Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 25/02/2018

Casa Battló, a joia de Gaudí – Barcelona – Espanha

A Casa Battló foi construída em 1877 no coração da cidade de Barcelona e é considerada por muitos a obra prima mais espetacular do genial Gaudí. Conhecida em todo o mundo pela fachada original e cheia de imaginação. Para nós ela foi a inspiração do Castelo Rá Tim Bum que povoa as mentes dos trintões brasileiros até hoje. Feita de pedra, cristal e rebocada para reproduzir a forma de uma onda, a fachada ainda possui vidros coloridos e discos de cerâmica. Na parte superior, o telhado tem a forma de um lombo de um dragão com escamas, o que confere movimento e vida a casa. A fachada é apenas uma pequena amostra do que vai encontrar do lado de dentro. Lembrando que a fonte de inspiração do arquiteto sempre foi a natureza e no caso desta casa mais especificamente o mar.

Prepare-se para uma experiência inesquecível

Fachada da Casa Battló iluminada

Semelhança incrível entre Castelo Rá Tim Bum (a esquerda) e Casa Battló (a direita)

A sala principal do andar nobre dá para frente do Passeio de Grácia (um dos endereços mais famosos de Barcelona) e possui janelas de madeiras sem pilastras de suporte, de modo que ao abri-las se tem uma vista panorâmica de fora.

A famosa sacada com vista panorâmica do Passeio de Grácia

a mesma sacada vista de dentro

e em várias cores

No piso nobre, residência da família Batlló, Gaudí fez uma nova distribuição com partidas onduladas e decorou os quartos. No vestíbulo no piso térreo, uma grade de ferro resistente separa o acesso privado à casa da família Batlló. Uma grande escadaria de madeira abre caminho a partir de um corredor com tetos abobadados equipados com claraboias em forma de conchas de tartaruga. A espinha de um grande animal esculpido em madeira nobre sobe como um corrimão através de lacunas impossíveis fornecendo a toda sala um ambiente subaquático que transporta ao fantástico mundo de Júlio Verne. Aqui, a ideia do fundo do mar é muito presente, com as cores da superfície do mar e da areia.

Corrimão como a espinha dorsal de um animal

Claraboias como conchas de tartarugas

Tudo remete ao ambiente marinho

Ao final da escada até o aquecedor tem estilo

Porta de entrada da sala principal

Psicodélicas portas e janelas que dão para o quintal

Arte por todos os lados

Até o quintal é pura magia

O chão do seu quintal

Um portão um tanto diferente

E até o Gaudí deu as caras por lá

De cara para o Passeio de Grácia, está a sala de estar principal da casa, composta por um salão central e duas salas laterais que podem, se unidas formar uma ótima sala ao estilo dos modernos lofts. Na parte central uma sacada, já mencionada, que se destaca para a rua.

Sala principal da casa

Teto em redemoinho seguindo o tema mar

Close do lustre da sala em redemoinho

Vista do Passeio de Grácia em vermelho

ou lilás. Não importa a cor, simplesmente magnífico

Na saída uma foto da família no Passeio de Grácia

O pátio de luzes é uma parte importante da casa que foi reformada. Gaudí amplia o pátio e ilumina-o completamente com telhas de relevo, em diferentes tons de azul, que são mais intensos na parte superior e mais leves na parte inferior, conseguindo assim uma distribuição uniforme da luz. As janelas são menores na parte superior, onde há mais luz natural, enquanto que na parte baixa elas ficam maiores. A parte inferior das janelas incorpora fendas de madeira que podem ser abertas ou fechadas, garantindo uma boa ventilação. Na parte central do pátio de luzes está instalado o elevador, cuja bela cabine de madeira original continua em operação.

Janelas maiores na parte de baixo e tons de azul mais fortes na parte de cima = genialidade de Gaudí

Quando visitamos a casa perto do Natal havia uma simulação de nevada que a criançada adorou

Fendas de madeira para garantir a ventilação cheias de neve artificial

Fendas de madeira para garantir a ventilação cheias de neve artificial

A grande claraboia central consiste de grandes elementos de ferro e vidro e abrange o grande pátio de luzes alargado por Gaudí. Esta grande claraboia é a que permite a entrada de luz em abundância em todo o pátio de luzes. Em uma época em que ninguém pensava na economia de energia, Gaudí já estava anos luz a frente de seu tempo com intenso uso de luz natural.

A claraboia que ilumina toda a casa

Pátio de luzes visto de cima

Casa Batlló é uma obra-prima de forma, cor e luz. Gaudí antecipa com este trabalho a tese do racionalismo que chegaria 30 anos depois com sua ideia moderna de ventilação e mais uma vez voltamos ao tema economia de energia.

O trabalho como um todo é um prodígio de design. Gaudí trabalhou com os melhores artesãos de todas as áreas. A transformação do ferro forjado, onde a curva não é apenas retórica e estética, mas também reforço estrutural. Sinuosos trabalhos em madeira como portas tridimensionais com relevos surpreendentes; vitrais cheios de cor que filtram a luz natural. Telhas cerâmicas com relevos, elementos decorativos com pedras de Montjuic, tudo a disposição dos artesãos da época, deu no que deu.

Apenas uma porta ou uma obra de arte?

Nos espaços abertos e ventilados, remanescentes da arquitetura mediterrânea, chama a atenção a estrutura dos arcos. Da sala principal você pode ver o maravilhoso mundo orgânico de Gaudí. Podemos apreciar a estrutura das costelas e do esterno que criam arcos parabólicos de grande modernidade que suportam o telhado. As escadarias em espiral de simplicidade estrutural que se comunicam com o telhado também são de grande beleza.

As costelas que sustentam o telhado

em uma sala mais ampla

No telhado o protagonismo das costas do dragão voltada para fachada cede lugar aos quatro grupos de chaminés sinuosas sem que se perca o equilíbrio estético. As chaminés, como sempre faz Gaudí, são belas, mas sem deixar de serem funcionais. O vento nunca pode obstruir a saída de fumaça graças a alguns tampões no topo das chaminés que são recobertas com os mesmos vidros e cerâmicas que a fachada. Gaudí cobre as superfícies curvas com cacos de azulejos como fizeram os bizantinos.

O Lombo do dragão de cima do telhado

De tão surreal, é difícil de acreditar que foi feito por um humano

O melhor de Gaudí sempre está nos telhados

Belíssimas mas funcionais

Não poderia faltar a foto da família

Noah abismado com tanta beleza

Passeando pela casa os detalhes não deixam de surpreender em todos os lugares. As portas de cada andar são identificadas por letras de características modernistas projetadas especialmente por Gaudí para Casa Batlló. O vidro industrial usado na escada é translúcido, mas não transparente, permitindo a passagem da luz com discrição ao mesmo tempo que dependendo de como você olha distorcem o azul do pátio como se fossem belas ondas de água. É a obra de arte total, o artista intervém em tudo: design, cor, forma, espaço, luz.

G de Gaudí gravado na porta em letras modernistas

Uma casa que se tornou uma obra de arte

A Casa Batlló está localizada no Passeio de Grácia, anteriormente o que era a estrada que ligava a Ciutat Vella com Villa de Grácia, agora totalmente integrada como um bairro da cidade.

Com o desenvolvimento do Plano Cerdá, desde a sua aprovação em 1860, o Passeio de Grácia emergiu como o eixo principal de expansão na urbanização da cidade e foi aqui que as residências das famílias mais proeminentes da cidade começaram a se estabelecer. A via se torna uma caminhada para pedestres e carruagens puxadas por cavalos no século XIX e uma avenida principal para carros do século XX.

O edifício localizado no número 43 do Passeio De Grácia foi originalmente construído por Emilio Sala Cortés em 1877, quando em Barcelona ainda não havia eletricidade. Foi adquirido por D. Josep Batlló e Casanovas em 1903 que encomendou obras de Gaudí e a princípio consistiu em derrubar o edifício, mas que finalmente decidiu reformá-lo.

Antoni Gaudí realizou uma reforma total entre 1904 e 1906. Alterando o original da fachada, redistribuindo divisórias interiores e estendendo o pátio das luzes, Gaudí fez uma de suas composições artísticas mais poéticas e inspiradas.

Gaudí trabalhou sem limitações à sua liberdade criativa na transformação de um edifício de obras civis originalmente construído em 1877.

A calçada sul da Passeio de Grácia entre Consell de Cent e Aragó representa hoje uma única fachada de casas do início do século XX, construída pelos arquitetos mais destacados da cidade. Esta seção é conhecida como “A Maçã da Discórdia”, uma vez que arquitetos como Domènec i Montaner, Enrique Sagnier, Puig i Cadafalch e Antoni Gaudí construíram obras vizinhas que competiram por prêmios urbanos organizados pela Câmara Municipal de Barcelona.

Dura a competição na Maçã da Discórdia

em vermelho

roxo

verde

azul

ou laranja é difícil ser mais bonita que ela

A fachada ondulada coberta com discos de cerâmica policromada e fragmentos de vidro quebrado de diferentes cores, foi comparada com a série de pinturas a óleo de Claude Monet “Les Nimphéas” (1840-1926).

O teto com a aparência de um dragão, a cruz de quatro braços no topo de uma torre cilíndrica que emerge do telhado e pode representar o punho de uma espada, assim como as colunas com aparência de ossos e varandas ferro que sugerem crânios levaram a interpretações populares em torno da lenda de Sant Jordi (São Jorge), santo padroeiro da Catalunha.

A cruz de quatro braços no topo da torre cilíndrica

Outras lendas relacionam a fachada com os elementos do carnaval: a coroação da fachada parece um chapéu de arlequim, a cobertura de mosaicos colorida parece confetes e a forma dos trilhos são similares a máscaras.

Na cidade é conhecida como a casa dos ossos, a casa das máscaras, a casa dos bocejos, a casa do dragão. A fachada espetacular não deixa ninguém indiferente e faz com que os transeuntes parem para vê-la a qualquer momento do dia.

Casa Batlló deixou de pertencer à família Batlló na década de 1950, depois de sofrer graves danos durante a guerra civil, quando recebeu uma centena de refugiados.

Desde a década de noventa, a propriedade está nas mãos dos proprietários atuais que encomendaram obras sucessivas para recuperar e restaurar a casa inteira, estruturalmente e esteticamente. Desde 1995 uma primeira linha de atividades foi desenvolvida consistindo no aluguel de salas para eventos e convenções. Em 2002 a Casa Batlló abre suas portas ao público por ocasião do Ano Internacional de Gaudí para visitas culturais.

Atualmente, o edifício Casa Batlló é um dos ícones de Barcelona, ​​e uma das atrações culturais e turísticas mais bem valorizadas.

Gostou do passeio? Que tal conhecer Barcelona pelo olhar de quem mora aqui e fala seu idioma. Contrate nossos serviços de guias de turismo. Tours personalizados que atendem as suas necessidades. Alguns exemplos: Roteiro de Montjuic, Roteiro Las Ramblas e Bairro Gótico, Roteiro de parques com crianças e muito mais. Envie um email para quatrocantosdomundo@gmail.com e faça uma consulta.

Mas suas preocupações não devem ser apenas com os pontos turísticos de Barcelona. Saúde é um item primordial em uma viagem e que não deve ser negligenciado. Viaje tranquilo fazendo um Seguro Saúde conosco. Clique em Seguro Saúde e faça sua cotação on line.

Ficamos felizes em ajudar no planejamento de sua viagem. Quer retribuir nosso auxílio? Faça as reservas de suas acomodações pelo nosso link de afiliado do Booking. Você não paga nada a mais por isso e de quebra ajuda a manter o blog no ar com informações de qualidade. Não vai reservar agora? Clique no nosso link e salve nos favoritos do seu navegador para comprar depois. Não gosta de reservar pelo Booking? Não tem problema. Você é bem vindo de volta ao nosso blog tantas vezes quanto desejar. Ótima viagem. Em Barcelona recomendamos o 08028 Apartments. Localizado num típico bairro catalão, você pode conhecer como vivem os locais longe da muvuca dos turistas. Mas se quiser visitar os pontos turísticos o metrô fica a vinte metros de caminhada. De quebra você pode cozinhar quando quiser e fugir da impessoalidade de um hotel. Se você não abre mão do conforto de um hotel e quer ficar perto dos pontos turísticos indicamos o Ayre Hotel Gran Vía. Perto de todas as atrações.

Vai alugar um carro para viajar? Mais uma chance de retribuir nossa ajuda. Clique em nosso link de afiliado do Rent Cars e encontre os preços mais baratos do mercado pagando em até 12 vezes.

Se preferir podemos realizar a viagem dos seus sonhos de forma personalizada e inesquecível. Conheça nossa Agência de Turismo on line. Clique em Agência de Turismo Quatro Cantos do Mundo.

 Veja Também:

Casa Milá (La Pedrera) – Barcelona – Arquitetura Espetacular

A Tomada do Castelo – Parque Güell – Barcelona – Espanha

Vall de Núria porque a Catalunha também tem neve

Castellfollit de la Roca, uma peróla encravada em um penhasco dos Pirineus

Lugares Únicos no Mundo – Cidade das Artes e das Ciências – Valência – Espanha

Roteiro em Barcelona: Montjuïc

Roteiros em Barcelona: Ciutat Vella – Barri Gòtic, Born e Port Vell

Algumas razões para escolher Barcelona

Top Barcelona Gratuito

Jogo do Barça no Camp Nou

Montserrat – Trekking e Peregrinação nos arredores de Barcelona


Responses

  1. […] Casa Battló, a joia de Gaudí – Barcelona – Espanha […]

  2. […] Casa Battló, a joia de Gaudí – Barcelona – Espanha […]

  3. […] Casa Battló, a joia de Gaudí – Barcelona – Espanha […]

  4. […] Casa Battló, a joia de Gaudí – Barcelona – Espanha […]

  5. Boa tarde!! Vim comentar em relação a um post de 2015 que gostaria de saber se ainda funciona a técnica do fake ticket pra comprar passagem só de ida pra europa.

  6. […] Casa Battló, a joia de Gaudí – Barcelona – Espanha […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias

%d blogueiros gostam disto: