Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 22/12/2018

O Tió de Nadal – a lenda mitológica do Natal catalão

As lendas e mitologias de um país ou neste caso de uma região sempre me fascinaram. Vivendo em Barcelona não pude deixar de me encantar pela lenda do Tió de Nadal (Tronco de Natal em português). A tradição está relacionada com o período natalino em toda Catalunha e com alguma presença também em outras regiões da Espanha (Aragón) e sul da França. Eu como estrangeiro vejo no Tió semelhanças com muitas outras tradições de Natal do mundo.

Trata-se de um tronco de lenha grosso que usa uma barretina (típico gorro de lã catalão) que para mim remete ao tradicional gorro vermelho do Papai Noel.  Além do gorro o Tió também usa uma manta para não passar frio. A parte frontal do tronco é decorada com uma cara sorridente. Assim já está pronto seu Tió.

Reparem nas caras de felicidade da família de Tiós

A típica barretina catalã usada também pelo Tió

A partir do dia 8 de dezembro (dia de Imaculada Conceição) ou no início do Advento o Tió começa a aparecer nas casas, escolas e em todos os lugares onde existam crianças na Catalunha. Apesar da relação com datas santas o Tió é uma mitologia e, portanto, totalmente pagão. Estas misturas do que é santo com o que é pagão realmente me encantam. E sem trocadilho com a santidade, vocês ainda não sabem da missa a metade. A lenda do Tió é uma das mais criativas que já escutei na minha vida.

Luna dando comida ao Tió da escola

O Tió da escola do Noah além da coberta tem até uma casinha. Reparem na quantidade de comida dada ao Tió

Uma vez que o Tió chegou, pais e filhos devem alimentá-lo todas as noites com casacas de mexerica (isso antigamente quando não havia tanta bonança) ou com as próprias mexericas (nos dias mais abastados de hoje). Também se dá aos Tiós bolachas, chuches (doces aqui na Catalunha), piruletas (pirulitos) e outros tipos de comida. Isso me remete também a outra tradição natalina, a do peru de Natal que deve ser bem alimentado para o dia da ceia.

Confeccionando seu próprio Tió

muita diversão

Bem alimentados e quentinhos em casa

Chegada a Nochebuena (noite de Natal), é a hora do Tió retribuir toda comida dada na cerimônia do cagatió. Cantando canções para lá de esdruxulas e muito divertidas as crianças batem no tronco com bastões para que o Tió cague chuches (doces) e regalos (presentes). É isso mesmo que vocês leram, o Tió caga ou em términos menos chulos ele defeca doces e presentes para as crianças depois de apanhar com um pau. Diria que de pacifista não encontramos nada nesta tradição, mas enfim tradição é tradição. Lembram da coberta que o Tió usa para não passar frio? Esta é a história que os pais contam para os filhos. A coberta na verdade serve para que os pais ponham os doces e presentes em baixo do Tió sem que as crianças vejam. Afinal um tronco nem em seus maiores delírios poderia cagar doces. A cerimônia do cagatió me remete a outra tradição natalina: a de colocar os presentes em abaixo da árvore de Natal.

Apesar das pauladas o Tió nunca deixa de sorrir

Abaixo vídeos com as músicas cantadas e suas respectivas traduções ao português:

A canção mais tradicional

Letra em catalão/Letra em Português

Caga tió/Caga Tió

caga torró/Caga torrone

avellanes i mato/avelãs e coalhada

si no cagues bé/se não cagar bem

et daré un cop de bastó/te darei um golpe de bastão

caga tió/caga Tió

Segunda canção

Letra em catalão/Letra em Português

Caga tió/Caga tió

ametlles i torró/amendoas e torrones

no caguis arengades/não cagues arenques (peixe)

que són massa salades/que são muito salgados

caga torrons/caga torrones

que són més bons/que são muito melhores

Caga tió/Caga tió

ametlles i torró/ amendoas e torrones

si no vols cagar/se você não quiser cagar

et donaré un cop de bastó/vou te bater com um pau

Caga tió/Caga tió

Muito importante não confundir o Tió em si com a cerimônia do cagatió. Quando cheguei aqui eu achava que o boneco feito de tronco se chamava cagatió e muita gente ainda se refere ao boneco como cagatió, quando na verdade seu nome é apenas Tió ou Tió de Nadal.

Importante dizer também que aqui na Espanha quem traz os presentes são os Reis Magos no dia seis de janeiro, como levaram a Jesus. Claro que com a globalização o Papai Noel já deu as caras por aqui, mas em uma ordem de importância para as crianças locais estão em primeiro os Reis Magos, depois o Tió e o Papai Noel vem no fim da fila. O Tió vem em socorro das crianças para que não passem o Natal em branco. Por isso ele traz apenas doces e pequenos presentes de pouco valor, pois fica reservado para o dia seis a chegada dos reis com os presentes que as crianças esperaram o ano inteiro. No tradicional dia de Reis existe a cavalgada (desfile) dos reis chegando a cidade. Em Barcelona eles chegam por mar e depois de cima de um carro alegórico (parece um carnaval) eles jogam balas para as crianças. Nesta noite entregam os presentes as crianças que se comportaram bem durante o ano que passou. Aos que não se comportaram bem ele traz um pedaço de carvão. Quer saber mais sobre mais esta tradição espanhola? Clique em Dia de Reis na Espanha.

Mas suas preocupações não devem ser apenas com os pontos turísticos locais. Saúde é um item primordial em uma viagem e que não deve ser negligenciado. Viaje tranquilo fazendo um Seguro Saúde conosco. Clique em Seguro Saúde e faça sua cotação on line.

Ficamos felizes em ajudar no planejamento de sua viagem. Quer retribuir nosso auxílio? Faça as reservas de suas acomodações pelo nosso link de afiliado do Booking. Você não paga nada a mais por isso e de quebra ajuda a manter o blog no ar com informações de qualidade. Não vai reservar agora? Clique no nosso link e salve nos favoritos do seu navegador para comprar depois. Não gosta de reservar pelo Booking? Não tem problema. Você é bem vindo de volta ao nosso blog tantas vezes quanto desejar. Ótima viagem.

Vai alugar um carro para viajar? Mais uma chance de retribuir nossa ajuda. Clique em nosso link de afiliado do Rent Cars e encontre os preços mais baratos do mercado pagando em até 12 vezes.

Se preferir podemos realizar a viagem dos seus sonhos de forma personalizada e inesquecível. Conheça nossa Agência de Turismo on line. Clique em Agência de Turismo Quatro Cantos do Mundo.

Gostou do post? Que tal conhecer Barcelona pelo olhar de quem mora aqui e fala seu idioma. Contrate nossos serviços de guias de turismo. Tours personalizados que atendem as suas necessidades. Alguns exemplos: Barcelona Olímpica, Coração de Barcelona, Barcelona Monumental, De Barcelona ao céu, Evocando Baco e Catalunha Romana. Roteiro de parques com crianças e muito mais. Envie um email para quatrocantosdomundo@gmail.com e faça uma consulta.

Veja Também:

Dia de Reis na Espanha

Como é criar os filhos em Barcelona – Espanha

As lendas aborígenes do outback australiano

Lendas, Histórias e Folclore da Bolívia

As Lendas da Baobab – África

Palácio da Música Catalã, para aguçar os cinco sentidos – Barcelona – Espanha

Vall de Núria porque a Catalunha também tem neve

Os 10 melhores parques ao ar livre de Barcelona

Casa Battló, a joia de Gaudí – Barcelona – Espanha

Parque de Can Mercader – Para quem sempre sonhou em dirigir um Ferrorama – Barcelona – Espanha

Parque del Turó de Can Mates – A meca dos escorregadores gigantes – Barcelona – Espanha

Descidas infinitas nos escorregadores do Parque de la Solidaridad – Barcelona – Espanha

Castellfollit de la Roca, uma peróla encravada em um penhasco dos Pirineus


Responses

  1. […]        O Tió de Nadal – a lenda mitológica do Natal catalão […]

  2. […] O Tió de Nadal – a lenda mitológica do Natal catalão […]

  3. […] O Tió de Nadal – a lenda mitológica do Natal catalão […]

  4. […] O Tió de Nadal – a lenda mitológica do Natal catalão […]

  5. Estão alimentando os tronquinhos direitinho???? rs

  6. […] com tomate. Em casa tem pão de queijo, mas não dispensamos uma tortilla. Elas agora acreditam no Tió e nos Reis Magos, mas não deixaram de acreditar no Papai Noel. Eles continuam a jogar futebol, mas […]

  7. […] O Tió de Nadal – a lenda mitológica do Natal catalão […]

  8. Vas força errat, em sap greu dir-ho. El tió no té cara, ni barretins. Hi ha llocs on és una simple cadira. Això de fer-li cara és una novetat de la degeneració dels darrers 20 anys. Aquested fotos amb nens fent com que el peixen, més això de la cara etc. és una burla dels mateixos que destrueixen la resta del país. La gent normal, els catalans que no sabem què és això que dius que es diu de “chucha” o així, mai hem fet cagar tions amb cares. Els troncs tenen cara? I mai hem tractat el tió amb aquest poc respecte, com si fos una joguina de criatures. No. Això és així. El tió és una cosa greu. Molt més gros del que per aquí es fotografia. No té cara ni ningú n’hi ha necessirat mai. Ni sel peix sinó que se’l quasi venera. Només és cert que en algunes llars riques li donen fruites etc. quan de fet se li haurien de donar les triadures. Si tan t’agraden les tradicions com aquestes, és estrany que no t’hagis assabentat com és realment. És clar que si els teus informadors parlaven aquest català que dius… no podia anar de cap més manera. Però ànims. Sempre hi ets. atemps

    • Ola
      a tradição é o que um povo faz no presente mesmo que isso tenha mudado com o passar do tempo. e hoje é assim que o Tió existe, exatamente da maneira que eu descrevi

      • No hi estic d’acord, amb tots els respectes. Justament la tradició és el contrari de l’esnovisme i sobretot del que tenim aquí, que no és res més que una degeneració. Si la posició que vostè defensa fos certa, no es podria definir res. Si jo vinc a viure a Portugal, posem per cas, i parlo en català i dic que ara el portuguès es parla així vostè em respondrà que sóc lliure de pensar-ho, però que el que parlo jo no és pas portuguès. Però si som milers els que venim, milions, i fem el mateix, i posem a la presó tots els que ens ho neguin etc. aleshores seria veritat que el que parlaríem (català) seria portugès? No. Seria català. Doncs això del Tió és el mateix. S’ha de ser prou viu per a veure què passa aquí: vostè em diu que això que explica és veritat, perquè passa realment, s’esdevé així en la realitat. Oh i tant! S’esdevé així, però per començar suposo que s’adona que vostè ja ha seleccionat la informació (o li ha arribat seleccionada) perquè no explica com ho fem milers de catalans que resulta que és la manera tradicional. A més, al començament del seu escrit vostè es declara amant d’aquestes tradicions reculades etc. Doncs la veritat, no sé què hi troba en una novetat de degenerats superficials que només anticipen la desaparició de la tradició, vaja que ja l’és fins allà on arriba aquest ninot insultant. Em sorprèn que si li agarada tant la tradició justament es fixi en aquestes degeneracions. Perquè cregui’m que és això, una degeneració. Una cosa és que les coses canviïn i una altra que degenerin. Aquest ninot és una burla a tothom. Ni evolució ni romaços. Per què es pensa si no que el cofen amb barretina. Els Reis de l’Orient sí que es representen amb barretina en retaules antics diversos però no veig que a les cavalcades la duguin mai. Què ho deu fer. També em dirà que en català diem Chachu o chache o no sé com ho ha posat… Però és una altra mentida. Em sap greu. No li dic amb cap ànsia d’ofendre’l. El contrari. Bé, és igual… ja he escrit massa. Però sàpiga que s’equivoca. Els que fan això del ninot aquest no fan res que tingui a veure amb la tradició muil-lenària del que fem els catalans silenciats. El que fan és un invent de quatre comerciants instal-lats aquí des d’Andalusia o qui sap d’on. Si vol considerar els invents de pastisser una tradició, endavant. Però li recomano molt més vivament la tradició, encara que costi més de veure.

      • Ola Joel
        primeiro lhe agradeço por manter o respeito na discussão. Depois obrigado por me informar que há outro tipo de tradição do Tió da qual eu não tinha a mínima ideia que existia. Infelizmente você gostando ou não a “nova” tradição existe e é muito forte, tanto que eu nem conhecia a antiga tradição. Digo mais a nova atradição está presente em escolas públicas e também nos centros cívicos, ou seja, é uma política do governo local de Barcelona. Tomei a iniciativa de perguntar a amigos catalães e eles como eu desconocem a antiga tradição do Tió. Assim se você quer realmente manter as antigas tradições é bom tratar de divulgá-las pois a nova está dominante pelo menos em Barcelona
        abs
        Eder

  9. Igualment, gràcies per l’amabilitat també. Doncs realment és així: pensa que et puc assegurar que fins als anys 80 del segle XX tothom que seguia aquesta tradició ho feien amb un tros de fusta. Majoritàriament un tronc, però sé de gent que ho feien amb una caixa de fusta o amb un o diverses cadires! No ho trobes fascinant, això sí? Pensa que els dies abans se li dóna menjar. Se li solen donar les triadures. I pensa una altra cosa: al Tió mai no ha estat una joguina com ara es professa. Hi havia unció en tot el que l’envolta. Al Tió no se’l pot molestar i els nens quasi mai el toquen. El mal és precisament que les institucions hi han fumut cullerada. Són les escoles i ajuntaments els principals culpables d’aquestes novetats inventades per a fee negoci i sobretot per a emular altres tradicions com la del Pare Noel etc. Imagina’t que ara es pintés una cara als anglesos que fan l’Arbre de Nadal, i que hi posessin braços o cames… Què en dirien els mateixos anglesos? Una cosa és posar-hi llumets on abans hi posaven adorns sense electricitat. Això és una evolució. Però no fer-ne un altre personatge. Pensa que quan se li dibuixa cara deixa de ser l’essència: justament un element vegetal que pren funcions diguem-ne animals, sense deixar de ser vegetal. Quan li fan cara adulteren aquest punt tan important. Però és que com veus, el que fan és fer creure que és com diuen ells que es fa! I no és així. Per sort uns quants seguim fent-ho com ho feia tothom fa 20 o 30 anys. Però no et pensis… L’escola fa molt mal. Què hi farem. Si t’interessa sembla que el tipus de tradició s’assembla a la del Badnjak dels balcans o com deia, a l’Arbre de Nadal. Pots també mirar què en diu l’Amades (Joan Amades). Salut!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Categorias

%d blogueiros gostam disto: