Publicado por: Quatro Cantos do Mundo | 24/02/2019

Aigues-Mortes, a cidade do lago cor de rosa – Roteiro de três semanas na Provence

Lago cor de rosa visto do alto (foto do site : http://www.visitesalinsdecamargue.com)

Trabalhadores extraindo sal do lago

Aigues-Mortes é uma típica cidadezinha da Provence. Tem sua muralha que a protegia dos invasores séculos atrás. Ruelas estreitas onde mal cabe um carro. Casinhas com janelas coloridas e um carrossel que toda cidade francesa que se preze tem que ter. Mas além de tudo isso que já tínhamos visto aos montes na Provence, Aigues-Mortes tem também um lago cor de rosa. Você não desaprendeu a ler, é exatamente isso, o lago não é azul, nem verde, ele é rosa como a pantera, da mesmíssima cor do carro da Mary Kay ou das roupas da Barbie. Da cor do boto, que se nadasse em suas águas teria uma excelente camuflagem.

Dito isso, nada mais importa. Afinal o lugar que tem um lago cor de rosa não precisa de mais nada. Basta subir as fotos para o post e vocês instantaneamente se apaixonam pelo lugar e agendarão a viagem. É claro que não faremos isso, pois sempre procuramos dar o máximo de informações em nossos textos. Mas como diz o ditado, toda brincadeira tem um fundo de verdade. E a verdade é que as pessoas concentrarão sua atenção muito mais nas imagens do que nas palavras deste post.

A cereja do bolo fica para o final. Assim recomendamos primeiro conhecer a cidade e depois se aventurar até o lago cor de rosa. Aigues-Mortes fica no litoral da Provence e esta localização é o que explica existência de um lago cor de rosa. Distante quarenta e quatro quilômetros de Arles em direção a oeste e trinta e quatro quilômetros de Montpellier a cidade está no caminho das rotas mais conhecidas da Provence. Já da maior cidade da Provence (Marselha) são cento e trinta e seis quilômetros. Veja o mapa abaixo para se localizar bem.

Chegando a cidade de carro há um imenso estacionamento do lado de fora da muralha. Estacione seu carro no local pagando pela quantidade de horas que pretende passear pela cidade. A distância até a entrada da muralha é de poucos metros. Antes de chegar a cidade antiga você passará pelo carrossel da cidade. Preferimos girar em círculos ao som da tradicional melodia no caminho de volta para o carro. Seria o prêmio das crianças pelo bom comportamento que teriam ao longo do dia. PS: elas ganharam o prêmio.

O carrossel que toda cidade francesa tem que ter

A cara de alegria do moleque

Na parte intramuros a cidade se resume a um retângulo com quatro ruas de norte a sul e mais quatro de leste a oeste que se cruzam. Algumas com comércio abundante, restaurantes, lojas de doces e souvenires aos montes. Já outras com pouco ou quase nenhum movimento, onde você pode caminhar mais à vontade e admirar a beleza da arquitetura local. No centro da cidade antiga há uma praça com um chafariz que foi a melhor diversão para as crianças que sem cerimônia afugentaram o calor do verão provençal com um providencial banho na fonte.

As ruas muito movimentadas com comércio abundante

e as mais calmas

com pouca gente

onde podemos apreciar a arquitetura local

a beleza da natureza

com casinhas reformadas

e cada detalhe

de scooters

as bicicletas sempre presentes no cotidiano francês

As crianças não resistiram a loja de doces

só brincadeira

Mas o melhor da cidade foi aqui

Água para se refrescar do sol inclemente

Todos entraram na brincadeira

A Luna brincou tanto que dormiu

mas seus irmão seguiram

muito felizes

e depois também com cara de cansados

Tente sair da muralha pela entrada oposta a que entrou. Existe um enorme campo livre em que você pode fotografar a muralha toda. Se você se afastar o suficiente a muralha vai caber em uma foto. Caso contrário tente fazer uma foto panorâmica (se sua câmera tiver este recurso). Ainda nesta saída, caminhando um pouco mais você encontrará um barco e de longe poderá avistar uma pequena parte do lago cor de rosa.

Saída da muralha

Veja como era alta a fortificação da cidade

Panorâmica da muralha

O barco encalhado

Uma das outras portas da muralha

Antes de rumar para principal atração do local vale a dica para evitar confusões. Na entrada da muralha existe um passeio de trenzinho que não é o mesmo usado para conhecer o lago cor de rosa. Este trenzinho apenas percorre as imediações da cidade. O lago também pode ser conhecido em trem, mas fica a cerca de três quilômetros da cidade. Quase nos enganamos de trem.

Na saída uma foto da muralha por dentro

e da torre do relógio

Dito isso, rume para as Salinas du Midi (vide mapa). Na verdade, o lago cor de rosa nada mais é que uma salina ou lago salgado. Durante o inverno as comportas são abertas e as imensas áreas das salinas são inundadas por água do mar. Então se fecham as comportas e espera-se que o sol do verão vá evaporando a água pouco a pouco. No verão, quando o vento deixa de soprar é chegada a época da extração da flor de sal. O trabalho continua a ser feito manualmente como no passado por apenas dez trabalhadores. Além da extração da flor de sal, o local virou atração turística tamanha a beleza e raridade de um lago de águas cor de rosa.

Lagoas de sal ainda com água

Depois de extraído o sal forma estas montanhas gigantescas

Um mar branco

Um pouco rosa

e de mais perto é mesmo muito rosa

Inacreditável

Mas porque as águas do lago têm coloração rosa? Devido a Dunaliella Salina. What? Explico. Dunaliella Salina é uma alga existente em lugares onde há alto nível de sal. Ela se mantém viva absorvendo a luz solar e gerando mais energia através disso. Nesse processo, devido ao seu pigmento inconfundível e vermelho, a água se torna rosa. Quatro Cantos do Mundo também é ciência.

Voltando ao passeio. Existe um trajeto pré determinado que pode ser feito de trenzinho (como já mencionado anteriormente), mountain bike, com sua própria bicicleta, a pé ou de 4×4. Abaixo algumas informações úteis para visitar o lago cor de rosa.

É neste trenzinho que você vai

Horário de funcionamento

Aberto de 12 de março a 11 de novembro. Os horários variam de acordo com a época do ano. No auge do verão são 15 saídas diárias dos trenzinhos desde as nove da manhã. Para checar todos os horários ou comprar seu ticket clique em  Horários e ingressos.

Preços de ingressos

Trenzinho (Duração uma hora e quinze minutos)

Adultos: 10.20 €

Crianças (5 a 13 anos): 8,20 €

Pacote familiar (2 adultos + 2 crianças de 5 a 13 anos): 32 €

Deficientes: 8,30 €

Mountain Bike (Duração três horas)

Alugando bicicleta: 28 €

Usando sua própria bicicleta: 23 €

Mínimo de 8 pessoas por tour. Crianças a partir de 13 anos

A pé (Duração três horas)

Adultos: 18 €

Crianças (10 a 13 anos): 12 €

Pacote familiar (2 adultos + 2 crianças de 10 a 13 anos): 46 €

4X4 (Duração três horas)

Adultos: 40 €

Crianças (5 a 13 anos): 20 €

Mínimo de 8 pessoas por tour.

Além de tudo já mencionado acima você ainda vai encontrar um pequeno museu explicando como é feita a extração da flor de sal, se tiver sorte alguns pássaros da fauna local, incluindo flamingos, uma montanha de sal que você pode escalar para ter uma visão privilegiada da região e uma loja para comprar os mais diversos tipos de sal para culinária.

Para tirar fotos no museu

Encara escalar esta montanha de sal?

Muralha vista de cima da montanha de sal

Panorâmica da Salinas du Midi

Desta vez não acampamos, optamos por ficar hospedados num motor home fixo em Arles. Uma casa com rodas, mas que não sai do lugar. Tudo novinho em folha e super equipado. Adoramos o Camping L’ Arlesienne e super recomendamos. As fotos e vídeos abaixo são simplesmente fantásticos.

Nosso motor home

Tobogã de fazer inveja a muito parque aquático

 

Se preferir um hotel bem no coração de Aigues-Mortes sugerimos o La Villa Mazarin simplesmente deslumbrante. Um antigo casarão francês reformado com piscina e quartos super espaçosos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mas suas preocupações não devem ser apenas com os pontos turísticos de Aigues-Mortes. Saúde é um item primordial em uma viagem e que não deve ser negligenciado. Viaje tranquilo fazendo um Seguro Saúde conosco. Clique em Seguro Saúde e faça sua cotação on line.

Ficamos felizes em ajudar no planejamento de sua viagem. Quer retribuir nosso auxílio? Faça as reservas de suas acomodações pelo nosso link de afiliado do Booking. Você não paga nada a mais por isso e de quebra ajuda a manter o blog no ar com informações de qualidade. Não vai reservar agora? Clique no nosso link e salve nos favoritos do seu navegador para comprar depois. Não gosta de reservar pelo Booking? Não tem problema. Você é bem vindo de volta ao nosso blog tantas vezes quanto desejar. Ótima viagem.

Vai alugar um carro para viajar? Mais uma chance de retribuir nossa ajuda. Clique em nosso link de afiliado do Rent Cars e encontre os preços mais baratos do mercado pagando em até 12 vezes.

Se preferir podemos realizar a viagem dos seus sonhos de forma personalizada e inesquecível. Conheça nossa Agência de Turismo on line. Clique em Agência de Turismo Quatro Cantos do Mundo.

Veja Também:

Cheiros, cores e sabores – Roteiro de três semanas na Provence

Lugares Únicos no Mundo – Carrières de Lumières – Le-Baux de Provence – França

Lugares Únicos no Mundo – Gorges du Verdon – Provence – França

A caçada aos campos de lavandas- Roteiro de três semanas na Provence

Arles o lar de Van Gogh – Roteiro de três semanas na Provence

Provence

Nimes, o anfiteatro romano mais bem conservado do mundo – Roteiro de três semanas na Provence

Lugares Únicos no Mundo – Pont D´Arc – Provence – França

Pont du Gard – Um aqueduto que resiste intacto há 20 séculos -Roteiro de três semanas na Provence

Visita ao Cellier des Princes, mergulhando no mundo do famoso vinho Châteauneuf-du-Pape

Fontaine de Vaucluse, Abadia de Notre Dame de Sénanque e Gordes, um dia de cartões postais – Roteiro de três semanas na Provence

Vaticano que nada, Avignon a casa do papa é francesa – Roteiro de três semanas na Provence

O dia das cidadezinhas charmosas da Provence – Oppede-le-Vieux, Menerbes, Lacoste e Roussilon

A charmosa vila de Cassis na Côte d´Azur – França

Outros Lugares Únicos no Mundo

Lugares Únicos no Mundo – Casa do Penedo – Portugal

Lugares Únicos no Mundo – Cinque Terre – Itália


Responses

  1. […] via Aigues-Mortes, a cidade do lago cor de rosa – Roteiro de três semanas na Provence — Quatro Cant… […]

  2. […] Aigues-Mortes, a cidade do lago cor de rosa – Roteiro de três semanas na Provence […]

  3. […] Aigues-Mortes, a cidade do lago cor de rosa – Roteiro de três semanas na Provence […]

  4. […] Aigues-Mortes, a cidade do lago cor de rosa – Roteiro de três semanas na Provence […]

  5. […] Aigues-Mortes, a cidade do lago cor de rosa – Roteiro de três semanas na Provence […]

  6. […] Aigues-Mortes, a cidade do lago cor de rosa – Roteiro de três semanas na Provence […]

  7. […] Aigues-Mortes, a cidade do lago cor de rosa – Roteiro de três semanas na Provence […]

  8. […] Aigues-Mortes, a cidade do lago cor de rosa – Roteiro de três semanas na Provence […]

  9. […] Aigues-Mortes, a cidade do lago cor de rosa – Roteiro de três semanas na Provence […]

  10. […] Aigues-Mortes, a cidade do lago cor de rosa – Roteiro de três semanas na Provence […]

  11. […] Aigues-Mortes, a cidade do lago cor de rosa – Roteiro de três semanas na Provence […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Categorias

%d blogueiros gostam disto: