Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 09/09/2018

Piodão de volta para o passado – Portugal

O Piodão é também conhecido como a vila presépio devido a sua semelhança com o local de nascimento do menino Jesus. Para mim este ar de quem parou no tempo remete ao título do post: de volta para o passado. As poucas dezenas de casinhas de pedra escura com portas e janelas azuis (neste ponto parece com Santorini) perdidas nas montanhas do norte de Portugal parecem estar lá desde que o mudo é mundo, o que não deixa de ser verdade. O Piodão foi fundado em 1527 (época em que Cabral estava as voltas com a Terra do pau Brasil) e se pudéssemos usar a incrível máquina de Marty Mcfly e voltar quase 500 anos no tempo veríamos o mesmo cenário que me deparei em maio de 2018. Vila presépio ou de volta para o passado, a escolha fica com cada leitor, o mais importante é não deixar de conhecer esta vila encantadora.

Vila Presépio

Antes de chegar ao Piodão você passará por uma estrada ao mesmo tempo encantadora e assustadora. A única maneira de chegar até lá é de carro, mas nem pense em fazer este trajeto após o cair do sol, ou além do sol o que também pode cair é seu carro penhasco abaixo. Isso mesmo, a estrada serpenteia a serra do Açor e a poucos centímetros da sua roda está um penhasco destes de acidentes de filme de Hollywood.  Nem dá para imaginar porque a estrada é de duas mãos. Se na ida você dirige colado nas montanhas e um pouco mais longe do abismo, na volta é pura emoção a cada curva. A adrenalina é ainda maior ao cruzar com outro veículo no sentido contrário. Eu mesmo quase parava o automóvel de tão baixa a velocidade. Mas ao mesmo tempo as vistas são sensacionais e a cada tanto existem refúgios na estrada onde você pode estacionar seu carro, descer e tirar fotos de tirar o fôlego na ascensão da palavra. Sugiro alugar um carro de pequeno porte para fazer esta viagem que caberá melhor na estreita estrada que te espera. Os melhores preços de aluguel de carros, nas companhias mais renomadas do mercado você encontra aqui: Rentcars.

A estrada mais parece uma serpente de tão sinuosa

Povoados vistos da beira da estrada. A faixa de rodagem fica a centímetros do penhasco

Mais um pouco na estrada e o Piodão começa a dar sinais de vida

e finalmente avistei o Piodão “camuflado” na paisagem

e mais de perto dá para ver melhor as casinhas todas iguais penduradas no penhasco

Logo na chegada ao vilarejo você verá um estacionamento totalmente gratuito, coisas de uma vila que surgiu bem antes da invenção do automóvel. De cara você encontrará o único edifício da aldeia que não é feito de xisto (pedra comum a todas as casas), a igreja matriz, branca e alva como um lençol de hotel cinco estrelas chama atenção no cenário escuro das pedras de xisto.

A igreja matriz em contraste com o restante dos edifícios do Piodão

A única semelhança da igreja com o restante da vila são os detalhes no mesmo tom de azul presentes em todas edificações do Piodão. Ao seu lado está o posto de informações turísticas. Não que você vá precisar muito dos serviços de informação, afinal a vila pode ser vista em todos seus detalhes em apenas uma hora, mas bata um papo com as atenciosas atendentes e pegue um mapa mesmo sem precisar de um, pois nele é contada um pouco da história do vilarejo.

Museu do Piodão e em baixo a Informação Turística

Sejam prédios grandes como este ou pequenos, todos têm o mesmo padrão

Corredores estreitos para se perder pela vila

e ninguém pelas ruelas

As portas e janelas azuis como de Santorini

se destacam das escuras pedras de xisto

formando um cenário encantador

em todos seus cantos

Parece ou não um presépio?

No mais é caminhar pelas ruelas estreitas do Piodão e apreciar a beleza da arquitetura local que além do xisto usado na construção das paredes também tem tetos confeccionados em ardósia. Dizem que é para evitar que os tetos saiam voando nas inúmeras ventanias comuns na região. Este conjunto todo faz do Piodão um lugar bastante pitoresco, interessante e que vale a visita mesmo estando tão afastado de tudo.

Teto de ardósia

Na dúvida se o teto aguenta a ventania ainda se colocam umas pedras bem pesadas

Outros pontos de interesse na aldeia são o busto do Cônego Manuel Fernandes Nogueira (fundador do colégio local que hoje já não existe mais), a capela de São Pedro, fonte dos Algarves, capela das almas, a vista panorâmica, a praia fluvial e a capela da nossa Senhora do Bom Parto. Sem falar nas inúmeras trilhas da região, a mais famosa delas nos leva até a Foz da Égua outra praia fluvial da região.

A pequenina Capela de São Pedro

A praia fluvial do Pidodão em um dia de muita chuva

Trilha para Foz d´égua

Outra característica bastante interessante do Piodão é o ar de mistério e cenário de filme de suspense. A mistura das casas em tom escuro, o clima de serra sempre nublado e cinzento e a total falta de pessoas nas ruas dá um ar hitcoquiano ao local. É verdade que no dia de minha visita caiu o céu em forma de chuva, mas além da simpática atendente da informação turística, a vendedora da lojinha de souvenires foi a única outra pessoa que vi na cidade. Parecia mais uma cidade evacuada às pressas. Segundo a vendedora eram as águas de maio fechando a primavera, versão portuguesa de Águas de Março.

Para aumentar ainda mais o clima de mistério do local foi aqui que Diogo Lopes Pacheco, um dos únicos assassinos de D. Inês de Castro que conseguiu escapar a vingança de D. Pedro I se refugiou.

Quando a chuva começa

o ar hitcoquiano penetra ainda mais nas entranhas da pequena vila

e não a deixa mesmo depois da chuva cessar

mesmo com flores e portas coloridas

Algo bastante pitoresco

Localização

O Piodão como já foi dito fica na Serra do Açor, região norte de Portugal. As maiores cidades da região são Coimbra localizada a pouco menos de cem quilômetros ao oeste do Piodão e Viseu a mesma distância mas rumando para o norte. Veja o mapa abaixo.

Onde se hospedar

Minha sugestão é o hotel de nome bastante pitoresco: 12 Meses Naturalmente. Localizado a dezenove quilômetros do Piodão esta pousada é bastante acolhedora, um casal, ela portuguesa e ele luxemburguês te dão as boas vindas de maneira bastante efusiva. No dia que me cheguei era o único hóspede do local, o que traz uma ótima sensação de paz e tranquilidade. Os quartos todos (são apenas seis) tem uma varada king size com vista para as montanhas e uma piscina de borda infinita na beira do penhasco é o toque final de bom gosto. O café da manhã é excelente e minha nota no Booking seguiu a da maioria dos clientes, dez.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Se quiser se hospedar no coração do Pidão a melhor opção é a Casa da Padaria. Café da manhã excelente preparado pela proprietária, cama muito confortável e vista da vila fazem o trio perfeito desta hospedagem.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Quando ir

Como em quase todos destinos europeus a melhor época do ano para visitar o Piodão é mesmo durante o verão. Período de poucas ou quase nenhuma chuva como podem ver no gráfico pluviométrico abaixo e com temperaturas agradáveis com médias ao redor dos vinte e cinco graus centígrados.

A vendedora estava certa, as chuvas terminam em maio

Verão é mesmo a melhor época do ano para conhecer o Piodão

Outras atrações da região

A região é repleta de vilarejos encantadores. Infelizmente não tive tempo de conhecer todos, mas fica a dica para visitar também Almeida, Belmonte, Castelo Mendo, Castelo Novo, Castelo Rodrigo, Idanha a velha, Linhares da Beira, Marialva, Monsanto, Sortelha e Trancoso.

Mas suas preocupações não devem ser apenas com os pontos turísticos do Piodão. Saúde é um item primordial em uma viagem e que não deve ser negligenciado. Viaje tranquilo fazendo um Seguro Saúde conosco. Clique em Seguro Saúde e faça sua cotação on line.

Ficamos felizes em ajudar no planejamento de sua viagem. Quer retribuir nosso auxílio? Faça as reservas de suas acomodações pelo nosso link de afiliado do Booking. Você não paga nada a mais por isso e de quebra ajuda a manter o blog no ar com informações de qualidade. Não vai reservar agora? Clique no nosso link e salve nos favoritos do seu navegador para comprar depois. Não gosta de reservar pelo Booking? Não tem problema. Você é bem-vindo de volta ao nosso blog tantas vezes quanto desejar. Ótima viagem.

Vai alugar um carro para viajar? Mais uma chance de retribuir nossa ajuda. Clique em nosso link de afiliado do Rent Cars e encontre os preços mais baratos do mercado pagando em até 12 vezes.

Se preferir podemos realizar a viagem dos seus sonhos de forma personalizada e inesquecível. Conheça nossa Agência de Turismo on line. Clique em Agência de Turismo Quatro Cantos do Mundo.

Veja Também:

Ponte de Lima e a Paisagem Protegida do Corno do Bico – Portugal

Lugares Únicos no Mundo – Casa do Penedo – Portugal

Lenda de Montemor-o-Velho

Foi para Portugal perdeu o lugar? Não, perdeu a palavra

Milionários excêntricos no Solar do Vinho do Porto – Porto – Portugal

10 cidadezinhas encantadoras para você conhecer na Europa

Balneário e Spa de Montanejos – Espanha

Lugares Únicos no Mundo – Cinque Terre – Itália

Vall de Núria porque a Catalunha também tem neve


Responses

  1. […] Piodão de volta para o passado – Portugal […]

  2. […] Piodão de volta para o passado – Portugal […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias

%d blogueiros gostam disto: