quem mora aqui e fala seu idioma. Contrate nossos serviços de guias de turismo. Tours personalizados que atendem as suas necessidades. Alguns exemplos: Roteiro de Montjuic, Roteiro Las Ramblas e Bairro Gótico, Roteiro de parques com crianças e muito mais. Envie um email para quatrocantosdomundo@gmail.com e faça uma consulta.

Mas suas preocupações não devem ser apenas com os pontos turísticos de Barcelona. Saúde é um item primordial em uma viagem e que não deve ser negligenciado. Viaje tranquilo fazendo um Seguro Saúde conosco. Clique em Seguro Saúde e faça sua cotação on line.

Ficamos felizes em ajudar no planejamento de sua viagem. Quer retribuir nosso auxílio? Faça as reservas de suas acomodações pelo nosso link de afiliado do Booking. Você não paga nada a mais por isso e de quebra ajuda a manter o blog no ar com informações de qualidade. Não vai reservar agora? Clique no nosso link e salve nos favoritos do seu navegador para comprar depois. Não gosta de reservar pelo BookingNão tem problema. Você é bem vindo de volta ao nosso blog tantas vezes quanto desejar. Ótima viagem. Em Barcelona recomendamos o 08028 Apartments. Localizado num típico bairro catalão, você pode conhecer como vivem os locais longe da muvuca dos turistas. Mas se quiser visitar os pontos turísticos o metrô fica a vinte metros de caminhada. De quebra você pode cozinhar quando quiser e fugir da impessoalidade de um hotel. Se você não abre mão do conforto de um hotel e quer ficar perto dos pontos turísticos indicamos o Ayre Hotel Gran Vía. Perto de todas as atrações.

Vai alugar um carro para viajar? Mais uma chance de retribuir nossa ajuda. Clique em nosso link de afiliado do Rent Cars e encontre os preços mais baratos do mercado pagando em até 12 vezes.

Se preferir podemos realizar a viagem dos seus sonhos de forma personalizada e inesquecível. Conheça nossa Agência de Turismo on line. Clique em Agência de Turismo Quatro Cantos do Mundo.

Veja Também:

Casa Milá (La Pedrera) – Barcelona – Arquitetura Espetacular

Roteiros em Barcelona: Montjuïc

Roteiros em Barcelona: Ciutat Vella – Barri Gòtic, Born e Port Vell

Castellfollit de la Roca, uma peróla encravada em um penhasco dos Pirineus

Como chegar/sair do Aeroporto Internacional de Barcelona – El Prat

Montserrat – Trekking e Peregrinação nos arredores de Barcelona

Jogo do Barça no Camp Nou

Top Barcelona Gratuito

Anúncios

Responses

  1. […] via Casa Vicens, a primeira obra prima do genial Gaudí- Barcelona – Espanha — Quatro Cantos do Mund… […]

  2. […] Casa Vicens, a primeira obra prima do genial Gaudí- Barcelona – Espanha […]

  3. […]        Casa Vicens, a primeira obra prima do genial Gaudí- Barcelona – Espanha […]

  4. […] Casa Vicens, a primeira obra prima do genial Gaudí- Barcelona – Espanha […]

  5. […] Casa Vicens, a primeira obra prima do genial Gaudí- Barcelona – Espanha […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: