Publicado por: Eder & Fabi Rezende | 30/03/2014

10 mudanças para as famílias viajarem mais pelo Brasil

Este post é fruto do desafio lançado pelo grupo do Facebook “Viagens em Família” que instigou os blogueiros a discutir sobre “n” mudanças que fariam as famílias viajarem mais pelo Brasil. Aqui deixamos nossa contribuição. Esperamos que este forum seja um agente de mudanças tão necessárias ao setor de turismo no Brasil.

Este sim é o país para se viajar com a família

Este sim é o país para se viajar com a família

Preços do turismo interno

Mesmo com dólar nas alturas ainda é mais barato viajar para o exterior do que fazer turismo em terras brasileiras. A comemoração do aniversário de um ano da Amélie foi feita em Aruba no feriado prolongado de sete dias em 2012. Na época ainda procuramos pacotes no litoral do nordeste brasileiro, mas os preços eram em média 30% mais caros que no Caribe com hospedagens brasileiras num nível inferior. Como também viajo a trabalho já enfrentei situações de comprar uma passagem de ida e volta  para Manaus que daria para pagar minha ida até a Austrália. Preços fora de propósito desencorajam o turismo interno.

Last minute

Não foi uma ou duas vezes que encontrei pessoas na Ásia e Europa se dirigindo ao aeroporto sem saber seu destino de viagem. Ao perguntá-los para onde iam, a resposta era sempre a mesma: “Para onde encontrar a passagem mais barata”. As companhias aéreas preferem fazer uma mega promoção de última hora a ter que voarem com assentos vazios. Esta lógica asiática e européia que também vale para hotéis infelizmente não exsite no Brasil. Não seria ótimo ir para Guarulhos sem saber seu destino?

Last Minute um sonho ainda distante da realidade brasileira

Last Minute um sonho ainda distante da realidade brasileira

Infraestrutura aeroportuária

As reclamações sobre os aeroportos se multiplicam. Todos reclamam e de tudo. Eu sempre achei Guarulhos um horror pois a comparação era com o maravilhoso aeroporto de Bangkok ou com Frankfurt que nem parece um aeroporto, para mim está mais para um shopping center. Mas depois que desci no Galeão parei de reclamar de Guarulhos. Terrível, pior que muita rodoviária de beira de estrada que já conheci e olha que já fui em lugar ruim e feio hein. Enormes aparelhos de ar condicionado espalhados pelo chão e tapumes de obra espalhados pelos corredores com operários jogando cimento para todos os lados foi o que mais me chocou. Mas no Galeão também tem o que tem, ou melhor, o que não tem em todo aeroporto braisileiro. Faltam tomadas para carregar celulares, lap tops e tablets, faltam cadeiras para as pessoas sentarem enquanto esperam seu vôo, falta comida a preço justo, faltam fingers para desembarque de todas as aeronaves. Voltando da Austrália ficamos mais de uma hora dentro da aeronave esperando a liberação de um finger. A modernização de nossa infraestrutura aeroportuária seria um convite de gala para o aumento do turismo.

Salas de embarque lotadas, uma triste e dura realidade

Salas de embarque lotadas, uma triste e dura realidade

Pontualidade dos vôos

Quem viaja de avião no Brasil e ousa dizer que chegará no horário indicado no bilhete de embarque? Os atrasos de vôos no país são crônicos e um transtorno para quem depende deste meio de transporte. Para quem viaja com crianças é ainda pior ter que ficar horas esperando por um vôo que nunca sai. Muitas vezes você acaba adiantando a viagem em um dia já esperando um atraso que com certeza pode ocorrer. Um terror para o planejamento de viagem. Não sei se tenho sorte, acredito que não, mas nos inúmeros vôos internacionais que peguei nos mais diferentes países do mundo nunca peguei um vôo com atraso. Devido ao trauma brasileiro sempre presto atenção nos painéis informativos e raramente existe um vôo com a indicação: delayed. A imprevisibilidade é ruim para qualquer tipo de negócio e não é diferente com o turismo.

Atrasos e cancelamentos já são parte da rotina

Atrasos e cancelamentos já são parte da rotina

Infraestrutura das rodovias

Para aqueles que dificilmente saem do estado de São Paulo de carro devem estar se perguntando o porque deste tópico. Afinal em São Paulo estão as melhores rodovias do país e ouso dizer entre as melhores do mundo. Rodovia dos Bandeirantes, Rodovia Castelo Branco poderiam perfeitamente estarem na Alemanha ou Austrália. Mas o Brasil está muito longe de ser só São Paulo. Quem quiser conhecer as paradisíacas praias de Jericoacara no Ceará tem que enfrentar o péssimo estado de conservação da BR 222. Situação que persiste por anos. Estive no Ceará em 2001 e já era assim. Outra viagem que é uma aventura e tanto é o trecho entre Salvador e Lençóis na Chapada Diamantina. Quando fui, o ônibus sacolejou a noite inteira para percorrer pouco mais de quatrocentos quilômetros. A péssima qualidade das rodovias não só atrapalha o turismo, mas gera acidentes, mortes e pagamentos de milhões em pensões e indenizações.

Alguém quer dirigir nesta estrada com a família?

Alguém quer dirigir nesta estrada com a família?

Divulgação de destinos pouco conhecidos

O Brasil tem cada destino a ser explorado de tirar o folêgo e que infelizmente pouca gente conhece. Os gringos só vão para o Rio de Janeiro e Foz do Iguaçu e saem por ai dizendo que conhecem o Brasil. Mesmo entre os brasileiros comuns (não estão incluídos os fissurados por viagens como os blogueiros desta blogagem coletiva) pouca gente sabe que existem lugares como Bonito, Ilha Anchieta, Jalapão, Serra da Capivara só para citar alguns. Para quem assiste televisão, tente se lembrar de uma propaganda de algum destino. Propaganda do Decolar.com, Tam viagens e CVC não valem. Até existem, mas são raríssimas. Qualquer negócio que queira crescer tem que divulgar seu produto e com o turismo não é diferente.

Quem conhece este lugar?

Quem conhece este lugar?

e agora ficou mais fácil adivinhar?

e agora ficou mais fácil adivinhar?

Programas de Milhagem

Particularmente considero os programas de milhagem das companhias aéreas nacionais burocráticos e de difícil premiação. Não tem uma vez que viajo pela TAM que os pontos relativos ao vôo são creditados corretamente em minha conta. Sempre tenho que entrar no site e fazer a solicitação novamente. Se o vôo for de companhia parceira então, é melhor dar adeus as suas milhas. Fora que você tem uma senha para entrar no Tam Fidelidade, outra senha para o Multiplus, outra senha para resgate e por ai vai. Me sinto mais ou menos como o filme da Porta dos Fundos. Menos burocracia e mais premiações seria um bom incentivo para viajar mais.

Meio Ambiente

Hoje em dia o assunto meio ambiente acaba aparecendo em qualquer conversa, discussão ou bate papo sobre qualquer tema. E aqui não poderia ser diferente. Não tem coisa mais brochante do que chegar a uma praia e encontrar dezenas de bitucas de cigarro espalhadas pela areia como da última vez que estive no Guarujá. Acredito que este comportamento está ligado a educação de um povo, neste caso a falta dela. Porque jamais vi nenhum brasileiro jogar lixo no chão da própria casa, mas tenho muitos amigos estudados, esclarecidos que jogam lixo na rua. Ainda me lembro de Viena, onde as calçadas são mais limpas que o chão da minha casa. Fazia o papel de advogado do diabo tentando encontrar alguma sujeira nas ruas, mas sempre me dava mal. Praias, cidades, trilhas e um país mais limpo e amigo do meio ambiente seria um grande incentivo para viajarmos mais.

Infraestrutura de transporte interno

Eu sempre digo e nunca canso de repetir que acho inaceitável que nenhum aeroporto brasileiro seja conectado a cidades por transporte metro/ferroviário. Este tipo de locomoção entre terminais e cidades é o óbvio, não precisamos inventar nada, basta copiar. A desculpa que as obras são muito caras não serve para mim, já que países em condições econômicas muito piores que as nossas como Tailândia e Marrocos já contam com este transporte de massas moderno. É o cúmulo chegar no aeroporto de Guarulhos e ter que usar caros táxis e ônibus apertados. Transporte de massa rápido e eficiente ajuda a incentivar o turismo interno.

Metrô para o aeroporto de Guarulhos por enquanto só no papel

Metrô para o aeroporto de Guarulhos por enquanto só no papel

Quartos Familiares

Este não é um problema vivido apenas no Brasil. Quem tem uma família com dois ou mais filhos sempre enfrenta esta batalha para encontrar um hotel, pousada ou hospedagem com quarto familiar, que significa cama para os pais e para o número de filhos que faça parte da família. As raras exceções são alguns albergues (hostels). E logo, logo seremos mais uma família com esta dificuldade. Até parece que as únicas famílias que viajam são as famílias do grupo Viagens em Família. Geralmente os hotéis tem quartos para no máximo três pessoas, ou seja, se o casal tem dois filhos precisa reservar dois quartos. Além de mais caro, isto atrapalha em muito a convivência mais próxima que tanto buscamos durante as férias. Quartos familiares já.

Quarto familiar de hostel na Inglaterra

Quarto familiar de hostel na Inglaterra

Para conferir o que outros blogueiros postaram sobre o tema basta acessar os links abaixo:

1. Adriana Pasello – Diário de Viagem: http://www.diariodeviagem.com/photo/blogagem-coletiva-mudancas-familias-viajarem-brasi/

 

2. Claudia Boemmels – Brasileiros mundo afora: http://www.brasileiros-mundo-afora.com/2014/03/10-mudancas-para-as-familias-viajarem_29.html

 

3. Flávia Peixoto – Viajar é tudo de bom! http://www.viajaretudodebom.com.br/2014/03/30/10-mudancas-para-as-familias-viajarem-mais-pelo-brasil/

 

4. Claudia Rodrigues  – Felipe, o pequeno viajante:

http://felipeopequenoviajante.blogspot.com.br/2014/03/21-mudancas-para-as-familias-viajarem.html

 

5. Andreza Trivillin  – Andreza Dica e Indica Disney:

http://www.andrezadicaeindicadisney.com.br/2014/03/blogagem-coletiva-mudancas-para-as.html

 

6. Thyl Guerra – Viajando com Palavras:

http://viajandocompalavras.com/2014/03/30/blogagem-coletiva-mudancas-para-as-familias-viajarem-mais-de-carro-pelo-brasil/

 

7. Eder Rezende – Quatro Cantos do Mundo:  https://quatrocantosdomundo.wordpress.com/2014/03/30/10-mudancas-para-as-familias-viajarem-mais-pelo-brasil/

 

8. Ana Luiza Fragoso – Oxente Menina:http://www.oxentemenina.com/2014/03/10-mudancas-para-as-familias-viajarem-mais-pelo-brasil/

 

9. Adelia Lundberg – Paris des Petits:http://parisdespetits.blogspot.com.br/2014/03/blogagem-coletiva-12-mudancas-para-as.html

 

10. Débora Galizia – Viajando em familia:http://viajandoemfamilia.com.br/blogagem-coletiva-mudancas-para-as-familias-viajarem-mais-pelo-brasil/

 

11. Márcia Tanikawa – Os Caminhantes Ogrotur: http://oscaminhantes.com/2014/03/queremos-viajar-mais-pelo-brasil.html

 

12. Karen Schubert Reimer – As Aventuras da Ellerim Viajante

 http://ellerimviajante.com.br/2014/03/10-mudancas-para-as-familias-viajarem-mais-pelo-brasil-blogagem-coletiva.html

 

13. Thiago Cesar Busarello – Vida de Turistahttp://www.vidadeturista.com/artigos/10-mudancas-para-familias-viajarem-mais-pelo-brasil/

 

14- Regeane Nicaretta- Dicas da Rege

http://dicasdarege.com/2014/03/30/florianopolis-melhor/

 

15 – Debora Godoy Segnini – Gosto e Pronto:http://www.gostoepronto.com/2014/03/blogagem-coletiva-10-mudancas-para-viajar-mais-pelo-brasil/

 

16- Erica Piros Kovacs – Viagem com Gêmeos:http://viagemcomgemeos.com/2014/03/30/blogagem-coletiva-10-mudancas-para-as-familias-viajarem-mais-pelo-brasil/

 

17 – Francine Agnoletto – Viagens que Sonhamos

http://www.viagensquesonhamos.blogspot.com.br/2014/03/mudancas-para-viajarmos-mais-pelo-brasil.html

 

18 – Sut-Mie Guibert- Viajando com Pimpolhos:http://viajandocompimpolhos.com/2014/03/30/blogagem-coletiva-10-mudancas-para-as-familias-viajarem-mais-pelo-brasil/

 

19 – Ana Cintia Cassab Heilborn – Travel Book Blog:

http://www.travelbook.blog.br/2014/03/10-mudancas-para-as-familias-viajarem.html

 

20 – Flávia Maciel – Bebê Pelo Mundo

http://bebepelomundo.blogspot.com.br/2014/03/blogagem-coletiva-mudancas-para-as.html

 

21 – Claudia Bins – Mosaicos do Sul

http://mosaicosdosul.blogspot.com.br/2014/03/mudancas-para-as-familias-viajarem-mais.html

 

22 – Patrícia Tabalipa – Roteiro Baby Floripa

http://www.roteirobabyfloripa.com.br/2014/03/blogagem-coletiva-10-mudancas-para-as.html

 

23. Andrea Almeida Barros – Do RS para o Mundo:

http://dorsparaomundo.blogspot.com.br/2014/03/4-blogagem-coletiva-do-grupo-viagens-em.html

 

24. Patrícia Papp – Coisas de Mãe:

http://coisasdemae.wordpress.com/2014/03/30/mudancas-familia-viajar-brasil/

 

25- Susana Spotti – Viagem Simplesmente

http://viagemsimplesmente.blogspot.com.br/2014/03/mudancas-para-as-familias-viajarem-mais.html

Veja Também:

Ensaio: Como viajar com crianças

Como carregar seu filho em uma viagem?

Histórias da Amélie

Blogagem Coletiva: Meus 7 Links

Minhas 5 cidades favoritas no mundo

Tudo que vi, vivi e experimentei de novo na Austrália by Amélie

Quer pagar quanto? – Empresas de aviação low cost

20 Dicas para Economizar nas suas viagens


Responses

  1. […] 7. Eder Rezende – Quatro Cantos do Mundo:  https://quatrocantosdomundo.wordpress.com/2014/03/30/10-mudancas-para-as-familias-viajarem-mais-pelo-… […]

  2. […]  6 – Eder Rezende – Quatro Cantos do Mundo  […]

  3. […] 7. Eder Rezende – Quatro Cantos do Mundo: https://quatrocantosdomundo.wordpress.com/2014/03/30/10-mudancas-para-as-familias-viajarem-mais-pelo-… […]

  4. […] Eder Rezende, do Quatro Cantos do Mundo […]

  5. Olá Eder,
    Estou lendo todas as postagens da blogagem coletiva, e sabe que ao mesmo tempo que vou me deprimindo….rsrs….também vou ficando aliviada em saber que nossas reclamações são bem parecidas e também, pensar que este tipo de ação poderia render frutos e alguém lá em cima (da esfera política, não Deus), pudesse, a partir desta catarse coletiva, se sensibilizar com alguma coisa…
    Se pelo menos conseguirmos sensibilizar nossos amigos e/ou leitores, já começo a ficar feliz!
    Um grande abraço!
    Marcia

    • Ola Márcia
      melhor mesmo sensibilizar os amigos porque no que depender dos políticos na muda.

      grande abraço
      Eder

  6. […] 7. Eder Rezende – Quatro Cantos do Mundo: aqui […]

  7. […] 7. Eder Rezende – Quatro Cantos do Mundo: https://quatrocantosdomundo.wordpress.com/2014/03/30/10-mudancas-para-as-familias-viajarem-mais-pelo-… […]

  8. […] 7. Eder Rezende – Quatro Cantos do Mundo  […]

  9. Puxa Eder, muito bem lembrada a questão do “last minute”. De fato, a falta de estratégia e organização é tão grande que as cias aéreas nem aproveitam para ganhar dinheiro no “último minuto”. Os destinos pouco conhecidos também foi um ponto muito bem colocado. Que potencial nós temos! Acredito que somos mesmo o “gigante deitado em berço esplêndido”! Infelizmente.

    • Oi Adriana
      só agora consegui responder seu comentário. O last minute é uma boa para ambos os lados da cadeia de consumo, mas infelizmente inexiste no Brasil.
      E quanto aos destinos, quanta coisa temos para conhecer. Existe um mundo dentro do Brasil que desconhecemos.

      valeu

      bjs

      Eder

  10. Ah, esqueci de dizer que apesar de tudo, nós ainda #queremosviajarpeloBrasil !!!!

  11. […] 7. Eder Rezende do Quatro Cantos do Mundo   […]

  12. […] Eder Rezende – Quatro Cantos do Mundo: https://quatrocantosdomundo.wordpress.com/2014/03/30/10-mudancas-para-as-familias-viajarem-mais-pelo-… […]

  13. […] 6 – Eder Rezende – Quatro Cantos do Mundo  […]

  14. […] 7. Eder Rezende – Quatro Cantos do Mundo […]

  15. Eder, você tocou em um ponto crucial, nossos aeroportos, além de serem um lixo (tenho vergonha do Galeão), não serem conectados as cidades através de metrô, trem, ou seja lá o que for, mas que sejam transportes de massa e confortáveis.

    • Ola Patrícia
      não precisa ser primeiro mundo para ter trem nos aeroportos. Em Bangkok e Casablanca tem. Basta vontade polítoca, muito em falta por aqui.

      abs

      Eder

  16. Sinto muita falta dos quartos familiares. E tenho dificuldades em encontrar acomodações quádruplas,

    • Ola Susana
      uma opção são quartos familiares em albergues ou hostels. em hoteis é meio difícil mesmo, até fora do Brasil.

      Uma pena né.

      abs

      Eder

  17. […] 10 mudanças para as famílias viajarem mais pelo Brasil […]

  18. Eder, que bacana! Eu nunca cheguei a assistir ao vídeo do Porta dos Fundos!! Até compartilhei na minha página!!! Estou procurando uma postagem que vi em algum momento no grupo “Viagens em Família”, sobre “desculpas para não viajar” e as respostas para estes argumentos. Foi vc que postou isto? Não estou localizando, e queria citar em uma coisa que estou escrevendo!! Valeu!!

    • Ola Liliane

      não lembro desta postagem de desculpas para não viajar. Desculpe mas desta vez não vou conseguir te ajudar

      bjs

      Eder

  19. […] 6 – Eder Rezende – Quatro Cantos do Mundo  […]

  20. […] 10 mudanças para as famílias viajarem mais pelo Brasil | Quatro Cantos do Mundo disse: março 31, 2014 às 11:32 am […]

  21. […] Adriana Pasello – Diário de Viagem Claudia Boemmels – Brasileiros mundo afora Flávia Peixoto – Viajar é tudo de bom Claudia Rodrigues – Felipe, o pequeno viajante Thyl Guerra – Viajando com Palavras Eder Rezende – Quatro Cantos do Mundo […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: