Publicado por: Eder & Fabi Rezende | 25/11/2012

O melhor presente do meu primeiro aniversário – Aruba – Parte I

Oi pessoal meu nome é Amélie e sou filha de dois dos organizadores deste blog. Meus pais me deixaram escrever este post depois do que eles dizem ter sido minha primeira viagem internacional. Eu logo lembrei a eles que eu já havia estado também na Letônia, Rússia e Uzbequistão na barriga da Fabi que é minha mãe, mas eles disseram que não contava. Adultos são sempre cheios de regras e convenções, mas deixa para lá. O que importa é que para mim este é o quarto país que conheço sem contar o Brasil. Ganhei um montão de presentes no meu primeiro aniversário, mas o mais legal de todos foi esta viagem. Neste ponto não posso reclamar, meus pais são adultos tão legais que muitas vezes até parecem crianças. Quando minha mãe reclama que meu pai deixa as coisas fora do lugar dizendo: Parece criança. Ele sempre agradece e diz que este é o melhor elogio que poderia receber. E os dois caem na gargalhada.

Alguém tem dúvida que este foi meu melhor presente de primeiro aniversário?

Já tinha andado de avião duas vezes antes desta, mas nunca por tanto tempo. Saímos de São Paulo que é onde eu moro até Bogotá e depois de lá para Aruba. O tempo que fiquei dentro do avião foi o mesmo que fico na escolinha, só que sem brinquedos e amiguinhos para me divertir. Este tal de avião é mesmo estranho. Todo mundo fica sentado o tempo todo, parece que só euzinha queria me levantar da cadeira apesar dos apelos de meus pais para que eu dormisse. Nem liguei para eles. Queria aproveitar cada momento até mesmo no avião que confesso foi meio monótono.

Depois de tanto aperto as coisas começaram a melhorar quando chegamos a uma casa gigante onde moram muitas pessoas. Meu pai me disse que o nome disso é hotel. Nos deram um quarto tão grande e espaçoso que era maior que nossa casa no Brasil. A cama era gigante, tão grande que cabia meus pais e eu, mas eles insistiam em me colocar no berço, só podia ir para cama à tarde mas para dormir sozinha. E a banheira então, melhor dizendo banheiras, uma em cada banheiro. Eram muito maiores que a minha. Cabia a família inteira nelas e saía umas bolinhas de ar parecidas com as bolinhas de sabão que faço quando vou ao parque. Meu pai disse que o nome disso é hidromassagem. Tinha também duas televisões, mas quem queria assistir TV com tanta coisa nova para ver. Se já gostei deste casa gigante chamada hotel fico só imaginando como será o albergue que segundo meu pai é bem mais divertido. Aliás ele me disse para não ficar acostumada com resort e mala de rodinha porque as viagens da família são bem diferentes. Não entendi muito bem, mas não quis perguntar porque as explicações de adultos demoram tanto.

Criança não mente. Olha o tamanho do quarto.

Logo no primeiro dia meu pai e tio Normando deram um dinheiro para um homem que trabalhava numa empresa chamada Hertz e ele emprestou o carro dele para gente dar uma volta. Assim que saímos paramos numa praia linda e logo comecei a brincar na areia. Os adultos ficaram tirando foto de uma árvore que parecia ser bem velhinha pois estava corcunda. Tio Normando disse que ela era torta por causa do vento forte que soprava, mas não acreditei muito, sabe como é adulto. Foram cinco minutos de fotos e já entramos no carro. Falei para eles: Vocês vão trocar esta praia linda para ficar dentro de um carro apertado? Adulto tem cada coisa que ninguém pode entender.E lá fomos nós. Primeiro passamos por um prédio alto com uma luz na ponta. Se fosse todo iluminado poderia ser uma árvore de natal. Minha mãe disse que a luz servia para o prédio conversar com os barcos que passavam por ali e que toda ilha tinha seu próprio farol. Só resta mesmo ao senhor Farol conversar com os barcos já que ele mora isolado num cantinho da ilha.

Eu bricando na areia enquanto os adultos tiravam fotos da árvore velhinha

Senhor Farol dormindo. Ele só conversa com seus amigos Barcos durante a noite

Mais alguns minutos no carro e paramos numa capela. Desta vez nem desci do carro pois sabia que seria chato. Nem dava para ver a piscina azul clarinha que eles chamam de Mar do Caribe. Fotos, fotos, fotos e carro de novo. Já estava começando a ficar irritada, quando meu pai usando seu espírito de criança parou o carro e voltou com sorvetes para alegria de todos. O picolé estava tão bom que nem percebi quando chegamos as formações rochosas de Casibari, para mim um montão de pedras amontadas umas sobre as outras que mais pareciam a casa dos Flintstones. Uma placa dizia que lá tinham pinturas rupestres. Perguntei a meu pai se era um museu, pois sempre ouvi dizer que pinturas ficam nos museus. Ele me explicou que aquelas pinturas são tão velhinhas que naquela época nem existiam museus, então elas ficaram nas pedras mesmo. Apesar de não termos encontrado as pinturas foi super emocionante escalar a montanha no colo da minha mãe. Já caminho, mas ainda não sei subir montanhas. De qualquer maneira foi um bom treinamento para acompanhar meu pai no Kilimanjaro da próxima vez. Ele ficou todo feliz por eu me mostrar uma ótima aventureira.

Meu pai sabe como me acalmar

Escalada no colo da minha mãe

A próxima parada foi na ponte natural. A água passa em baixo da pedra e a gente pode caminhar por cima. A água é bem limpinha, mas de resto no rio Tietê tem um montão destas. Não sei porque os adultos gostaram tanto. Não achei a menor graça e deixei bem claro minha insatisfação. Assim dali rumamos direto para Baby Beach e passamos todo o restante do dia por lá. E os adultos ainda dizem estar no comando e que crianças sempre obedecem suas ordens. Deixa eles pensarem assim.

Iniciando no mundo das aventuras. Natural Bridge ao fundo

Na praia dos bebês comecei a entender a diferença de piscina e mar. O mar é uma piscina com borda de areia e não de pedra como a quem tem no meu prédio. Outra coisa é que algum espírito de porco jogou um monte de sal no mar e colocar água na boca nem pensar, se não fico dodói. Mas o que mais gostei mesmo da praia que tem meu nome é que a água não fica querendo brincar de empurrar o tempo todo, ela fica paradinha. Ouvi os adultos dizendo que a praia não tem onda. Desisti de entendê-los. Onda não é quando você faz alguma coisa errada? Quando apronto meu pai fala: Tá tirando onda com a minha cara. Adultos: ruim com eles, pior sem eles.

Piscina com borda de areia na praia que leva meu nome

Este foi meu primeiro dia em Aruba, uma ilha que pertence aos Países Baixos, mais conhecido erroneamente como Holanda. Estou contando o resto da história pro meu pai e ele vai escrever aqui. Não percam os outros dias. Só para vocês não ficarem em dúvida. Com apenas um ano eu ainda não sei falar, mas converso com meus pais e só com eles por um tipo de SMS que não precisa digitar. Eu penso e eles entendem. Como adulto gosta de inventar nomes para tudo, inventaram mais um: telepatia. Até a proxima galera.

Veja Também:

O melhor presente do meu primeiro aniversário – Aruba – Parte II

O melhor presente do meu primeiro aniversário – Aruba – Acabou

Apresentação de Cuba no 23 Encontro do Viajantes e galeria de Fotos

Nosso irmão chinês – Vilanculos – Moçambique

Zanzibar paraíso na Terra


Responses

  1. Adorei o post! Primeiro, pelo ponto de vista do relato! Muito interessante e divertido! Segundo, porque deu para matar um pouquinho da saudade de Aruba, pois também já visitei este lugar maravilhoso. Acompanharei os próximos relatos!
    Para ver o meu ponto de vista: http://entreviagens.wordpress.com/2012/05/01/aruba-7-dias-de-felicidade-post-1srie-de-4/
    Abraços!🙂

    • Ola Tia Ana Paula
      fico contentona que voce gostou da minha historinha la em Aruba.

      Domingo vou contar o resto da minha aventura por la.

      bjs

      Amelie

  2. Lindo! Melhor post do blog!!! Esta pequena ainda vai desbravar o mundo com os pais! Parabéns!! Adorei o texto!

    • Oi Tia Lu

      por enquanto vou viajando com meus pais mesmo. Primeiro porque eles pagam tudo e depois porque eles sempre vao para lugares demais.

      Mas la pelos 12 anos ja quero viajar por conta propria. Nao deixa meu pai saber disso.

      bjs

      Amelie

  3. Iiiiider, vc se superou adorei o post, ficou show de bola o nosso dia sob a perspectiva da pequena aniversariante. Mas fala pra ela q o sorvete q ela tanto gostou foi idéia do tio Normando ta!😉

    • Oi Tio Normando

      a ideia do sorvete foi sua mesmo, mas eu dei os creditos pro meu pai para ele ficar feliz.

      precisamos marcar outras viagens juntos

      bjs

      Amelie

  4. Sensacional! Eu e minha filha Bella de 9 anos demos muitas risadas com as aventuras da Amélie! Fico no aguardo da parte II, rs! Beijos

    • Oi Tia Andrea

      ja contei o resto da historia pro meu pai. Nosso SMS sem digitar funciona muito bem. Domingo voces vao saber todas aventuras que vivi em Aruba ate o ultimo dia.

      bjs para Bella e pro Ralph

      Amelie

  5. Adorei ! Texto envolvente…., me deixou com vontade de conhecer Aruba !!!! Parabéns pela pequena linda !!!!!!!

    • Oi Tia Patricia

      se eu fosse voce iria a Aruba sim. Seus filhos assim como eu, vao adorar.

      meu pai manda um abraco pro seu irmao Alexandre

      bjs

      Amelie

  6. Lindo Éder! Adorei conhecer um pouquinho da aventura de vcs com esse tesouro lindo! Depois coloca as indicações do roteiro para nós papais com crianças pequenas aproveitarmos também😉 Bjs pra todos!

    • Oi Camila

      A Amelie ta falando pra vc que e so seguir os passos dela que todas criancas vao se dar bem. Ela ja me contou a historia e domingo tem mais coisa no ar.

      bjs

      Eder

  7. Muito lindo! Bem melhor que texto de adulto!😉

    • Oi Tia MP
      meu pai tem um textos super legais, mas concordo com voce. Modestia a parte o meu relato ficou bonzao.

      bjs e boa viagem

      Amelie

  8. Que gostoso pessoal, Adorei ver vocês se divertindo com a Amèlie. Ela está cada dia mais linda e fofa. Beijos

    • Vo Joao

      foi super legal esta viagem, pena que voce e a vo Nic nao estavam juntos. Seria ainda melhor.

      beijinho da Amelie

  9. Excelente! A primeira e ultima viagem de luxo da Amelie!!! No aguardo dos proximos posts sobre Aruba!

    • Oi Tio Riq

      meu pai ja falou que agora tenho que conhecer o albergue. To super curiosa para saber como e.

      Domingo te conto mais do que ver em Aruba

      boa viagem

      Amelie

  10. essa amélie é puro talento…só pode ter puxado da mãe!

    • Oi Tio JR

      na verdade o talento puxei do meu pai, a beleza que foi da minha mae, rsrsrs.

      to esperando sua loja virtual para comprar a camiseta do palhaco

      bjs

      Amelie

  11. Muito espertinha a Amélie, adorei o jeitinho dela de contar história🙂
    Um abraço dos países baixos!
    http://www.deunhafeita.blogspot.com

    • Oi Tia Ana

      adorei a parte tropical dos Paises Baixos. Agora preciso conhecer o clima temperado de Amsterda. Seu blog tem umas comidinhas deliciosas, parabens.

      Se eu for ai te aviso para gente se conhecer pessoalmente.

      bjs

      Amelie

  12. Emocionante e muito divertido!! Com certeza ela nao poderia ter ganho presente melhor!! Beijos

    • Oi Tia Ka
      foi mesmo muito divertido. E vc ja ta boa do joelho? Se der aparece no proximo encontro.

      Manda um beijo pro Pablo tambem. Sempre lembro dele quando assisto meu desenho favorito: Backyardigans.

      bjs

      Amelie

  13. Adorei o post!🙂
    Lindas fotos do lugar e da Amélie. Ela é uma gracinha! Parabéns!

    Abraços,
    Lillian.

    • Oi Tia Lillian

      legal que voce gostou, porque domingo tem mais historias minhas por Aruba

      bjs

      Amelie

  14. Acho que a Amelie já ganhou reputação suficiente para montar um blog só dela!!! Fica a dica!! beijos!

    • Tia Liginha
      com certeza ja tenho viagens suficientes para ter meu proprio blog, mas enquanto nao aprendo a escrever, vou contando pro meu pai e ele escreve no blog dele mesmo. Melhor dizendo no nosso blog.

      bjoes da Amelie

  15. Que coisa mais linda esse post!! Fiquei emocionada! Quando tiver filhos, quero que eles sejam meus companheiros de aventuras também!

    • Oi Tia Karla
      viajar ta no sangue da familia. Ainda na barriga da minha mae fui a Russia, Uzbequistao e Letonia. Todo mundo achando loucura e eu curtindo de montao. Tenho certeza que seus filhos adorarao viajar com vc. Viajar e bom demais.

      bjs

      Amelie

  16. Amélie,
    que aventura hein !!! Agora tá explicado porque a sua mãe bate aquele pratão na hora do almoço ! Haja energia pra te acompanhar !
    Parabéns pela aventura. Muitas outras virão…
    Beijinho,
    Isa

    • Oi Tia Isa
      neste ponto eu sou bem parecida com minha mae, nos duas comemos um montao e continuamos magrelas.

      ja saiu a segunda parte da minha aventura

      bjs Amelie

  17. Oi Amélie. Adorei seu post. Vejo grande futuro nestes seus escritos. São ótimos de ler e divertidos como você escreve. Parabéns pela sua iniciação de viajante, avetureira e escritora.
    Beijão do
    Vô João
    P.S. Não esqueça do nosso encronto dia 14 aqui em casa com a Vo Nick.

  18. Essa menina vai longe! Muito legal, Amelie sua história. Mas quero saber de tudo ao vivo no dia 14.

    beijo

  19. […] para água por favor. Só conto a mesma história uma vez, então quem não entendeu o SMS, leia o primeiro post da série. Toda vez que vou para água é a mesma coisa. Minha mãe vem com um tubo de Hipoglós e passa no […]

  20. […] O melhor presente do meu primeiro aniversário – Aruba – Parte I […]

  21. […] O melhor presente do meu primeiro aniversário – Aruba – Parte I […]

  22. […] O melhor presente do meu primeiro aniversário – Aruba – Parte I […]

  23. […] O melhor presente do meu primeiro aniversário – Aruba – Parte I […]

  24. […] O melhor presente do meu primeiro aniversário – Aruba – Parte I […]

  25. […] O melhor presente do meu primeiro aniversário – Aruba – Parte I […]

  26. […] O melhor presente do meu primeiro aniversário – Aruba – Parte I […]

  27. […] O melhor presente do meu primeiro aniversário – Aruba – Parte I […]

  28. […] O melhor presente do meu primeiro aniversário – Aruba – Parte I […]

  29. Adorei a descrição, muito boa mesmo! Super divertida e essa menina é uma gracinha!!! beijos!

  30. Oi Amelie, td bem? Tbm quero ir à Aruba e levar meu filhotinho que tem a sua idade de quando foi. Para isso, quero que ele fique bem instalado em um hotel que tenha bercinho e banheirinha para ele tomar banho. Vc pode me dizer qual o hotel que vcs foram? E perguntar para o seu pai se é muito caro rsrs. beijinho e vc é muito fofa ta

    • Oi Tia Re

      nossa família ficou nesta casona linda ai que meu pai alugou para gente: http://www.divivillage.com/DiviVillage/

      Ele pagou 150 dinheiros do Tio Sam, disse que foi barato. A casa era muito grande, maior que a nossa aqui no Brasil
      Tenho certeza que sua família também vai adorar.

      bjs da Amélie

      • Oi Amélie, muito obrigada pela rapidez da resposta. Afinal, sei bem como um bebe da sua idade tem muitas tarefas ( tomar mama, comer papinha, brincar, comer frutinhas,tomar suquinho,brincar, etc etc)… Rsrs. Vou consultar o site. E, parabéns pela iniciativa do blog, muito útil e ainda divertido para quem tem bebês!!!! Beijos

      • Oi Tia Rê

        que bom que tenha gostado das minhas histórias, mas agora já tô grandona não tomo mais mama nem como papinha, só meu irmãozinho Noah.

        espero que goste de Aruba como eu

        bjs

        Amélie

  31. […] O melhor presente do meu primeiro aniversário – Aruba – Parte I […]

  32. […] Você também pode gostar de ler: Aprendiz de Viajante – Aruba com crianças: praias perfeitas para a família toda, Família Recomenda- Vou deixar a vida me levar para Aruba Eu viajo com meus filhos – Aruba com crianças: 10 dicas Dika Kids- Aruba with Kids Quatro Cantos do Mundo – Aruba com bebês […]

  33. Eder, esse post realmente é muito bem escrito, com um texto leve e divertido. Amélie é uma criança sortuda, com pais que a levam para lugares incríveis nesse mundo. Abraços e uma beijão na Amélie!

    • Ola Patrícia

      ficamos contentes que tenha gostado da forma como foi escrito o texto. A Amélie é uma criança maravilhosa e agora já tem a companhia do irmão Noah nas viagens.
      Continue nos acompanhando

      bjs

      Eder, o pai da Amélie


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: