Publicado por: Eder & Fabi Rezende | 27/04/2014

Lugares Únicos no Mundo – Petra – Jordânia

Petra é daqueles lugares de tirar o fôlego. A medida que se caminha pelo estreito corredor de rochas com altura de até oitenta metros você se sente minúsculo como uma gota do oceano diante de tamanha grandeza e esplendor, mas também forte e corajoso como Harrison Ford no filme Indiana Jones e a Última Cruzada que teve a antiga capital dos Nabateus como pano de fundo. Para mim ainda é difícil acreditar que uma cidade com prédios e edifícios tão colossoais date do século VI a.c. Mas difícil mesmo é saber que durante séculos a fio este monumento inigualável permaneceu anônimo para o mundo e só foi redescoberto em 1812 quando o explorador suíço Johann Ludwig Burckhardt jogou luz na obscuridade que pairava sobre Petra. Decretado Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1985 e mais recentemente eleito uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno, quem ousaria dizer que Petra não é um Lugar Único no  Mundo?

Tradicional foto de quem vai a Petra

Tradicional foto de quem vai a Petra

Localização

Petra fica na Jordânia, um pequenino país do Oriente Médio espremido ao norte pela Síria, a leste por Arábia Saudita e Iraque e a oeste por Israel. Além de Egito a Jordânia é o único país que tem um acordo de paz com seus vizinhos israelenses, por isso mesmo é bem tranquilo atravessar a fronteira entre os dois países. A antiga cidade dos Nabateus está localizada cerca de duzentos e quarenta e seis quilômetros ao sul da capital Amã e apenas cento e vinte oito quilômetros ao norte da cidade balneária de Aqaba já na fronteira com Israel. A cidade base para visitar este lugar único no mundo é a pequenina Wadi Musa com seus quase vinte e quatro mil habitantes cuja economia gira cem por cento na órbita do turismo.

Como chegar a Petra

Apesar de ser um lugar com grande fluxo de turistas não existe um aeroporto para vôos internacionais em Wadi Musa e região e nem mesmo uma pista de pouso para vôos locais. Voando você consegue chegar somente a capital jordaniana, Amã e então terá que se deslocar para Wadi Musa (Petra) em outro tipo de transporte.

Para chegar neste lugar, iria até a pé. Repare no tamanho das pessoas ao lado do paredão

Para chegar neste lugar, iria até a pé. Repare no tamanho das pessoas ao lado do paredão

Chegando a Al-Khazneh (The Treasury) a emoção bate forte

Chegando a Al-Khazneh (The Treasury) a emoção bate forte

De avião

O aeroporto internacional Queen Alia em Amã é muito bem servido de vôos vindos de todo mundo. A companhia aérea local Royal Jordanian tem rotas ligando Amã as principais cidades do mundo. Não existem vôos diretos do Brasil para Jordânia. Abaixo a tabela que mostra rotas, preços, duração da viagem e horários de partida dos principais destinos.

Rotas de várias cidades do mundo a Amã (clique na imagem para ampliar)

Rotas de várias cidades do mundo a Amã (clique na imagem para ampliar)

De trem

Não existem trens que liguem Amã a Wadi Musa (Petra).

De ônibus

Esta é a única opção de trasnporte público ligando Amã a Wadi Musa (Petra). Aqui existem duas opções de ônibus. Você pode escolher tomar um ônibus turístico cheio de gringos como você que é mais confortável e tem horário de partida e chegada. Neste caso faça sua reserva do JETT bus pagando 9,50 dinares jordanianos (moeda equivalente ao euro) para ter ar condicionado e uma poltrona macia para enfrentar três horas de viagem. O escritório da JETT bus fica na rua King Hussein próximo a estação de ônibus Abdali.

Caso queira mais contato com os locais o melhor é tomar um micro ônibus na estação Wahdat ao sul de Amã. De onde estiver em Amã pegue um táxi até lá e não se esqueça de pedir para ligar o taxímetro, caso contrário sua chance de ser enganado é grande. Em 2009 estes ônibus locais custavam 5,00 dinares jordanianos. Chegue cedo pois os ônibus só saem quando estiverem cheios (geralmente a cada hora no início da manhã). Para encontrar o ônibus para seu destino pergunte a alguém ou estude arábe antes porque é nesta língua que os nomes das cidades estão escritos em cartazes afixados nos para-brisas dos ônibus.

De carro

A estrada entre Amã e Wadi Musa tem bom estado de conservação, até mesmo porque as chuvas são raras nesta região. Com distâncias curtas em um país pequeno e cheio de lugares lindos, a Jordânia é um país ideal para se conhecer de carro. Os preços de aluguel são mais baratos que no Brasil. Caso opte por alugar um carro existem diversas opções de empresas que atuam no país. Antes de alugar fique atento no local de retirada e devolução do carro que pode ser no aeroporto Queen Alia ou no centro de Amã.

Abaixo lista de locadoras de carros com agências no aeroporto ou no centro de Amã:

Omaish, Dollar, Budget, Alamo, Sixt, Thrifty, Europcar, Avis

Você também pode utilizer os brokers que muitas vezes tem preços mais em conta:

Rentalcars, Economy Bookings, Auto Europe

O país é muito seguro e você não terá problemas em dirigir por lá, mas se mesmo assim ainda tiver receio e muito dinheiro você pode alugar um carro com motorista incluso. Acesse The Driver Vip para maiores detalhes.

De Excursão

Não é nossa opção favorita, mas como nosso blog é muito democrático e tem gente que adora se juntar a uma excursão, seguem as dicas. As alternativas são incontáveis. Desde tours de um dia saindo de Amã por valores que giram em torno de 150 dólares americanos, até tours de uma semana ou mais, sem contar os tours que saem de Israel, da cidade fronteiriça de Eilat ou de Tel Aviv. Confira as empresas mais populares: Nebo Tours, Travel Jordan Agency, Viator, Tours in Israel, Desert Eco Tours, Petra Israel, Petra Israel Experts.

Carroças

Este é o principal meio de transporte entre o Centro de Visitantes e o prédio Treasury (Tesouro), principal edifício de Petra. Indicado para idosos, deficientes físicos e pessoas sem preparo físico adequado as carroças “pulam” bastante devido ao chão irregular. Passam pelo Siq (corredor de pedra), mas não estão autorizadas a ir além do Treasury. Não indicado para quem tem o mínimo de fôlego e pernas.

Carroças perambulando por Petra

Carroças perambulando por Petra

Onde ficar 

Nossas indicações de hospedagem são sempre com um bom custo benefício. Traduzindo: lugares baratos e simples mas que tem o básico para um hotel, que é limpeza, cama boa e chuveiro com água quente. O Mussa Spring Hotel é mais um exemplo deste tipo de hospedagem. O hotel ainda te leva e busca de Petra sem cobrar nada a mais por este serviço.

Fachada do Mussa Spring Hotel

Fachada do Mussa Spring Hotel

O quarto para uma pessoa sai por 21 dólares americanos a diária. Para casais ou quartos duplos o preço é de 28 dólares americanos e quartos triplos custam 38 dólares americanos. Café da manhã e lanche box para levar a Petra são cobrados a parte e custam 5 dólares americanos e o jantar sai por 7 dólares americanos. Além de tudo isso eles ainda oferecem tours para o deserto de Wadi Rum.

Quando ir

A Jordânia fica no Oriente Médio que é uma região desértica, conhecida pelo seu clima quente e seco. Situada no hemisfério norte, as estações do ano são as mesmas da Europa, ou seja, verão nos meses de junho a agosto com temperaturas máximas médias de até trinta e cinco graus centígrados, mas com noites bem agradáveis com sensação térmica em torno dos vinte graus centígrados. Já nos meses de dezembro e janeiro as temperaturas não caem tanto como no invermo europeu, mas continuam bastante frias para os padrões brasileiros. Mínimas médias perto de zero grau. Por isso indicamos visitar Petra durante a primavera local, quando as temperaturas são intermediárias, evitando as temperaturas extremas de verão ou inverno.

Temperaturas médias em Petra

Temperaturas médias em Petra

Como em todo deserto as chuvas são raras. O recorde de precipitação é no mês de setembro com irrisórios 7,5 mm de chuva. Somando a chuva do ano inteiro não chegamos nem a metade de um único mês chuvoso de São Paulo.

Chuva não vai ser um problema por lá

Chuva não vai ser um problema por lá

Onde comer

Nós voltamos tão cansados de caminhar todo o dia por Petra que acabamos jantando no próprio restaurante do hotel. O preço é bem convidativo. O jantar custa apenas sete dólares e é muito bem servido. Comemos pão sírio, homus, babaganoush, tudo uma delícia e com a pitada de hospitalidade tão comum aos jordanianos.

Para quem ainda tiver pique para buscar um restaurante o Trip Advisor tem ótimas referências do: Thousand and one nights (Mil e uma noites), The Rock onde além de comer no meio do deserto em um acampamento beduíno você também pode se hospedar por lá e por fim algo mais simples e menos turístico no Bedouin Quick Bite logo em frente ao Sabah Hotel.

Fachada bonita e comida boa no Thousand and one nights

Fachada bonita e comida boa no Thousand and one nights

Ingresso para Petra

Os ingressos para Petra devem ser comprados no centro de visitantes logo antes do portão de entrada para as ruínas da antiga cidade. O horário de funcionamento é de seis da manhã às seis da tarde durante o verão e no inverno a abertura tem o mesmo horário e o fechamento acontece às quatro da tarde. Os preços variam de acordo com o número de dias de sua visita. O ingresso para um dia custa cinquenta dinares jordanianos, para dois dias o preço sobe para cinquenta e cinco dinares jordanianos e para três dias paga-se sessenta dinares jordanianos. Se você vem de Israel apenas para passar o dia e voltar o preço sobe para salgados noventa dinares jordanianos. Não são aceitos cartões de crédito, somente pagamento em dinheiro e em moeda local. Em Wadi Musa exsitem vários caixas eletrônicos para sacar moeda local.

Outra ótima opção é visitar a cidade durante a noite. O tour conhecido como Petra by night custa doze dinares jordanianos para quem já adquiriu algum dos outros ingressos válidos somente durante o dia. Todas as segundas, quartas e quintas começa às oito e meia da noite com duração de duas horas e deve ser reservado com antecedência. Você se surprenderá ao caminhar rodeado por mais de 1500 velas acesas no chão.

Não é de tirar o fôlego?

Não é de tirar o fôlego?

Atrações de Petra

The Siq

O Siq é a estrada que nos leva a cidade de Petra. Na verdade um corredor de rocha de mil e duzentos metros de comprimento, com a largura variando de três a doze metros e com até oitenta metros de altura. Liga a represa ao Tesouro (Treasury), o prédio mais conhecido de Petra.

Siq, um caminho mágico para chegar ao...

Siq, um caminho mágico para chegar ao…

Treasury (Tesouro)

Este sem dúvida é o principal cartão postal de Petra e um dos edifícios mais bonitos das ruínas. Tem este nome porque os beduínos acreditavam que a urna esculpida em seu topo continha tesouros. Na verdade o grande tesouro é sua arquitetura de vinte e cinco metros de largura e trinta e nove metros de altura. Há contovérsias quanto a sua utilidade. Alguns arqueologistas acreditavam ser um templo enquanto outros julgavam ser um prédio para guardar documentos.

ao prédio mais famoso de Petra, The Treasury

ao prédio mais famoso de Petra, The Treasury

The Monastery (O Monastério)

O próprio nome sugere um sacrifício para subir dezenas de degraus e chegar ao local. O prédio é suntuoso com cinquenta metros de altura e por cinquenta de largura. Acredita-se que foi convertido em um monastério por monges durante o período Bizantino.

Vale o sacrifício da subida para chegar ao Monasterio Ad-Deir

Vale o sacrifício da subida para chegar ao Monasterio Ad-Deir

The Street of Facades (Rua das Fachadas)

Logo após passar pelo Treasury você entra na Rua das Fachadas. Este local já está em um amplo espaço e era reservado a oficiais importantes ou princípes. A tumba de Anesho está no local. Ele foi minsitro da rainha Nabatiyeh Shaqilh I que reinou entre 70 e 76 d.c.

Fabi em frente a Rua das Fachadas

Fabi em frente a Rua das Fachadas

The Theater (O Teatro)

Localizado no coração da cidade e construído no século I d.c. em formato circular, tem inacreditáveis noventa e cinco metros de raio. Para entender melhor a platéia poderia ser algo entre sete e dez mil expectadores. Algo supreendente para época.

Um teatro para 10 mil pessoas construído antes de Cristo

Um teatro para 10 mil pessoas construído antes de Cristo

Tumba de Obeliscos (Obelisks Tomb)

Datado do século I a.c. o edifício tem sete metros de altura e é casa de cinco sepulturas. O piso térreo foi uma sala de funeral usada para celebrações.

Tumba do Obelisco

Tumba do Obelisco

The Urn Tomb

Localizado logo após o Teatro foi lugar de vários túmulos, mas em 447 d.c. convertido em igreja.

Tumba da Urna transformada em igreja

Tumba da Urna transformada em igreja

Palace Tomb (Palácio das Tumbas)

Com quarenta e nove metros de largura e quarenta e seis de comprimento é um verdadeiro cemitério que leva este nome devido a arquitetura se assemelhar bastante a de um palácio.

O suntuoso Palácio das Tumbas

O suntuoso Palácio das Tumbas

The Sextius Florentinus Tomb

Localizado a nordeste do Palace Tomb, é o túmulo de Sextius Florentinus antigo governador do Estado Árabe em 129 d.c.

Na Tumba de Sextius Florentinus fizemos uma amiga

Na Tumba de Sextius Florentinus fizemos uma amiga

The Altar (Pedra do Sacrificio)

Localizado no alto da cidade, era lugar de sacrifícios.

Uma oferenda brasileira a ser sacrificada

Uma oferenda brasileira a ser sacrificada

The Tomb of the Roma Soldier ( A Tumba do Soldado Romano)

Contruído em 106 d.c. leva este nome porque tem estátuas de soldados vestiudos em roupas romanas.

Tumba do Soldado Romano

Tumba do Soldado Romano

Veja Também:

Lugares Únicos no Mundo – Capadócia – Turquia

Lugares Únicos no Mundo – Pamukkale – Turquia

Lugares Únicos

Lugares Únicos no Mundo – 12 Apóstolos – Austrália

Lugares Únicos no Mundo – Uluru – Austrália

Lugares Únicos no Mundo – Angkor Wat – Camboja

Lugares Únicos no Mundo – Inhotim – Brumadinho – MG

Lugares Únicos no Mundo – Ksares de Tataouine – Tunísia


Responses

  1. […] Lugares Únicos no Mundo – Petra – Jordânia […]

  2. […] Lugares Únicos no Mundo – Petra – Jordânia […]

  3. […] Lugares Únicos no Mundo – Petra – Jordânia […]

  4. […] Lugares Únicos no Mundo – Petra – Jordânia […]

  5. […] Lugares Únicos no Mundo – Petra – Jordânia […]

  6. […] Lugares Únicos no Mundo – Petra – Jordânia […]

  7. […] Lugares Únicos no Mundo – Petra – Jordânia […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: