Continuamos a divulgar as atrações gratuitas de São Paulo. Com este post já temos 50 lugares que você pode se divertir em São Paulo sem enfiar a mão no bolso. E nossa lista não vai parar por aqui. Em breve teremos mais dez atrações que Sampa nos oferece de graça, mas que infelizmente pouca gente aproveita. No final do post confira as quarenta primeiras que já foram ao ar.

Todas as atrações de São Paulo grátis

Todas as atrações de São Paulo grátis

Leia Mais…

Desertos de sal tão brancos que mais parecem neve, montanhas que mais parecem um arco íris de tantas cores diferentes, cactos gigantescos que não poderíamos imaginar nem num filme de ficção científica, dezenas de ruínas de civilizações pré colombianas, montanhas esculpidas pelo vento nos mais variados formatos, uma mescla cultural única entre as crenças cristãs espanholas e o culto a pachamama (mãe terra), culinária variada. Tudo isso faz do norte da Argentina um Lugar Único no Mundo. Saia do óbvio na próxima viagem e deixe Buenos Aires e Bariloche de lado. Experimente algo novo. Temos certeza que não se arrependerá.

Montanhas coloridas

Montanhas coloridas

Leia Mais…

Publicado por: Eder & Fabi Rezende | 05/10/2014

Lugares Únicos no Mundo – Lago Bled – Eslovênia

Imaginem um lago com a água verde mais esmeralda que vocês já puderam imaginar e cheio de árvores ao seu redor. Acrescentem um castelo de mais de mil anos no topo de uma colina que trabalha como guardião de toda esta beleza. Como toque final coloquem uma pequena ilha neste lago com uma charmosa igrejinha e sua torre que pode ser vista de qualquer lugar do lago. Pronto agora parem de imaginar e conheçam mais um Lugar Único do Mundo: o Lago Bled na Eslovênia. A beleza é tanta que o antigo presidente Tito da extinta Iugoslávia escolhia passar suas férias aqui ao invés das praias da sua Croácia ou qualquer outro lugar da Sérvia, Montenegro, Macedônia, Bósnia e Hezergovina ou Kosovo (antigo território iugoslavo).

Lago Bled visto do alto

Lago Bled visto do alto

Leia Mais…

No 46° Encontro dos Viajantes, Renata Ungier do blog Roteiro Renatours vai nos contar suas experiências viajando com seu pequeno, que hoje em dia nem é mais tão pequeno assim. Tudo que você precisa saber para que sua próxima viagem de férias em família não se torne penosa, desgastante e estressante. Depois desta palestra todos perceberão que viajar com crianças também pode e deve ser muito divertido e descomplicado.

Para quem não tem filhos, ouça as dicas e coloque-as em prática com seu afilhado, sobrinho ou quem sabe com o futuro filho.

convite 46 encontro

Leia Mais…

Publicado por: Eder & Fabi Rezende | 28/09/2014

Minhas andanças por Belgrado

Após ter tocado em 27 países desse mundo e ter conhecido cidades de vários tipos, eu desde o ano passado estava com um desejo louco de fazer shows na Sérvia e conhecer antiga Iugoslávia.

Eis que mexi meus pauzinhos e descolei 2 shows na Sérvia e é claro a primeira parada foi em Belgrado. Eu vou contar um pouco pra vocês como foi essa experiência.

Belgrado é a capital da Sérvia e possui 1.800.000 habitantes, é uma cidade grande, fica localizada na confluência dos Rios Danúbio e Sava.

A cidade é desenvolvida, mas aponta sinais de resquícios do comunismo, com carros antigos, prédios antigos, alguns cuidados, outros nem tanto, muitos monumentos espalhados por cada praça. Mas recebe um número razoável  de turistas semanalmente e eu era mais um deles. Embora você ande na rua e jure que todos são sérvios, na verdade existe um número de romenos e croatas significativo na cidade, e brasileiro eu não vi e não conheci nenhum. Eu particularmente tenho uma curiosidade tremenda por países e cidades não muito procuradas, isso me trouxe até este distante país.

Edifício decrépito de Belgrado

Edifício decrépito de Belgrado

Leia Mais…

No último sábado Ernesto, o pato econômico e sua companheira Cibele nos brindaram com uma aula de história sobre o Uzbequistão e a rota da seda. Os primeiros traços humanos na região datam de 2.000 anos antes de Cristo, sendo que tribos nômades com nome de uzbques já povoam a região por seis séculos antes de Cristo. Devido a natureza nômade de seu povo a região sempre foi dominada por um ou outro povo. Já ficaram nas mãos de persas, gregos, árabes, mongóis, turcos, otomanos e russos até que em 1991 conseguiram a tão sonhada independência da antiga URSS.

Todos atentos as dicas da dupla

Todos atentos as dicas da dupla

Leia Mais…

 

Uzbequistão IBR

No 45 Encontro dos Viajantes, Ernesto, o Pato Econômico, e Cibele contarão suas aventuras num país pouco conhecido pelos brasileiros: o Uzbequistão. Contarão sobre os lugares que conheceram, quais são as principais atrações turísticas, o que provaram de comida local e como fizeram para conhecer um país em que a comunicação pode ser muito difícil. Imperdível.

Informações Importantes:

Data: 20/09/2014 (Sábado) – #Gratuito #Viajantesnoibis

Horário: 17:00h

Local: Ibis SP Expo Barra Funda – Rua Eduardo Viana, 163 – Barra Funda – São Paulo  

Sintam-se à vontade para chamar amigos e conhecidos para o Encontro.

Equipe Quatro Cantos do Mundo 

Veja Também:

Como tirar o visto para o Uzbequistão

Sabores do Uzbequistão – Palov

As Excentricidades de uma ex-república soviética chamada Uzbequistão

A Enigmática Budapeste

Publicado por: Eder & Fabi Rezende | 31/08/2014

Manias de Viajantes

Quem sempre viaja acaba por criar uma série de manias que nos acompanham não importa para onde vamos. Já conheci gente que só senta na janela do avião. O cara paga a mais para escolher o assento e ter certeza que vai na janela. Tem um outro que tem paixão por sua mochila da sorte. A coitada já não aguenta mais anos de trabalho forçado. Está toda furada mas continua sendo jogada nas esteiras de aviões e cheia de remendos. Tem um senhor muito louco que conhecemos em nossa Viagem de Volta ao Mundo que só visita ilhas. Estava na África e já tinha ido para Ibo (Moçambique), Máfia e Zanzibar (Tanzânia) e Madagascar. Você ai que se acha normal e que não tem manias, leia este post e depois reflita profundamente que acabará encontrando não uma, mas várias manias de viagem. Conheça as nossas:

1) Não desgrudar do passaporte

Esta discussão é eterna. Há os que como nós não desgrudam do passaporte nem para tomar banho e os que preferem deixá-lo no hotel. Nossos argumentos são simples e diretos. Não terceirize os cuidados do seu documento mais importante a um terceiro (no caso o hotel). Outra bela razão de sempre andar com ele é que este é seu único documento válido no exterior. Carteira de habilitação, RG ou qualquer outro documento fora do Brasil valem tanto quanto uma nota de setenta reais, ou seja, nada.

Passaporte é quase parte do nosso corpo

Passaporte é quase parte do nosso corpo

Leia Mais…

Publicado por: Eder & Fabi Rezende | 27/08/2014

44° Encontro dos Viajantes – Deserto do Atacama e Salar de Uyuni

No último sábado Daniella Mendes e Franco Pieragnoli do blog Dicas e Turismo nos contaram sua viagem ao Deserto do Atacama e Salar de Uyuni. Seu roteito incluia saída de São Paulo voando a Santiago. Da capital chilena eles também usaram o avião para ir até Calama (a maior cidade da região) e então em um transfer finalmente chegaram até San Pedro do Atacama. Todo este trajeto também pode ser feito de ônibus.

Eder dando as boas vindas aos presentes

Eder dando as boas vindas aos presentes

Leia Mais…

Publicado por: Eder & Fabi Rezende | 24/08/2014

Gente da Tailândia

A Tailândia já foi cantada em verso e prosa por vários blogs de viagem. Ultimamente está até na moda, mesmo sem nunca ter sido cenário de novela da Globo como Índia e Turquia. Os adjetivos são os mais variados para sua cultura, culinária e costumes. O país encanta desde o primeiro momento quando você desembarca no encantador aeroporto Suvarnabhumi que de tão bonito nem dá vontade de sair. Até os mais radicais se curvam as suas belezas, apesar de reclamarem da quantidade excessiva de turistas. Se tem muitos é porque realmente o antigo reino do Sião tem um algo a mais. Mas para nós que percorremos o país de norte a sul por mais de quarenta dias a grande riqueza tailandesa é seu povo. Apelidada de terra dos sorrisos, nunca vimos tanta felicidade estampada em uma profusão de rostos tão parecidos. Talvez esta hospitalidade com misto de diplomacia explique porque é o único país da região a nunca ter sido colonizado. Outros argumentam que esta alegria contagiante vem da religião predominantemente budista. A causa não importa, o mais importante é entrar no clima e relaxar. Pobres sem serem miseráveis (nunca vimos um mendigo no país), são a prova viva que não é necessário ser rico financeiramente para ser feliz.

Simples palavras não conseguem traduzir os contatos com locais que fizemos por lá. Por sorte a fotografia já foi inventada e abaixo todos poderão ver através de nossa lente um pouco da alma tailandesa.

Crianças no parque9

Criança no parque em Bangkok

Leia Mais…

Older Posts »

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 480 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: