Publicado por: Eder & Fabi Rezende | 09/06/2013

Brasília a cidade do faz de conta – Fábula 1

Meu pai já está dando pitaco no meu post antes de eu começar dizendo que os adultos irão achar este título muito engraçado e apropriado para cidade. Não sei onde está a graça, mas adultos tem mesmo uma lógica bem particular. Brasília é o lugar onde se encontram os personagens de desenhos animados, dos livros, das fábulas, do cinema e até de brinquedos. Adultos, estes seres pouco lúdicos e tão sem imaginação e criatividade não devem estar entendendo nada, mas ao terminar de ler o post tenho certeza que não pensariam em título melhor que este.

Brasília: onde os personagens se encontram

Brasília: onde os personagens se encontram

Para começar contarei um pouco da história de Brasília. Filha caçula da Sra. Capital e do Sr. Brasil, logo ao nascer em 1960, já se tornou a queridinha da família. O papai e a mamãe dela logo esqueceram do filho do meio, Rio de Janeiro que era o preferido até então. O primogênito do casal, chamado Salvador que reinou por 214 anos como único herdeiro nem se lembrava mais dos mimos dos pais. Espero que não aconteça o mesmo comigo quando vierem meus irmãozinhos. Meu pai e minha mãe prometeram que nada disso vai acontecer.

Deu a louca na Sra. Capital e sem motivo ela resolveu dar a luz em um novo hospital. Trocar para que né? Depois do dois primeiros filhos nascidos no hospital “Litoral” ela resolveu tentar a sorte num hospital sem muita estrutura, chamado “Cerrado”. O parto como já se previa foi a fórceps e demorou três anos e meio. O meu foi bem mais rápido. Os médicos encarregados do nascimento foram JK e ON que na época ainda não tão conhecidos como hoje. Aqui é que começam as semelhanças com o mundo do faz de conta. Esta dupla me fez lembrar o livro de Miguel de Cervantes que meu pai leu para mim. JK, visionário (adoro esta palavra que aprendi ontem) e sonhador como Dom Quixote encara o grande desafio de trabalhar no precário Hospital “Cerrado” e arrasta consigo o companheiro prático e realista ON, o seu Sancho Pança. Aliás ON poderia ser vários personagens. Eu acho que ele é Merlin, o mago, porque as obras dele só podem ser mágicas, não parecem que existem de verdade. Meu pai diz que ele é o Mun Ha dos Thundercats, o de vida eterna. Morreu faz pouco tempo, tão velhinho que a idade dele tinha que ser escrita com três números. Minha mãe já acha que ele é igual ao topetudo de Memphis, ou seja, não foi Elvis, foi ON que não morreu.

Foi assim que ela nasceu e hoje já é uma tia enxutona de 53 anos que mantém um corpão de 18. Deve ser por isso que todos insistem em dizer que tem as formas de um avião. Pouco a pouco fomos conhecendo melhor esta tia tão exuberante. Ai para baixo vou contando cada pedaço que conhecemos.

Enxutona, um verdadeiro avião

Enxutona, um verdadeiro avião

Palácio da Alvorada

Palácio mesmo sem Cinderela

Palácio mesmo sem Cinderela

É engraçado como tem tantos palácios em Brasília, mesmo sem ter nenhuma Cinderela vivendo por lá. Aqui é a casa da babá do Sr. Brasil que já está bem velhinho, com mais de 500 anos precisa de alguém para cuidar dele. Se a babá for boa pode ficar até 8 anos no emprego, se não depois de 4 anos sai a babá ruim e entra outra. Já passou cada personagem engraçado por aqui. A primeira babá foi o próprio JK, nosso Dom Quixote. Depois dele veio o JQ, não confunda com JK. Era a babá Harry Potter, um bruxo esquisito com bigodinho mais estranho ainda e que usava uma vassoura. O Harry Potter logo pediu para sair e olha que naquela época nem existia o Capitão Nascimento, mas pouco tempo depois os capitães Nascimento chegaram.

Nossa babá Harry Potter e sua vassoura

Nossa babá Harry Potter e sua vassoura

Antes deles ainda teve o JG, nosso The Flash. Era tão veloz que logo saiu correndo para o Uruguai. Quem expulsou o The Flash foram os soldadinhos de chumbo. Disseram para todo mundo que não gostavam do The Flash só porque a roupa dele era vermelha. Eles tinham pavor da ameaça vermelha. Os soldadinhos de chumbo só vestiam verde.

The Flash correu tanto que chegou no Uruguai

The Flash correu tanto que chegou no Uruguai

No total os soldadinhos ficaram 21 anos como babá do Sr. Brasil. Eles se revezavam. O primeiro foi CB, depois C&S e EGM. EGM era meio mole e deixava um ou outro vermelho vestir o Sr. Brasil, então logo trocaram por um soldadinho de chumbo mais firme. Era o EG. O último deles foi o JF. Deve ser por isso que todo mundo chama o período de 1964 a 1985 de Anos de Chumbo, afinal os soldadinhos eram feitos do que? Chumboooooooooooooooooooo.

Vocês pensam que acabou? Que nada. O próximo foi TN, o Mestre dos Sete Anões, mas este também durou pouco, morreu e no lugar dele ficou o ajudante de babá JS, o Mario Bros. Mario gostou tanto do emprego que acabou ficando 5 anos ao invés de 4. Ele acha que é igual ao vídeo game dele, vai passando de fase mas não acaba nunca. Ele ainda está por lá, só que mudou de casa.

O mestre que nos reconduziria ao mundo encantado da democracia durou pouco

O mestre que nos reconduziria ao mundo encantado da democracia durou pouco

no lugar dele ficou o Mario Bros que está lá até hoje

no lugar dele ficou o Mario Bros que está lá até hoje

O seguinte é o FCM, nosso Capitão Guapo da Corrida Espacial. Chegou todo bonitão, esportista e caçador de um bicho diferente, chamado marajá. Trouxe o PC Branquinho, seu fiel escudeiro, mas rapidinho se transformaram em Dick Vigarista e Muttley e também perderam o emprego. No lugar dele também ficou outro ajudante de babá: IF, o Zé Buscapé. Zé gostava muito de pão de queijo e a única coisa que ele fez de bom para Sr. Brasil foi trazer o fusca de volta para dar umas voltas. Disse também que é pai de um menino muito bonito que todo mundo quer ser pai. O nome do menino é Plano Real. Calma que está acabando a lista de babás do Sr. Brasil. Só faltam 3.

O Capitão Guapo e Branquinho também saíram antes de 4 anos

O Capitão Guapo e Branquinho também saíram antes de 4 anos

e deixaram o Zé, faz alguma coisa homem

e deixaram o Zé, faz alguma coisa homem

A antepenúltima babá do Sr. Brasil foi FHC, nosso Shrek. Ele ficou 8 anos no emprego e passou o tempo todo lutando contra um dragão, igual ao Shrek no filme. O nome do dragão era Inflação. Ele ganhou a briga com o dragão com a ajuda de seu filho bonitinho, o Plano Real, mas perdeu tanto tempo que esqueceu de cuidar dos outros assuntos do Sr. Brasil. Ele não tinha tempo de atender o telefone do Sr. Brasil, então vendeu o telefone de estimação chamado Telebrás. Vendeu também todos utensílios de ferro do Sr. Brasil e lá se foi a VALE. Mas VALEu  a pena?

Shrek matou o dragão da inflação mas esqueceu do resto

Shrek matou o dragão da inflação mas esqueceu do resto

Depois de 8 anos teve que sair do emprego. Quem chegou foi o Robin Hood. Só que este só usava vermelho ao invés de verde. Era amigo do The Flash e do Papais Smurf barbudinhos de Cuba e inimigo dos soldadinhos de chumbo. Antes de ele virar babá o Tio Patinhas morria de medo que ele pegasse seu dinheiro, mas depois eles ficaram muito amigos. As coisas mudaram e com o trabalho garantido ele foi pouco a pouco esquecendo o vermelho e até a barba ele tirou. Quase esqueci de falar porque ele é conhecido como Robin Hood. Ele diz que tira dos ricos para dar aos pobres. Mas as vezes se confundia e tirava dos pobres para dar aos ricos. Pagava um Mesadão a uns que moram numa casa chamada Congresso Nacional. Tem gente que prefere chamá-lo de Bob Esponja.

Robin Hood as vezes se confundia

Robin Hood as vezes se confundia

Depois de 8 anos também teve que ir embora e deixou sua filha no lugar de babá. Ela é a primeira babá mulher que o Sr. Brasil já teve. É a DR, o Síndrome dos Incríveis. Ela é muito brava, pior que a Super Nanny, mas não é uma vilã. Ela nem completou os 4 anos de trabalho e seu pai já quer o emprego de volta. Vamos esperar para ver o que vai acontecer.

Síndrome ameaçada de perder o emprego para seu pai em 2014

Síndrome ameaçada de perder o emprego para seu pai em 2014

Catedral de Brasília

Aqui como não poderia deixar de ser, também foi a casa de um personagem dos desenhos. Quem viveu aqui foi o Sonic. ON, nosso Sancho Pança, construiu a casa parecida com seu dono, cheia de espinhos nas costas. Sonic já não mora mais lá e deixou a casa para o Papai do Céu.

É ou não é a cara do Sonic?

É ou não é a cara do Sonic?

E se você já achou ela bonitona por fora, imaginem por dentro. É tão linda que com certeza não foi feita só pelo Sancho Pança. Ele teve ajuda do Papai do Céu nesta obra. Uma vez lá dentro a gente até esquece que entrou lá para visitar e conversar com o dono da casa. Fica olhando para o teto ou melhor para cima onde 3 anjos ficam todo tempo voando. Olha só a minha cara na foto ai de baixo.

Anjos voando no céu

Anjos voando no céu

Admirada com tanta beleza

Admirada com tanta beleza

Não podemos dizer olhando para o teto porque a casa não tem teto e nem paredes, no lugar delas só existem janelas. Até lembrei daquela música: Era uma casa muito engraçada, não tinha teto não tinha nada…

Para mim esta foi a casa mais bonita que conheci em Brasília.

Meu pai está pedindo duas coisas. Primeiro para eu continuar a contação de história em outro post porque se não vai virar um livro. Também pediu para dizer para quem não conseguiu identificar algumas das siglas que é só enviar uma mensagem que a gente esclarece as dúvidas.

Veja Também:

Brasília a cidade do faz de conta – Fábula 2

Como chegar/sair do Aeroporto de Brasília

Muito verde e diversão a poucos minutos de São Paulo – Serra da Cantareira – Núcleo do Engordador

A Disneylândia é no quintal da minha casa – São Paulo

Como carregar seu filho em uma viagem?


Responses

  1. Éder, acho que vc já pode considerar a mudança de profissão. O texto está ótimo, só para variar. Adorei! =D
    Beijos na pequena e fofa Amélie

    • Oi Tia Dani
      pena que nenhum editor de livro tenha gostado do texto tanto quanto você né.
      Meu pai bem que queria ter uma segunda profissão, mas por enquanto é só sonho.
      Ele diz que tem um livro pronto de histórias e que vai publicar. Você compraria?

      beijão da sua companheira de viagens Amélie

      • Não só compraria como recomendaria para outras pessoas!😉

        Beijos pra boneca!!!

      • Oi Tia Dani

        ele diz que o livro está quase pronto

        vamos ver se sai mesmo

        bjs Amélie

  2. Amélie, sua liiiiinda!

    O melhor de todos os posts publicados até então!!!! Sensacional !!!!
    Brasília é realmente onde os personagens se encontram! E as comparações foram muito pertinentes! Sou suspeita, porque eu AMO (literalmente!) a capital e é pra lá que eu gostaria de ir todo fim de semana! rs

    Eder e Fabi, vocês são uns lindos tb! Falando muito sério, fico muito feliz (e esperançosa) com a existência de pessoas como vocês, que apresentam o mundo pra um filho de uma forma saudável em todos os sentidos. =) Parabéns!

    Fico no aguardo dos próximos!
    Beijo grande na família!
    Tia Aguilera

    • Oi Tia Guigui
      eu e meu pai adoramos escrever este post a 4 mãos e ainda tem a fábula 2 para sair.
      Tenho certeza que o personagem que você mais gosta de Brasília não está em nossos posts, mas eu conheço, é um tal de Jarbas, acertei?
      Meu pai mandou avisar que quase chorou lendo sua mensagem e que ele não é tudo isso não.

      Bom, adoramos você também

      super beijo de toda família

  3. Se tivesse um endereço de E-mail para o Céu ou o Sr. Facebook por lá, eu iria mandar esse belo post para meu querido pai, ele gostava de contar essa e outras historinhas de Brasília sem se quer ter ido lá um dia. Tem nada não, vou compartilhar com um monte de “amigos” aqui no meu Face e aguardar quem se pronunciar a favor ou contra e até tirar dúvidas de algumas siglas escritas nessa incrível postagem.

    • Oi Tio Walter
      com a energia que você mandou pro seu pai com certeza ele consegui ler o post lá do lado do Papai do céu.
      e obrigada por compartilhar minha história

      bjs da Amélie

  4. Oi Eder, que maravilha de Post, que descritiva linda. Com a inspiração e criatividade da Amélie você está escrevendo coisas lindas. Parabéns para toda a família pela beleza que são. Abraço Vô João e Vó Nick.

    • Oi Vô João
      eu e meu pai fazemos um dupla e tanto, não?

      Que bom que tenha gostado, super beijo da Amélie e boa viagem

  5. Post incrível! Gosto de conhecer os lugares assim, de forma lúdica (sou adulta e entendi o lúdico, rs…) Obrigada pelo lindo texto!

    • Oi Tia Bruna
      tem adultos que nunca deixam de ser criança. Meu pai e minha mãe são alguns deles. Você deve ser assim também, por isso entendeu tudinho que contei na minha história.

      Logo logo tem a Fábula 2 sobre Brasília, mas enquanto isso pode ler meus outros textos sobre Aruba e Brotas que já estão no blog.

      beijão da Amélie

  6. Excelente texto!Um presente para os leitores, valeu!

    • Olá Tia Beta
      que bom que tenha gostado. eu também adorei seu posts sobre Praga, deu até dica para gente que não toma cerveja.

      grande beijo da Amélie

  7. […] tudo que está ai para baixo, tem que ler antes a primeira parte da contação da história: Brasília a cidade do faz de conta – Fábula 1. Mesmo quem já leu, deve ler de novo porque com certeza já esqueceu de muitos dos personagens. É […]

  8. […] Brasília a cidade do faz de conta […]

  9. […] Brasília a cidade do faz de conta – Fábula 1 […]

  10. […] Brasília a cidade do faz de conta – Fábula 1 […]

  11. […] Brasília a cidade do faz de conta – Fábula 1 […]

  12. […] Brasília a cidade do faz de conta – Fábula 1 […]

  13. […] Brasília a cidade do faz de conta – Fábula 1 […]

  14. […] Brasília a cidade do faz de conta – Fábula 1 […]

  15. […] Brasília a cidade do faz de conta – Fábula 1 […]

  16. Eder,muito legal, e a peqquena Amelie fazendo história….

  17. […] Brasília a cidade do faz de conta – Fábula 1 […]

  18. […] Brasília a cidade do faz de conta – Fábula 1 […]

  19. […] Brasília a cidade do faz de conta – Fábula 1 […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: