Publicado por: Eder & Fabi Rezende | 28/09/2014

Minhas andanças por Belgrado

Após ter tocado em 27 países desse mundo e ter conhecido cidades de vários tipos, eu desde o ano passado estava com um desejo louco de fazer shows na Sérvia e conhecer antiga Iugoslávia.

Eis que mexi meus pauzinhos e descolei 2 shows na Sérvia e é claro a primeira parada foi em Belgrado. Eu vou contar um pouco pra vocês como foi essa experiência.

Belgrado é a capital da Sérvia e possui 1.800.000 habitantes, é uma cidade grande, fica localizada na confluência dos Rios Danúbio e Sava.

A cidade é desenvolvida, mas aponta sinais de resquícios do comunismo, com carros antigos, prédios antigos, alguns cuidados, outros nem tanto, muitos monumentos espalhados por cada praça. Mas recebe um número razoável  de turistas semanalmente e eu era mais um deles. Embora você ande na rua e jure que todos são sérvios, na verdade existe um número de romenos e croatas significativo na cidade, e brasileiro eu não vi e não conheci nenhum. Eu particularmente tenho uma curiosidade tremenda por países e cidades não muito procuradas, isso me trouxe até este distante país.

Edifício decrépito de Belgrado

Edifício decrépito de Belgrado

Andei muito pelas ruas e tive que decorar tudo, pois não tem placas em inglês, exceto no coração do centro.O alfabeto cirílico é o mais usado aqui, o inglês funciona muito bem também, as pessoas informam muito bem. Antes de 2001 essa terra era Iouguslavia, guerras, protestos e uma separação que fez nascer a Sérvia e também a menos badalada Montenegro. Cansei de ver na televisão na minha infância e depois adolescência as imagens dos conflitos na antiga Iugoslávia.

Nome de rua em alfabeto cirílico

Nome de rua em alfabeto cirílico

Algumas com tradução para o inglês

Algumas com tradução para o inglês

Estive no parlamento de Belgrado, o prédio é lindo e imponente, nesse local milhões de pessoas protestaram contra o governo e contras guerras na década de 90.

Vista do parlamento à noite

Vista do parlamento à noite

Caminhando pelo centro da cidade você sente a atmosfera muito boa e tranquila, o sérvio é muito alegre, além de educado também, mas nos anos 90 quando eu via na televisão não era assim. A guerra cívil da Iugoslávia durou 10 anos, com o passar do tempo e o acesso a informação, muitos veículos de comunição começaram a supor e até afirmar que países como Alemanha e Estados Unidos criaram um ambiente favorável para a fragmentação do país.

No verão de 1999, comandados por Bill Clinton (ex-presidente dos EUA),o exército Americano bombardeou Belgrado, matando centenas de pessoas.

Em questão de 5 minutos você se depara um grande contraste de arquitetura, pois dois prédios bombardeados ainda estão ali, no mesmo lugar. É incrivel, e mais a frente o Parlamento, citado acima, com seu garbo e exuberância. As duas arquiteturas estão  mantidas ainda e para sempre, pra mostrar que aqui um dia houve guerra e que hoje existe paz. Hoje as pessoas tem liberdade, um novo país, com menos oportunidade, no entanto com mais amor.

Lembrança de uma guerra não muito distante

Lembrança de uma guerra não muito distante

Pois bem, eu como amante do futebol me aventurei nos estádios das duas torcidas mais violentas do mundo. Eu estive no estádio do Partizan e na casa do Estrela Vermelha, que curiosamente é chamado de Maracanã. Se você tem alguma dúvida quanto a maldade é a brutalidade dessas torcidas coloque o nome dos clubes no youtube, verás mais brigas do que gols. Os dois estádios são realmente roots, antigos, mal cuidados, mas muito interessantes, eu entrei nos dois, fiz amizade com algumas pessoas que trabalham, e ao falar que era brasileiro, tudo mudou, free entrance. As duas torcidas são realmente muito violentas. Os torcedores do Partizan são apelidados de coveiros e os do Estrela Vermelha de Heróis. Agora deixo algumas fotos dos dois estádios, as dependências vermelhas são do Estrela Vermelha, em branco e preto do Partizan. Fui recomendado a não circular perto do estádio em dias de jogos, como fico até domingo não corro esse risco, já que nem a polícia faz muita coisa.

O Maracanã sérvio

O Maracanã sérvio

Estádio do Partizan

Estádio do Partizan

Fui muito bem recebido pelas pessoas que conversei desde a policia do país no aeroporto, até os músicos da cidade, que adoram nossa música.

Ao chegar na área 3 de Belgrado, eu conheci Skadarlija, área boemia da cidade e muito interessante, rodeada de restaurantes, pessoas do mundo todo e muita música típica, além da dança local, chamada “Kolo”.

O Kolo é uma dança onde pode ser em grupo, ou casal Fui convidado a dançar ontem após o show, no entanto não aceitei, sou desprovido desse tipo de swing, preferi apenas olhar.
Também tive a oportunidade de saber mais da história do país, as suas mudanças políticas, desde a época do lendário presidente, Josip Broz Tito, até os tempos atuais. Caminhar pela cidade foi mágico, pois via um filme antigo, e eu era um mero coadjuvante, mas estava no filme, até porque fui abençoado com dias de calor, 28 graus de média.

Conhecendo um pouco mais da História local

Conhecendo um pouco mais da História local

Atuando e divulgando a música brasileira

Atuando e divulgando a música brasileira

Sobre música, eu  fiz um show em um local chamado TreeHouse, onde o público era originalmente de sérvios e eles amam a nossa música. Em Belgrado existem dois grupos de música brasileira, um é o “Luz Azul”, e o segundo se chama “Sei lá”, eu recomendo. No final da tour estive no clube de jazz Bašta e foi muito legal, o ambiente é requintado, e quando você fala em Jazz aqui em Begrado é la que o ritmo americano mora.

Este post foi escrito por Adriano Trindade que é músico musico e compositor de MPB e colaborou com o blog Quatro Cantos do Mundo. https://www.facebook.com/adriano.trindade.33

Veja Também:

A Enigmática Budapeste

Berlim – Museu a Céu Aberto

Amigos de Viagem – Viajando com Jesus e seu díscipulo Sérgio – Eslováquia

Três Lugares de Arrepiar os Cabelos – Auschwitz – Polônia – Parte I

A Comédia da Sauna Russa – São Petersburgo – Rússia


Responses

  1. Legal seu post Adriano. Ja estive em Budapest e algusn de seus sentimentos eu tive também.

    • Ola Ivan
      o leste europeu é mesmo encantador.

      Budapeste é uma das minhas cidades favoritas

      Eder

  2. Legal esse post! O Adriano é sucesso aqui em Praga nas casas de jazz, adoro!

    • Ola Roberta

      como este mundo é pequeno né.

      Pelo jeito ele é scesso no leste europeu todo

      bjs

      Eder

  3. […] Minhas andanças por Belgrado […]

  4. Que experiência legal! E que post inspirador, cara. Super bom!

  5. […] Minhas andanças por Belgrado […]

  6. […] Minhas andanças por Belgrado […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: